Por que o sacro dói antes da menstruação: causas e formas de aliviar sensações desagradáveis

Aprenda as causas da dor no sacro antes da menstruação, como lidar com ela e o que fazer se a dor se tornar muito intensa.

Muitas mulheres enfrentam sensações desagradáveis ​​na região do sacro antes do início da menstruação. Dores semelhantes, entorses ou sensação de peso na parte inferior do abdômen podem ser tão intensas que as meninas têm que abandonar suas atividades habituais. Tais sintomas podem afetar negativamente o estilo de vida e o humor da mulher, bem como levar à diminuição da capacidade para o trabalho e à fadiga.

Qual é a causa das dores antes da menstruação e como lidar com elas? Entre as causas mais comuns estão as alterações hormonais associadas ao ciclo menstrual. O início da menstruação é acompanhado pelo aumento dos níveis de prostaglandinas, substâncias que provocam contrações uterinas e levam a sensações dolorosas. A síndrome dolorosa pode ser amplificada pela colheita de prostaglandinas e outras causas, como nervos no sacro, tratamento de doenças infecciosas e espasmos intestinais.

Embora algumas mulheres suportem o ciclo menstrual sem muitos problemas ou sintomas, outras são forçadas a encontrar maneiras de aliviar a dor. Este artigo discute maneiras simples e eficazes de aliviar o desconforto no sacro e na parte inferior do abdômen associado ao início da menstruação, e o que deve ser adotado para garantir que a dor não impeça finalmente a atividade.

Por que ocorre dor sacral antes da menstruação

Dor no sacro antes da menstruação é um sintoma comum que pode causar desconforto às mulheres durante todo o ciclo. Pode ser devido a alterações nos níveis hormonais, bem como a exercícios e estresse.

Durante a menstruação, os níveis de prostaglandinas no corpo aumentam, o que pode causar contração do útero e causar dor no sacro. Além disso, a tensão muscular nesta área pode aumentar devido à postura inadequada ou escoliose, o que pode agravar os sintomas.

O estresse e a falta de sono também podem afetar a dor sacral. Durante o estresse, são produzidos os hormônios cortisol e adrenalina, que podem causar cãibras musculares graves. Portanto, é aconselhável adotar um estilo de vida saudável, seguir uma alimentação saudável e evitar situações estressantes para reduzir a dor sacral.

Se a dor no sacro o incomoda muito, você deve consultar um médico, que ajudará a determinar a causa da dor e aconselhar um tratamento adequado.

Mudanças no corpo

A abordagem da menstruação muda o fundo hormonal do corpo de uma mulher. O nível de estrogênio e progesterona flutua, o que pode levar a sensações dolorosas no sacro e no abdômen inferior. Além disso, há um aumento na produção de prostaglandinas, substâncias que promovem contrações uterinas e levam a contrações dolorosas.

Durante a menstruação, outras mudanças ocorrem no corpo de uma mulher relacionadas à renovação do endométrio. Como resultado, pode ocorrer uma inflamação, o que também se transfere ao sacro e dificulta a caminhada ou até mesmo sentar.

Algumas mulheres enfrentam dor no sacro e antes e depois de seus períodos – durante a ovulação. Essa é outra peculiaridade do trabalho do corpo, associado ao processo fisiológico de liberar o ovo no tubo de Falópio. Algumas mulheres podem sentir não apenas dor sacral, mas também outros sintomas como dor de cabeça, vômito, depressão etc.

  • Recomendações:
  • Compressas quentes ou massagens de luz podem ser usadas para aliviar a dor sacral antes do período menstrual.
  • Em caso de síndrome da dor aguda, você pode pedir ao seu médico para prescrever analgésicos.
  • Alguns dias antes do período esperado, você pode aumentar a quantidade de micronutrientes úteis na dieta, o que ajudará a reduzir a inflamação e a dor.
  • Se os problemas se repetirem todos os meses e não desaparecerem depois de tomar analgésicos, é necessário visitar um ginecologista para obter exames adicionais e identificação de possíveis causas.