5 maneiras de lidar imediatamente com a tensão e a pressão

5 maneiras de lidar imediatamente com a tensão e a pressão

Prazos, situações de incerteza, pressão dos chefes e clientes, tensão, stress – todas estas pressões e agravam seriamente os nossos resultados. Mas as técnicas de emergência para lidar com a tensão vão permitir-nos tirar o máximo partido de cada situação.

O famoso psicólogo Hendry Weisinger realizou um estudo de uma década que provou que a tensão psicológica afecta negativamente o desempenho. No seu livro “How to Perform Under Pressure“, descreveu 22 técnicas de emergência para lidar com a tensão e a pressão, e também desenvolveu um “escudo de cavaleiro” de várias qualidades importantes.

Sugerimos-lhe que se familiarize com as cinco técnicas e comece já a aplicá-las.

Técnica Nº 1: Utilizar a navegação positiva

Toda a gente sabe que é importante que se estabeleça de vez, mas poucas pessoas usam esta recomendação todos os dias. Tente manter uma atitude positiva antes e durante uma situação stressante. Sintonize a sua bússola interior com o positivo. As preocupações desaparecerão por si mesmas.

Para o fazer, fale de uma forma positiva. Não use frases como: “Se eu conseguir esta posição…”, “Se conseguirmos este cliente…”. Em vez disso, digamos: “Quando eu conseguir esta posição, então…”, “Depois de conseguirmos este cliente, então…”. Tenha o hábito de se expressar desta forma. Esta técnica vem a calhar mesmo que não se tenha preparado para um evento stressante.

Os benefícios da navegação positiva podem ser rastreados até à evolução. Dos nossos antepassados pré-históricos, só sobreviveram aqueles que puderam experimentar um mínimo de ansiedade na resolução de problemas.

Por alguma razão, lembrei-me de uma anedota que se enquadra perfeitamente nesta técnica:

– Capitão, o que é que fazemos? Estamos cercados!

– Óptimo. Agora podemos atacar de todos os lados.

Sim, em tempo de guerra o pânico pode custar vidas. Não admira que pessoas com uma mentalidade positiva tenham sobrevivido mais vezes e transmitido os seus genes aos seus descendentes. Ainda hoje, esta forma de pensar tornou-se um factor importante para o sucesso.

Técnica Nº 2: Imagine que a situação não é tão importante

Existe uma lei psicológica: quanto mais importância atribuímos a uma situação, mais nervosos estamos, e muitas vezes lixamos as coisas. É a natureza humana. Uma preocupação afecta grandemente o nosso comportamento. Nem sequer realizamos bem acções básicas.

Imagine isto: um cirurgião que realiza uma cirurgia de coração aberto não conseguia lidar com a sua ansiedade porque o seu paciente era o presidente da câmara da cidade. E… matou-o. A operação terminou mal porque o médico não conseguia fazer bem as suas coisas habituais. Uma situação horrível, não é?

Claro, é um exemplo fictício, mas em todos os campos há situações semelhantes em que a nossa incapacidade de nos controlarmos conduz ao desastre. Portanto, vale a pena adoptar a abordagem oposta.

Se uma próxima apresentação (reunião, conversa, exame, jogo, etc.) for muito importante para si, é melhor imaginar que não é. Basta dizer a si mesmo: “É apenas mais uma apresentação”. E verá a onda de ansiedade regredir.

Técnica Nº 3: Esperar qualquer coisa

Na véspera de um dia importante, imagine os desenvolvimentos mais inesperados. Imagine que amanhã apresenta um projecto em que está a trabalhar há um ano. O que poderá correr mal e como irá agir?

Vamos sonhar com isso. Faça a si mesmo qualquer pergunta, mesmo as mais aparentemente inacreditáveis:

  • “E se eu tiver cinco minutos em vez de meia hora para o meu discurso?”;
  • “E se eu esquecer a minha pen drive de apresentação?”;
  • “E se o meu portátil ou projector avariar?”;
  • “E se houver um trânsito terrível na cidade de manhã?”.

Isto é útil na medida em que o prepara para a situação real.

O facto é que, a maioria de nós reage dolorosamente a acontecimentos inesperados. Isto é evidente em eventos desportivos. “Ele simplesmente perdeu a calma e não conseguiu aguentar”, dizem os adeptos do jogador que não consegue recuperar o juízo após um mau golo no início da partida e quebra o jogo inteiro.

Para evitar que isto lhe aconteça, basta ter um ensaio mental. Não se esqueça que a preparação sem um plano é preparação para o fracasso.

Técnica Nº 4: Tente amar a tensão

A coisa mais fácil que pode fazer é fazer amizade com o estado de tensão. Basta pensar: tem uma oportunidade de alcançar alturas sem precedentes. É uma bênção que o destino esteja a desafiá-lo. Nesta situação, pode mostrar ao mundo quem você é, pode mostrar os seus talentos!

Weisinger recomenda que se pense na tensão como algo agradável e bom:

O que é a tensão para si? É medo e ansiedade ou prazer e intriga? Concorda que estas são coisas diferentes? Como sabe, não é a situação em si que importa, mas o que sentimos em relação a ela. Tem o poder de mudar isso.

Tente lembrar-se mais frequentemente de que a tensão psicológica é saudável. Pense nisso, visualize-o, e repita-o para si próprio frequentemente.

Se se lembrar de o fazer regularmente, ficará imune a reacções subconscientes imediatas. A sua mente subconsciente estará pronta para qualquer tensão. E quando as coisas estão prestes a acontecer, repita-o como um mantra para um efeito mais forte.

Técnica Nº 5: Concentre-se na sua missão

Tudo o que se faz está subordinado a algum objectivo ou sonho antigo.

As pessoas que trabalham 12 horas por dia não o fazem porque adoram ficar até tarde no escritório. Querem ganhar dinheiro para comprar a sua própria casa, proporcionar aos seus pais uma velhice confortável, e dar aos seus filhos uma melhor educação.

Situações tensas são o momento perfeito para recordar para que é que tudo começou.

Quanto mais claro for o seu objectivo principal na vida, mais fácil será lidar com a pressão psicológica. Além disso, quando estiver concentrado na sua missão, os pensamentos distraentes e as influências externas serão menos um obstáculo. Não se pode pensar em tudo ao mesmo tempo.

É isso mesmo, meus amigos. Domine estas técnicas e será capaz de se livrar dos seus ataques de ansiedade no momento em que precisar de dar o seu melhor. Aprenderão a reduzir a ansiedade e a preocupação, a estar mais concentrados, e a gerir melhor o vosso comportamento.


No more posts
No more posts