Regras para fazer um teste de urina geral em crianças: as normas de indicadores por idade e decifrar os resultados em meninas e meninos

Aprenda as regras para coletar um teste de urina em crianças, quais indicadores são normais, dependendo da idade, bem como como decifrar os resultados em meninas e meninos. Todas as informações necessárias em nosso site.

Nas crianças, o sistema urinário ainda está no estágio de desenvolvimento; portanto, a coleta correta de urina para análise é um estágio importante do diagnóstico médico. Ajuda os médicos a detectar muitas doenças do trato urinário. A coleta de urina não é um procedimento complicado, mas existem regras predeterminadas para crianças de cada idade. Além disso, para decifrar corretamente o resultado da análise, é importante saber quais indicadores de urina são normais para meninos e meninas de diferentes idades. Neste artigo, diremos a você como coletar adequadamente a urina de uma criança, quais métodos de coleta existem, o que as medidas tomadas em laboratório significam e o que o exame de urina diz sobre o estado de saúde de meninos e meninas.

Contents
  1. Regras para coletar urina de crianças
  2. Preparação
  3. Coleção de urina
  4. Armazenamento e transporte
  5. Conclusão
  6. Preparando uma criança para coleção de urina
  7. Coletando urina de bebês
  8. Qual é a maneira correta de coletar urina de uma criança?
  9. Qual é a maneira correta de armazenar urina de uma criança?
  10. Coleção de urina de meninos menores de 1 ano de idade
  11. Regras de coleta de urina
  12. Normas de urina em meninos menores de 1 ano de idade
  13. Decifrar os resultados do teste
  14. Coleção de urina de meninos com mais de 1 ano de idade
  15. Coleção de urina em meninas de até 1 ano de idade
  16. Preparação para a coleta de urina
  17. O processo de coleta de urina
  18. Análise de urina
  19. Coleta de urina de meninas com mais de 1 ano de idade
  20. Normas para urinar em crianças
  21. Normas de cor da urina em crianças
  22. Normas para clareza de urina em crianças
  23. Normas de odor de urina em crianças
  24. Normas para densidade de urina em crianças
  25. Decifrar a análise da urina em bebês
  26. Normas e desvios
  27. Testes adicionais
  28. Decifrar o exame de urina em meninos
  29. Decifrar os resultados da análise de urina em meninas
  30. Significado da proteína na urina de crianças
  31. Significado da glicose na urina infantil
  32. O significado da presença de bactérias na urina de crianças
  33. Pergunta e resposta:
  34. Como coletar adequadamente a urina de uma criança?
  35. Quanta urina deve ser coletada para análise?
  36. Posso coletar urina em uma jarra comum?
  37. O que significam as normas de urina em crianças?
  38. O que é a interpretação de urina?
  39. Que doenças podem ser detectadas pela análise de urina de crianças?

Regras para coletar urina de crianças

Preparação

Antes de coletar urina, é essencial realizar um tratamento higiênico completo dos órgãos genitais. Para fazer isso, basta lav á-los com água morna e sabão e limp á-los secar. Esta etapa é obrigatória para excluir a entrada de substâncias estranhas na urina.

Preocupado com erupções cutâneas e acne?

Coleção de urina

Para coletar urina, é necessário usar um recipiente de plástico especial, que pode ser comprado em qualquer farmácia. O volume adequado do recipiente é de aproximadamente 50-100 ml. Antes de coletar a urina, é desejável fazer uma pequena pausa na micção e, em seguida, direcionar a corrente de urina para o recipiente e coletar o volume necessário. A urina restante pode ser derramada no banheiro.

Armazenamento e transporte

A urina coletada deve ser transportada o mais rápido possível para o laboratório para análises posteriores. Se isso não for possível, o recipiente de urina pode ser armazenado na geladeira a uma temperatura de 2-8 ° C. A urina não deve ser congelada, pois isso pode danificar sua estrutura e reduzir a precisão dos resultados do teste.

Conclusão

A conformidade com as regras de coleta de urina é necessária para obter resultados confiáveis de testes. Não se esqueça de que a precisão dos resultados depende diretamente da qualidade da urina coletada. Em caso de dúvidas e perguntas, é melhor consultar um especialista.

Preparando uma criança para coleção de urina

Preparando uma criança para coleção de urina

Para uma coleção de urina be m-sucedida de uma criança, os preparativos devem ser feitos. Antes de coletar a urina, o processo de coleta deve ser explicado à criança e o objetivo do teste deve ser explicado. Isso pode reduzir o medo e a apreensão em crianças pequenas. Os pais também devem ser instruídos sobre a coleta de urina adequada e as condições de armazenamento apropriadas.

Para meninas

  • Um procedimento completo de higiene deve ser realizado antes da coleta. As crianças já devem ser explicadas como cuidar de si mesmas.
  • Use bolas de algodão contendo algodão absorvente ou um tampão para remover a urina residual e as secreções geniturinárias.
  • Colete a urina em um receptáculo limpo e seco.

Para meninos

  1. Antes de coletar urina, um procedimento completo de higiene deve ser realizado. Ajude seu garoto a aprender a cuidar do corpo dele.
  2. Lave bem os órgãos genitais do seu garoto com água e sabão e use um pano seco para remover qualquer urina residual neles.
  3. Colete a urina em um receptáculo limpo e seco.

Depois de coletar a urina, o navio deve ser armazenado em um local ou geladeira fresco até a entrega ao laboratório.

Coletando urina de bebês

Qual é a maneira correta de coletar urina de uma criança?

A coleta de urina de uma criança é um procedimento importante para determinar o estado de saúde do seu bebê. Um saco de urina especial ou um recipiente de plástico limpo devem ser usados para coletar urina.

Antes de coletar urina de uma criança, é necessário realizar um tratamento higiênico completo dos órgãos genitais. Para fazer isso, você pode usar lenços úmidos especiais ou círculos de gaze embebidos em água ou solução de permanganato de potássio.

Depois disso, é necessário dobrar o bebê sobre o recipiente e deix á-lo fazer xixi. A urina deve ser coletada imediatamente após a micção e levada ao laboratório para diagnóstico o mais rápido possível.

Qual é a maneira correta de armazenar urina de uma criança?

A urina infantil deve ser armazenada na geladeira a uma temperatura de +2 a +8 graus Celsius, não mais de 5 horas. É importante lembrar de escrever o nome, a idade e a data da coleta de urina no contêiner para armazenamento.

Coleção de urina de meninos menores de 1 ano de idade

Regras de coleta de urina

A coleção de urina em meninos com menos de 1 ano de idade é realizada com a ajuda de coletores de urina especiais – sacos colados aos genitais da criança. Para aumentar a eficiência da coleta de urina, é necessário degradar a pele na área de aplicação do coletor de urina.

Normas de urina em meninos menores de 1 ano de idade

Geralmente em crianças menores de um ano de idade, a quantidade de urina é de 30 a 50 ml por vez. A cor normal da urina é amarela pálida. A presença de sedimentos, sangue ou outras impurezas pode indicar a presença de uma doença.

Decifrar os resultados do teste

Ao analisar a urina em meninos com menos de 1 ano de idade, são avaliados indicadores como cor, transparência, densidade, presença de impurezas etc. Com base nos resultados da análise, o médico pode tirar uma conclusão sobre a saúde da criança. Em caso de desvios da norma, pesquisas ou tratamento adicionais podem ser prescritos.

Coleção de urina de meninos com mais de 1 ano de idade

A coleta de urina de meninos com mais de um ano de idade deve ser realizada com atenção especial e seguindo certas regras. É necessário preparar a criança com antecedência, explicando o procedimento e tente torn á-lo o mais confortável possível para o bebê.

  • Colete uma parte média da urina de um menino pode ser coletada de duas maneiras: use um contêiner de urina especial ou um urinol.
  • O recipiente de urina deve ser especial, não um copo comum, porque um copo comum pode conter bactérias ou outros resíduos que podem afetar os resultados da análise.
  • Antes de coletar a urina, você deve realizar uma higiene completa do garoto, lavar qualquer urina residual e limpar os órgãos genitais com um pano úmido.
  • Certifiqu e-se de que o contêiner não toque na pele do garoto, caso contrário, poderá afetar os resultados do teste.
  • O resultado ideal do teste será obtido se a urina for coletada de manhã de órgãos genitais limpos e secos, mas se isso não for possível, a urina poderá ser coletada durante o dia. O principal é que seu volume deve ser superior a 10 ml.
  • Uma vez coletado, a urina deve ser levada ao laboratório dentro de 2 horas. Se isso não for possível, você pode armazen á-lo na geladeira a uma temperatura de +2 a +8 graus por não mais de 24 horas.

A conformidade com todas essas regras ajudará a obter resultados confiáveis da análise de urina em meninos com mais de um ano, o que é importante para o diagnóstico de várias doenças e condições do corpo.

Coleção de urina em meninas de até 1 ano de idade

Preparação para a coleta de urina

Antes de iniciar a coleta de urina, é necessário realizar um tratamento higiênico completo da área genital da criança. Recomend a-se lavar os órgãos genitais com sabonete especial e limp á-los com uma toalha macia.

Também é necessário comprar um contêiner especial para coletar a urina com antecedência em uma farmácia.

O processo de coleta de urina

Por conveniência, você pode usar uma fralda especial com um recorte para coletar urina. Isso ajudará a evitar o derramamento da urina e garantir a higiene do processo.

Se a fralda não for usada, será necessário segurar a criança sobre um recipiente ou uma bacia especial e direcionar cuidadosamente o fluxo de urina para o recipiente.

Análise de urina

Uma vez coletada a urina, ela deve ser levada o mais rápido possível a um laboratório para análise. Os resultados da análise ajudarão o médico a determinar a presença de patologias e doenças do aparelho urinário da criança.

Geralmente é recomendado realizar mensalmente o exame de urina em meninas menores de 1 ano de idade para monitorar a condição do sistema urinário.

Coleta de urina de meninas com mais de 1 ano de idade

A coleta de urina de meninas com mais de 1 ano de idade é ligeiramente diferente da coleta de urina de meninos. Primeiramente, você deve fornecer ao seu filho um recipiente plástico ou uma sacola coletora porcionada, que são vendidos em farmácias.

Para as meninas, o processo de coleta de urina pode ser um pouco mais complicado porque é necessário coletar adequadamente a urina da uretra, sem atingir áreas desnecessárias do corpo. É melhor que a criança se deite de costas com as pernas dobradas na altura dos joelhos e os pais ou enfermeira espalhem suavemente os lábios da criança para garantir a coleta adequada de urina.

Uma vez coletada a urina, ela deve ser levada rapidamente ao laboratório para análise. Geralmente é recomendado que a urina seja coletada no máximo 1 a 2 horas após a coleta, pois resultados imprecisos podem ser obtidos com armazenamento prolongado.

Além disso, um procedimento de higiene completo deve ser realizado antes da coleta de urina para evitar a introdução de fatores de distorção na análise. Para isso, recomenda-se lavar bem a região genital com água morna e sabão e depois enxaguar abundantemente com água. Recomenda-se evitar sabonetes que contenham fragrâncias ou corantes, pois podem distorcer o resultado do teste.

Normas para urinar em crianças

Normas de micção em crianças

Nas crianças, tanto meninos quanto meninas, as normas urinárias variam de acordo com a idade. A recomendação geral para crianças desde o nascimento até um ano de vida é urinar pelo menos 10 a 12 vezes ao dia.

Na idade de um a 3 anos, a criança deve urinar pelo menos 4 a 6 vezes ao dia e 1 a 2 vezes à noite. Pré-escolares menores de 6 anos urinam de 6 a 8 vezes ao dia e 1 vez à noite, e crianças maiores de 6 anos urinam de 6 a 7 vezes ao dia e não à noite.

Irregularidades urinárias podem sinalizar doença do trato urinário. Um exame de urina pode ser feito para detectar possíveis anormalidades.

IdadeNúmero de micções por diaNúmero de urina em uma micção

0-1 ano 10-12 vezes até 30ml
1-3 anos 4-6 vezes 100-150ml
3-6 anos 6-8 vezes 150-220ml
6-12 anos 6-7 vezes

Lembre-se que é necessário esclarecer as normas e resultados da análise com um urologista pediátrico ou pediatra.

Normas de cor da urina em crianças

A cor da urina pode ser um indicador importante da saúde de uma criança. A cor normal da urina em crianças pode variar de amarelo pálido a amarelo brilhante. No entanto, isso pode ser perturbado na presença de doenças.

Se a urina de uma criança é de cor pálida, pode indicar a ingestão excessiva de água, o que é normal. A cor amarela escura da urina pode indicar desidratação da criança ou um aumento no nível de bilirrubina no corpo.

Se houver uma mudança na cor da urina, você deve consultar um médico e passar por um exame de urina. Geralmente, uma mudança na cor da urina pode estar relacionada à dieta ou desempenho de uma criança, no entanto, em alguns casos, uma mudança na cor da urina pode indicar doenças graves.

  • Amarelo pálido: cor normal de urina
  • Amarelo brilhante: cor normal de urina associada à ingestão de vitaminas
  • Amarelo escuro: pode indicar que o bebê está desidratado ou que os níveis de bilirrubina são elevados
  • Vermelho: pode indicar a presença de sangue na urina, que é uma condição grave.
  • Brown: pode indicar a presença de bile na urina, que é uma condição grave.

Normas para clareza de urina em crianças

A transparência da urina é um dos indicadores mais importantes do sistema urinário. A urina normal deve ser clara, sem inclusões ou sedimentos visíveis. No entanto, em crianças, pode haver uma leve turbidez devido à presença de sais ou cristais.

Para as crianças, a clareza da urina deve ser avaliada de acordo com a idade e o sexo. Nos recé m-nascidos, a urina pode estar nublada, semelhante ao leite. Mas, quando a criança atingir três meses de idade, a urina deve ficar clara. Em meninos e meninas com mais de 1 ano de idade, a urina deve ser clara e transparente.

Se a urina estiver nublada, pode ser devido a problemas geniturinários, doenças agudas ou crônicas. Nos meninos, se a turbidez da urina for combinada com tensão, micção dolorosa ou presença de sangue, é necessário consultar imediatamente um médico.

É importante perceber que, em alguns casos, a turbidez da urina pode ser causada pela técnica inadequada de coleta de urina. Portanto, é necessário seguir estritamente as instruções para a coleta de urina e, em caso de possíveis problemas, procure ajuda do pessoal médico.

Normas de odor de urina em crianças

O odor da urina é um parâmetro importante na avaliação da saúde de uma criança. Geralmente, em uma criança saudável, o cheiro de urina deve ser fraco e não desagradável.

No entanto, se o odor da urina for muito nítido, pode ser um sinal de uma doença aguda ou crônica do sistema urinário. Por exemplo, um odor de amônia pode indicar uma concentração elevada de amônia na urina, o que pode ser um sinal de doença renal.

Um odor de ácido úrico pode indicar anormalidades metabólicas, como hiperuricemia, que podem estar relacionadas à doença interna.

De qualquer forma, se o cheiro de urina em uma criança é preocupante ou diferente do habitual, é necessário entrar em contato com um médico para testes e consultas adicionais.

Fraco, inodoro Crianças saudáveis
Odor de amônia leve Possível transtorno metabólico ou doença renal
Odor nítido Pode estar associado a uma infecção do trato urinário ou outra doença urinária
Doce odor Pode ser um sinal de diabetes

Normas para densidade de urina em crianças

Ao coletar um exame de urina em crianças, é importante determinar não apenas a presença ou ausência de infecções, mas também a densidade da urina. A densidade da urina caracteriza a quantidade de substâncias dissolvidas nela e o valor do ácido úrico.

Normas de densidade da urina em crianças dependem da idade e do sexo da criança. Nos recé m-nascidos, a densidade da urina pode ser superior a 1, 010 e em crianças mais velhas – de 1, 015 a 1, 022.

Uma alta densidade de urina pode indicar desidratação (ingestão insuficiente de líquidos) ou função renal prejudicada. Por outro lado, uma baixa densidade de urina pode indicar ingestão excessiva de líquidos ou doença renal.

Ao fazer um teste de urina em crianças, é importante seguir as regras de coleta e buscar aconselhamento médico para quaisquer alterações nos indicadores.

Decifrar a análise da urina em bebês

Normas e desvios

Bebês com menos de um ano de idade podem obter leituras alteradas de urina, à medida que seus corpos continuam se desenvolvendo. Os níveis normais de proteína e glicose devem ser mais baixos e pH mais altos do que em adultos. Níveis normais de glóbulos vermelhos, glóbulos brancos, epitélio, sais e bactérias não excedem certos níveis para a idade da criança.

Anormalidades podem indicar várias condições e doenças, como infecção do trato urinário, diabetes, pedras nos rins ou danos aos túbulos nos rins. Por exemplo, níveis elevados de glóbulos proteicos ou globais vermelhos podem indicar problemas nos rins ou na bexiga, e níveis elevados de bactérias podem indicar uma infecção do trato urinário.

Testes adicionais

Se um bebê tiver um bebê com resultados anormais dos testes de urina, testes adicionais podem ser ordenados para o diagnóstico. Isso pode incluir exames de urina mais detalhados, exames de sangue, raios-X ou ultrassom dos rins e bexiga. Os resultados desses testes podem ajudar a fazer um diagnóstico preciso e iniciar o tratamento, se necessário.

Decifrar o exame de urina em meninos

A urina é um indicador importante da saúde dos meninos. Os resultados da análise de urina podem indicar muitas doenças e anormalidades no corpo, como infecções do trato urinário, insuficiência renal, diabetes e outros.

A atenção deve ser dada à cor da urina. Geralmente, a urina saudável em meninos tem uma cor amarela clara. Alterações na cor da urina podem indicar a presença de processos inflamatórios, sangue ou outras anormalidades.

Também é importante prestar atenção ao nível de proteína e glicose na urina. Os níveis normais de proteína devem ser inferiores a 150 mg/dia, e os níveis de glicose devem estar ausentes ou insignificantes. Os níveis elevados de proteína urina podem indicar problemas renais ou do trato urinário, e os níveis elevados de glicose podem ser um sinal de diabetes mellitus.

O nível de acidez (pH) da urina também é um indicador importante. Normalmente, um nível normal de pH nos meninos está entre 5 e 8. Alterações no pH podem indicar a presença de infecções do trato urinário ou alterações na dieta.

A análise de urina também fornece informações sobre a presença de bactérias na urina. Se forem encontradas bactérias, pode indicar uma infecção do trato urinário.

No geral, o exame de urina em meninos é uma ferramenta importante para diagnosticar doenças do sistema urinário e de outros órgãos. É necessário passar por essa análise anualmente para manter sua saúde e detecção oportuna de possíveis problemas.

Decifrar os resultados da análise de urina em meninas

A análise de urina é um dos principais tipos de pesquisa médica, que permite dar uma idéia sobre a saúde da criança. Os resultados do exame de urina nas meninas são diferentes dos meninos e têm algumas diferenças sexuais.

Os corpos de proteína, glicose e cetona nas meninas não devem exceder os valores determinados pelo médico. A presença de glóbulos vermelhos e bactérias na urina também não é um bom sinal e pode indicar a presença de processos inflamatórios no sistema urinário.

  • A cor da urina deve ser amarela clara.
  • O pH normal da urina é 5-7.
  • A presença de bactérias e proteínas na urina é um indicador de inflamação no sistema urinário.

A boa notícia é que se o exame revelar alguma anormalidade, existem muitas opções e métodos de tratamento disponíveis hoje.

Significado da proteína na urina de crianças

A presença de proteínas na urina de crianças pode sinalizar diversas doenças. A proteína é um elemento importante do corpo, mas sua presença na urina pode indicar vários processos patológicos.

Uma pequena quantidade de proteína na urina pode ser normal em crianças, mas um valor aumentado pode indicar disfunção renal. A presença de proteínas na urina também pode estar associada a doenças infecciosas do aparelho urinário.

Para determinar o nível de proteína na urina em crianças, é realizado um exame de urina. O nível de proteína é estimado em gramas por litro de urina. Exceder a norma pode exigir exames adicionais e consulta com um especialista.

É importante monitorar a saúde do sistema urinário em crianças e analisar regularmente a urina. Exceder as normas dos níveis proteicos pode indicar a necessidade de correção alimentar, tratamento de doenças infecciosas ou tratamento especial sob supervisão médica.

Significado da glicose na urina infantil

A presença de glicose na urina de crianças é sinal de distúrbio metabólico. A glicose é detectada na urina quando o nível de açúcar no sangue aumenta acentuadamente. Isso pode ocorrer com diabetes, urolitíase e infecções renais progressivas.

Em crianças, muitas vezes a glicose na urina é detectada erroneamente, o que pode ser devido à dificuldade de coleta correta do exame. Portanto, para confirmar a presença de glicose na urina, devem ser realizados exames adicionais, como teste de glicemia.

Se for detectada glicose na urina de uma criança, é necessário consultar um médico e realizar exames complementares. É necessário identificar a causa dos distúrbios metabólicos e prescrever o tratamento adequado.

O significado da presença de bactérias na urina de crianças

Na análise da urina de crianças, a norma da presença de bactérias é a sua ausência ou presença em quantidade inferior a 100 mil em 1 ml. Se o número de bactérias ultrapassar essa norma, isso pode indicar um processo infeccioso no trato urinário.

Se forem detectadas bactérias na urina, é necessário realizar testes adicionais, como exame bacteriológico da urina para determinar o tipo de bactéria e sua sensibilidade aos antibióticos. Os resultados desses testes determinarão o melhor tratamento.

Às vezes, as bactérias podem aparecer na urina das crianças como resultado da preparação inadequada para o teste – falta de medidas de higiene, uso de um recipiente contaminado para coleta de urina. Nesse caso, uma análise repetida pode mostrar a ausência de bactérias.

A presença de bactérias na urina das crianças deve ser cuidadosamente monitorada, pois pode ser um sinal de patologia grave. Testes regulares de urina e encaminhamento oportuno a um médico permitirão identificar possíveis anormalidades e tomar medidas para o tratamento.

Pergunta e resposta:

Como coletar adequadamente a urina de uma criança?

Antes de coletar urina, é necessário lavar completamente os órgãos genitais da criança e enxagu á-las com água fervida. Em seguida, em um pano limpo úmido, deita a criança e aquecida em um banho de água, pipeta estéril para coletar urina.

Quanta urina deve ser coletada para análise?

Para análise, basta coletar 30 ml da parte da manhã da urina nas condições recomendadas. Mas às vezes o médico pode precisar coletar urina duas vezes para um diagnóstico mais preciso.

Posso coletar urina em uma jarra comum?

Não, você deve usar um recipiente estéril especial de uma farmácia para coletar urina. Isso é feito para evitar o contato da urina com o ambiente externo e excluir a possibilidade de distorcer os resultados da análise.

O que significam as normas de urina em crianças?

As normas da análise de urina em crianças dependem de muitos fatores: sexo, idade, estado de saúde e outras características individuais. Por exemplo, a presença de proteína na urina de bebês em menos de um ano é considerada normal, enquanto em crianças mais velhas já pode indicar a presença de uma doença.

O que é a interpretação de urina?

Decifrar um exame de urina é o processo de interpretação dos resultados. Inclui uma avaliação de todas as características da urina: cor, cheiro, presença de proteínas, glicose, glicus vermelhos e brancos, bactérias e outros elementos que permitem ao médico tirar uma conclusão sobre o estado de saúde do paciente.

Que doenças podem ser detectadas pela análise de urina de crianças?

O exame de urina pode detectar muitas doenças relacionadas ao sistema geniturinário e a outros órgãos. Isso inclui infecções do trato urinário, pielonefrite aguda e crônica, diabetes, nefrose e outros.