10 fotografias aparentemente banais que escondem histórias de horror

10 fotografias aparentemente banais que escondem histórias de horror

Parece que as imagens inocentes podem ser muito mais “anormais” do que se pensa. E faz-nos perceber quão importante é o contexto e que nunca devemos julgar um livro pela sua capa. Há segredos escondidos atrás de sorrisos bonitos e muitos “esqueletos nos armários” de pessoas felizes. E não se esqueça que até os vilões se riem e se divertem.

O utilizador de Reddit KermitTheFraud92 iniciou um fio fascinante sobre os lados escondidos das fotografias “vulgares”. Ele pediu às pessoas para partilharem fotos que têm um contexto ambíguo ou escondido.

Hoje decidimos apresentar-lhe 10 fotografias aparentemente banais que não são tão banais e escondem histórias de horror.

10 fotografias aparentemente banais que escondem histórias de horror

Foto #1. Feito por Dawn_Amber.

Olha para o tipo ao fundo, em cima à esquerda. E depois olhe para o que está no fundo, em cima à direita. Vê-se os tanques a aproximarem-se.

Este é o mesmo tipo que estava em frente ao tanque na Praça Tiananmen. Supostamente este é o estudante Wang Weilin, e esta fotografia foi tirada alguns minutos antes do aparecimento daquela famosa fotografia (na capa deste post).

Este tipo foi muito corajoso e bloqueou o caminho da coluna do tanque. No entanto, ninguém sabe o que aconteceu ao Waylin. Talvez ele tenha sido executado, talvez ainda esteja na prisão, talvez tenha fugido para outro país.

10 fotografias aparentemente banais que escondem histórias de horror

Esta fotografia capta os empregados de Auschwitz a desfrutar de um agradável fim-de-semana. Parecem conselheiros do campo, mas o seu trabalho é matar pessoas. É provável que o tenham feito tanto antes como depois desta fotografia.

10 fotografias aparentemente banais que escondem histórias de horror

E nesta fotografia, crianças judias de mãos dadas, caminhando incógnitas para a sua morte nas câmaras de gás de Auschwitz.

10 fotografias aparentemente banais que escondem histórias de horror

Foto #4. Apresentada por Andromeda321.

À primeira vista, esta fotografia mostra simplesmente vários astronautas a posar sem peso. Entretanto, não fazem ideia de que o seu vaivém espacial está incorrigivelmente danificado e, de facto, estarão mortos dentro de poucos dias durante a reentrada na atmosfera.

10 fotografias aparentemente banais que escondem histórias de horror

Foto #5. Kay_Elle.

E esta, à primeira vista, é uma rapariga vulgar – uma Mowgli dos tempos modernos. Ginny tornou-se uma criança “selvagem” porque toda a sua infância foi amarrada a uma cadeira no seu quarto e castigada quando fazia barulho.

Ela foi encontrada, resgatada dos seus pais loucos. Ela tinha uma nova família. Eles tentaram ensiná-la a falar, e ela conseguiu aprender a comunicar um pouco. De tudo o que agora sabemos, ela era curiosa, inteligente e ansiosa por aprender, mas apesar disso, nunca alcançou os seus pares em desenvolvimento.

10 fotografias aparentemente banais que escondem histórias de horror

Foto #6. Tinkrman.

Este jovem sorridente em calções engraçados é o físico Harold Agnew, segurando o núcleo da bomba atómica “Fat Man” que foi lançada sobre Nagasaki em 1945.

A bomba matou cerca de 80.000 pessoas, muitas das quais morreram de efeitos a longo prazo causados pela bomba, tais como a doença da radiação e a leucemia.

10 fotografias aparentemente banais que escondem histórias de horror

Foto #7. KermitTheFraud92.

Este sujeito sorridente foi menos afortunado do que o anterior. Treze horas após esta fotografia ter sido tirada, em 18 de Maio de 1980, o vulcão St. Helens entrou em erupção, matando 57 pessoas, incluindo o vulcanólogo David Johnston (que é fotografado).

10 fotografias aparentemente banais que escondem histórias de horror

Foto #8. KungThulhu.

Esta fotografia foi tirada por um grupo de sobreviventes da queda do voo 571 da Força Aérea Uruguaia nos Andes. Não parece nada de especial: pessoas na fotografia apenas sentadas, abraçadas, sorridentes.

Só que, para sobreviverem nas montanhas geladas e desertas, estas pessoas tornaram-se canibais! E só nesta fotografia podem estar a sorrir por terem comido um dos passageiros!

O que é interessante: depois de uma longa busca, estas pessoas foram resgatadas e regressaram às suas vidas normais.

10 fotografias aparentemente banais que escondem histórias de horror

Foto #9. TheButterBug.

Esta é uma fotografia da Primeira Dama Rosalynn Carter dos EUA em 1978 a apertar a mão com… o assassino em série John Wayne Gacy (!), que na altura era activo na política. Nessa altura ele já tinha matado mais de 20 jovens! Tinha um “S” na lapela do seu casaco, emitido pelos Serviços Secretos como sinal de que lhe tinha sido concedida autorização de segurança. A fotografia foi até assinada, “A John Gacy com os melhores votos, Rosalynn Carter”.

10 fotografias aparentemente banais que escondem histórias de horror

Foto #10. OutrageousMix5145.

Nesta fotografia, John Lennon autgrafa o seu assassino, Mark Chapman, apenas horas antes do assassinato. Chapman até tinha uma arma com ele na altura.

É tudo, amigos. Só para acrescentar, esta colecção assustadora de fotografias prova mais uma vez que nunca sabemos o que esperar da vida e das pessoas que nos rodeiam.


No more posts
No more posts