Nutrição dietética na gastrite erosiva: o que pode e o que não pode comer, receitas de pratos

Aprenda o que você pode e o que não pode comer com gastrite erosiva do estômago e como preparar adequadamente os pratos dietéticos. Dicas e recomendações para sua saúde.

A gastrite erosiva é uma doença na qual se formam úlceras ou erosões na membrana mucosa do estômago. Pode ser causada por vários motivos, incluindo infecção por Helicobacter pylori, danos à membrana mucosa devido ao álcool ou medicamentos, distúrbios alimentares, etc.

Um componente importante do tratamento da gastrite erosiva é a dieta alimentar. Os especialistas recomendam excluir da dieta alimentos picantes, gordurosos, azedos, fritos e outros que possam irritar a mucosa do estômago. Em vez disso, você deve consumir proteínas de fácil digestão, laticínios, mingaus com água, vegetais e frutas.

No entanto, nem tudo é tão simples. Alguns alimentos que parecem benéficos podem causar uma exacerbação da gastrite erosiva. Por exemplo, frutas com alto teor de acidez, café, chá, chocolate e até vinho tinto.

Neste artigo consideraremos quais alimentos podem ser consumidos na gastrite erosiva do estômago, como prepará-los adequadamente e o que deve ser excluído da dieta alimentar. Siga nossas recomendações e sinta alívio dos sintomas da gastrite.

Contents
  1. Nutrição dietética na gastrite erosiva do estômago
  2. O que você pode comer com gastrite erosiva do estômago?
  3. O que não devo comer se tiver gastrite erosiva?
  4. Como preparar adequadamente os alimentos para gastrite erosiva do estômago?
  5. Menu aproximado para gastrite erosiva do estômago:
  6. O que é gastrite erosiva e como trat á-la?
  7. Definição
  8. Causas
  9. Sintomas
  10. Tratamento
  11. A importância da nutrição adequada na gastrite erosiva
  12. Quais alimentos podem ser consumidos com gastrite erosiva?
  13. Alimentos que não são recomendados para comer com gastrite erosiva
  14. Pratos picantes e gordurosos
  15. Alimentos ácidos
  16. Café e álcool
  17. Alimentos que causam hiperacidez
  18. Fast food e alimentos enlatados
  19. Cozinhando com gastrite erosiva do estômago
  20. Regras básicas de cozinhar
  21. Alimentos que devem ser consumidos
  22. Alimentos que devem ser excluídos da dieta
  23. Como distribuir adequadamente as refeições com gastrite erosiva do estômago?
  24. Alimentos adequados mastigando a gastrite erosiva
  25. Maneiras de cozinhar com gastrite erosiva do estômago
  26. Receitas alimentares úteis para gastrite erosiva
  27. Omelete de proteína
  28. Purê de abóbora
  29. Costeletas de peixe
  30. Regras alimentares na exacerbação da gastrite erosiva
  31. Ingestão dietética durante a remissão de gastrite erosiva
  32. Vitaminas e minerais importantes na gastrite erosiva do estômago
  33. Bebidas com gastrite erosiva do estômago
  34. Que bebidas podem ser consumidas com esta doença?
  35. Importância do controle de peso na gastrite erosiva
  36. Suporte nutricional para gastrite erosiva: o que eu preciso saber?
  37. Nutrição para gastrite erosiva do estômago
  38. O que posso comer?
  39. O que deve ser eliminado?
  40. Qual é a maneira certa de cozinhar comida?
  41. Conclusão
  42. Onde posso encontrar um guia alimentar para gastrite erosiva?
  43. Q & amp; A:
  44. O que é gastrite erosiva do estômago?
  45. Quais produtos podem ser consumidos com gastrite erosiva do estômago?
  46. Quais produtos são estritamente proibidos na gastrite erosiva do estômago?
  47. Posso beber leite quando tenho gastrite erosiva do estômago?
  48. O que é “tratamento térmico” e como isso afeta os produtos para a gastrite erosiva do estômago?
  49. Quantas vezes por dia você deve comer com gastrite erosiva do estômago?
  50. Posso beber sucos com gastrite erosiva?
  51. Que risco aguarda em não conformidade com a dieta na gastrite erosiva do estômago?
  52. Consulta com um nutricionista para pacientes com gastrite erosiva

Nutrição dietética na gastrite erosiva do estômago

O que você pode comer com gastrite erosiva do estômago?

Com gastrite erosiva do estômago na dieta deve-se dar preferência a alimentos de fácil digestão. Tipos de proteínas não gordurosas (frango ou peru sem pele, peixe) são adequados. Recomenda-se consumir kefir desnatado, iogurte e leite desnatado. O conteúdo de vegetais e frutas na dieta deve ser de pelo menos 400 gramas por dia. As refeições devem ser variadas e ricas em fibras alimentares.

Você monitora seus níveis de açúcar no sangue?
Sim, eu meço com um glicosímetro
Sim, faço testes
16, 67%
33, 33%

O que não devo comer se tiver gastrite erosiva?

Quando você tem gastrite erosiva do estômago, não é recomendado comer alimentos picantes, gordurosos, defumados e fritos, além de álcool e café forte. Evite pratos ácidos, líquidos e quentes, bem como alimentos que provocam fermentação e formação de gases (repolho, beterraba, ervilha, legumes).

Como preparar adequadamente os alimentos para gastrite erosiva do estômago?

Você deve usar menos gordura ao cozinhar. É melhor fritar em uma panela sem óleo ou usar uma pequena quantidade de óleo vegetal. Recomend a-se cozinhar alimentos em uma caldeira dupla, no forno ou no vapor. Ao cozinhar carne e peixe, você deve garantir que eles sejam macios e macios.

Menu aproximado para gastrite erosiva do estômago:

  • Café da manhã: aveia na água, maçã, chá verde.
  • Snack: maçã e tangerina.
  • Almoço: peito de frango cozido no vapor, cenoura cozida e brócolis, arroz, pão preto.
  • Snack da tarde: kefir, pêra cozida.
  • Jantar: Peixe cozido, salada de pepino e tomate, um pedaço de pão.

É importante lembrar que a dieta na gastrite erosiva do estômago deve ser individualizada e compilada levando em consideração as características individuais do corpo.

O que é gastrite erosiva e como trat á-la?

Definição

A gastrite erosiva é uma doença inflamatória da membrana mucosa do estômago, na qual pequenas úlceras superficiais – erosões aparecem em sua superfície, causadas por uma violação do equilíbrio ácid o-alcalino do suco gástrico.

Causas

A base para a ocorrência de gastrite erosiva é o aumento da acidez do conteúdo gástrico, e essa violação pode ser associada aos seguintes fatores:

  • dieta inadequada;
  • abuso de álcool;
  • doenças dos órgãos digestivos;
  • Situações estressantes;
  • o uso de certos medicamentos.

Sintomas

Os principais sinais de gastrite erosiva podem ser chamados:

  1. dor na região epigástrica;
  2. azia;
  3. vômito e náusea;
  4. diminuição do apetite;
  5. placa branca na língua.

Tratamento

O tratamento da gastrite erosiva depende de seu tipo, grau e causas. A principal tarefa é suprimir a secreção de suco gástrico e reduzir a inflamação da membrana mucosa. Como regra, o especialista prescreve um curso de terapia medicamentosa, bem como uma dieta que prescreve restrições alimentares e a preparação especial de alimentos. Existem também vários remédios folclóricos que podem aliviar os sintomas e acelerar a cicatrização das erosões.

A importância da nutrição adequada na gastrite erosiva

A gastrite erosiva é uma doença gástrica comum, caracterizada por danos à membrana mucosa do estômago. A nutrição desempenha um papel importante no tratamento desta doença.

A doença requer restrições alimentares especiais. Com estrita adesão à dieta, é possível aliviar os sintomas da gastrite erosiva, além de acelerar o processo de cicatrização do tecido estomacal danificado.

Os principais princípios da dieta na gastrite erosiva são reduzir o consumo de alimentos gordurosos, ácidos, picantes, salgados e enlatados que podem agravar os sintomas da doença. Recomend a-se comer alimentos facilmente digeríveis ricos em proteínas, vitaminas e minerais.

  • O que você pode comer:
    • Mingau na água (trigo sarraceno, aveia, arroz);
    • Queijo cottage com baixo teor de gordura;
    • Filé de frango frito no vapor ou peru;
    • Legumes e frutas (cozidos, cozidos, assados);
    • Pão de trigo ou centeio, farinha de rosca;
    • Chá, leite com pouca gordura, caldos de carne ou peixe.
    • Carnes gordas, salsichas, salsichas;
    • Produtos lácteos com alto teor de gordura;
    • Frutas e legumes enlatados;
    • Fast food e alimentos fritos em geral;
    • Especiarias e molhos quentes;
    • Bebidas alcoólicas e café.

    É importante lembrar que a dieta na gastrite erosiva não é um meio de tratar a doença, mas a nutrição adequada ajuda a melhorar a condição do estômago, reduzir as sensações de dor e curar danos à membrana mucosa.

    Quais alimentos podem ser consumidos com gastrite erosiva?

    O consumo de alimentos com gastrite erosiva requer uma abordagem especial. Alguns produtos podem agravar a condição do estômago, enquanto outros, pelo contrário, têm um efeito benéfico em seu funcionamento.

    As pessoas que sofrem de gastrite erosiva são aconselhadas a consumir muitas frutas e vegetais, que são altos em vitaminas e minerais. No entanto, frutos excessivamente ácidos, como laranjas e limões, que podem causar irritação, devem ser evitados.

    A dieta principal deve consistir em alimentos de proteína magra, como frango, peru e peixe. Além disso, produtos lácteos com baixo teor de gordura, como iogurte e leite desnatado, podem ser benéficos.

    Também é importante consumir fibras dietéticas grossas. Eles podem ajudar a reduzir a inflamação no estômago e impedir a formação de úlceras. Os alimentos ricos em fibras alimentares incluem farelo de aveia, maçãs e peras.

    Mas você não pode esquecer esses produtos que devem ser excluídos da sua dieta. Isso inclui álcool, carnes defumadas, alimentos gordurosos e picantes, doces e café. Esses produtos podem piorar a condição do estômago e causar uma exacerbação da gastrite erosiva.

    Alimentos que não são recomendados para comer com gastrite erosiva

    Pratos picantes e gordurosos

    Os pratos picantes e gordurosos são um grande estressor para o estômago e podem piorar os sintomas da gastrite erosiva. Os pratos gordurosos também podem reduzir a taxa de evacuação gástrica e piorar a condição.

    Alimentos ácidos

    Alimentos ácidos, como limões, tomates, laranjas, toranja podem piorar a inflamação da mucosa estomacal e causar dor mais intensa.

    Café e álcool

    Café e álcool podem irritar a mucosa gástrica e causar desconforto. Eles também podem afetar a absorção de medicamentos e nutrientes.

    Alimentos que causam hiperacidez

    Certos alimentos, como chocolate, água de refrigerante, chá forte e café, podem aumentar os níveis de ácido no estômago e piorar a condição se você tiver gastrite erosiva.

    Fast food e alimentos enlatados

    Fast foods e alimentos enlatados contêm muitos conservantes, cores artificiais e sabores que podem causar inflamação no estômago.

    Uma lista de amostra de alimentos não recomendados para exemplos de categorias de gastrite erosiva

    Comidas gordurosas Batatas fritas, fast food, banha, salsichas, bacon
    Alimentos picantes Pimenta, rábano, mostarda, curry
    Alimentos ácidos Limões, laranjas, toranja, tomate.
    Bebidas Café, álcool, água de refrigerante, chá forte
    Comida enlatada Frutas e legumes enlatados, peixe enlatado, carne enlatada.

    Cozinhando com gastrite erosiva do estômago

    Regras básicas de cozinhar

    Com gastrite erosiva do estômago, a digestão de alguns alimentos pode ser complicada. É importante levar em consideração que o cozimento adequado ajuda a reduzir a carga no estômago e acelerar o processo de cicatrização.

    • Os alimentos devem ser cozidos no vapor, no forno ou na grelha para evitar gordura excessiva.
    • Os alimentos devem ser cortados em pedaços pequenos e misturados para facilitar sua digestão.
    • Você deve evitar comer alimentos cozidos em uma frigideira, especialmente com óleo ou gordura.
    • Vale a pena evitar alimentos fritos e defumados, pois eles podem irritar as paredes do estômago e causar dor.
    • Certas especiarias, incluindo pimentas e alho, não devem ser usadas na cozinha.

    Alimentos que devem ser consumidos

    Quando você tem gastrite erosiva do estômago, consome alimentos que são rapidamente digeridos e não aumentam a carga no estômago. Esses produtos incluem:

    • Alimentos ricos em proteínas, como frango, peru ou peixe.
    • Produtos lácteos fermentados com baixo teor de gordura, como iogurte, queijo cottage ou kefir.
    • Legumes cozidos ou assados, como batatas, cenouras, abóbora ou brócolis.
    • Frutas doces, como bananas, pêssegos ou maçãs.
    • Minga quente na água, como Hércules ou Rice.

    Alimentos que devem ser excluídos da dieta

    Quando você tem gastrite erosiva do estômago, evite certos alimentos que podem afetar sua saúde ruim e piorar sua condição. Esses alimentos incluem:

    • Alimentos gordurosos e fritos, como batatas fritas e carne.
    • Primeiros pratos feitos com caldos gordurosos.
    • Pimentão quente e outras especiarias que podem causar irritação no estômago.
    • Doces como chocolate e doces que podem causar dor e desconforto.

    Seguindo as regras de cozinhar e comer com gastrite erosiva do estômago, você pode aliviar significativamente a condição, acelerar a recuperação e evitar complicações.

    Como distribuir adequadamente as refeições com gastrite erosiva do estômago?

    Com a gastrite erosiva do estômago, é especialmente importante não apenas comer os alimentos certos, mas também distribuir corretamente as refeições. Para reduzir a carga no estômago e melhorar a digestão, é recomendável comer alimentos em pequenas porções 5-6 vezes ao dia.

    MEALLEMENTO OPTEMENTE: café da manhã – às 7h às 9h, lanche – às 10h às 11h, almoço – de 12 a 14 horas, lanche da tarde – às 16-17 horas, jantar – às 18-19 horas. A última refeição deve ser o mais tardar 2-3 horas antes de dormir para melhorar a digestão e evitar o excesso de acidez no estômago durante o descanso noturno.

    Além disso, dev e-se lembrar que os alimentos devem ser mastigados completamente para reduzir a carga no estômago e facilitar a digestão. Também é recomendável comer lentamente, em um ambiente calmo, evitando a tensão nervosa e física durante as refeições.

    Uma recomendação geral é comer regularmente ao mesmo tempo com a mesma lacuna no meio, ajudará a melhorar a saúde gástrica na gastrite erosiva.

    Alimentos adequados mastigando a gastrite erosiva

    A mastigação adequada de alimentos é um aspecto importante da nutrição alimentar para a gastrite erosiva do estômago. A mastigação insuficiente pode levar ao aumento da acidez no estômago, o que pode piorar a condição do paciente.

    A mastigar ajuda a dividir os alimentos em pequenas partículas, o que simplifica o processo de digestão e reduz a carga no estômago. Além disso, mascar alimentos libera enzimas que facilitam a digestão.

    Alguns pacientes com gastrite erosiva, especialmente durante a exacerbação da doença, experimentam dor e desconforto ao mastigar alimentos. No entanto, você deve tentar mastigar os alimentos da maneira mais lenta e completa possível, a fim de facilitar o processo digestivo.

    Se você tem gastrite erosiva, deve evitar mastigar produtos de panificação, que podem provocar gases no estômago e piorar a dor. Ao mesmo tempo, deve-se mastigar devagar, evitar mascar chicletes e não ouvir música nem assistir TV enquanto come.

    • Mastigue a comida devagar e bem;
    • Evite mascar pães e chicletes;
    • Coma em silêncio, sem distrações de outras coisas.

    Seguir essas regras ajudará a reduzir a carga no estômago e facilitará o processo digestivo, o que é especialmente importante na gastrite erosiva.

    Maneiras de cozinhar com gastrite erosiva do estômago

    Aliviar a condição com gastrite erosiva do estômago pode ser a abordagem correta para cozinhar.

    Cozinhar no vapor. Os pratos cozidos no vapor retêm mais substâncias e vitaminas úteis e também não contêm componentes gordurosos que afetem negativamente o estado do estômago. Além disso, o cozimento a vapor reduz o teor de substâncias cancerígenas.

    Ferver e estufar. Esses métodos de cozimento também são considerados bastante úteis, mas é melhor usar vegetais macios (batata, cenoura, abóbora) e produtos de carne e peixe tenros.

    Desista de fritar. Como cozinhar bem com gastrite erosiva do estômago? Fritar, principalmente em gordura animal, não é recomendado nesta doença. Porém, se decidir cozinhar algo frito, use óleo vegetal e reduza o tempo de fritura para que os produtos não queimem.

    • Dicas adicionais de culinária:
    • Não use molhos doces e gordurosos, prefira molhos de tomate, vegetais e lácteos desnatados;
    • Não consuma alimentos que tenham sido cozinhados há mais de 2 dias, especialmente se contiverem lacticínios, ovos ou carne.

    Receitas alimentares úteis para gastrite erosiva

    Omelete de proteína

    A omelete de proteína é uma ótima ideia no café da manhã para gastrite erosiva do estômago. É rico em proteínas, de fácil digestão e também muito saboroso.

    • Ingredientes: 2 proteínas, 1 colher de leite, sal, pimenta, ervas.
    • Passo 1: Bata as proteínas até formar uma espuma.
    • Passo 2: Adicione o leite e continue batendo.
    • Passo 3: Adicione sal e pimenta a gosto.
    • Passo 4: Unte uma frigideira com óleo vegetal e aqueça em fogo médio.
    • Passo 5: Despeje a mistura de clara de ovo na frigideira e cozinhe até a omelete endurecer. Feito isso, retire do fogo e polvilhe com verduras.

    Purê de abóbora

    O purê de abóbora é um prato maravilhoso que será um ótimo complemento para o prato principal na gastrite erosiva do estômago. É rico em vitamina A e outros nutrientes.

    • Ingredientes: 500 gr. Pumpkin, 200 ml. caldo de galinha, 1 colher de sopa. azeite, sal, pimenta.
    • Etapa 1: corte a abóbora em pedaços e coloqu e-a em uma panela junto com o caldo de galinha. Leve para ferver.
    • Etapa 2: reduza o fogo e cozinhe por 15 a 20 minutos até que a abóbora fique macia.
    • Etapa 3: Escorra o líquido e adicione o azeite. Usando um masher ou liquidificador, pulverize a abóbora em um purê.
    • Etapa 4: adicione sal e pimenta a gosto e misture.

    Costeletas de peixe

    As corte de peixes serão apropriadas como um almoço para pessoas que sofrem de gastrite gástrica erosiva. O peixe é uma rica fonte de ácidos graxos proteínas e ômega-3, essenciais para a inflamação calmante no estômago.

    • Ingredientes: filetes de peixe de 500g, 1 ovo, 1/2 xícara de migalhas de pão, sal, pimenta, ervas.
    • Etapa 1: corte o peixe em pedaços pequenos e pique no liquidificador.
    • Etapa 2: adicione o ovo, as migalhas de pão, o sal e a pimenta a gosto. Mexa para fazer uma mistura homogênea.
    • Etapa 3: Faça costeletas da massa obtida e frite em uma frigideira em óleo vegetal até dourar.
    • Etapa 4: Coloque em um prato e polvilhe as ervas por cima.

    Regras alimentares na exacerbação da gastrite erosiva

    Com uma exacerbação da gastrite erosiva, é necessário aderir às regras de uma dieta saudável e evitar produtos que possam piorar a condição do estômago.

    As refeições devem ser variadas, mas leves e não sobrecarregam o estômago. Recomenda-se comer pequenas porções de comida pelo menos 5-6 vezes por dia. Também é importante não comer antes de dormir e não comer demais.

    Com uma exacerbação da gastrite erosiva, é recomendável incluir no mingau dietéreo, vegetais, frutas e carnes magras e peixes. É necessário consumir uma quantidade suficiente de proteína, o que ajuda a curar erosões na mucosa gástrica

    Não é recomendável consumir alimentos gordurosos, fritos, especiarias picantes, alimentos enlatados, carnes defumadas, álcool e bebidas carbonatadas. Além disso, é necessário excluir café e chocolate da dieta, pois eles podem causar irritação da mucosa gástrica.

    Ao cozinhar, os alimentos devem ser usados métodos para ferver, cozinhar, assar ou cozinhar. É necessário evitar fritar alimentos com óleo e adicionar grandes quantidades de sal e especiarias.

    A regra geral é monitorar a qualidade e a quantidade de alimentos consumidos e eliminar os alimentos dietéticos que causam desconforto e agravamento da condição.

    Ingestão dietética durante a remissão de gastrite erosiva

    Durante a remissão da gastrite erosiva, a dieta desempenha um papel importante em manter o estômago saudável e prevenir exacerbações.

    Recomend a-se consumir alimentos ricos em proteínas e vitaminas, especialmente A, C e E. alimentos contendo gordura, açúcar e especiarias devem ser limitados ou eliminados da dieta.

    Para cozinhar, você pode usar decocções de vegetais e cereais, que substituem a gordura e darão aos pratos um sabor único. Os pratos podem ser cozidos no vapor, no forno, na grelha, na panela. É importante observar a higiene ao preparar e armazenar alimentos.

    Não é recomendável comer alimentos que possam irritar a membrana mucosa do estômago, como frutas ácidas, pimentão quente, café e chá fortes.

    • Você pode consumir:
    • Mingau (trigo sarraceno, aveia)
    • Carnes magras e peixe
    • Produtos lácteos com baixo teor de gordura
    • Frutas e legumes frescos sem sabor azedo

    Em geral, seguindo uma dieta adequada, você pode reduzir significativamente o risco de exacerbações de gastrite erosiva e melhorar sua saúde geral.

    Vitaminas e minerais importantes na gastrite erosiva do estômago

    A gastrite erosiva é uma doença causada por processos inflamatórios na membrana mucosa do estômago. Nesse caso, pode haver uma violação do processo de assimilação de vitaminas e minerais no corpo, que é acompanhado pela falta de muitos elementos importantes.

    A vitamina C é um antioxidante importante que participa da luta contra a causa do desenvolvimento da gastrite erosiva – radicais livres. Para garantir que você obtenha o suficiente dessa vitamina, consuma frutas e vegetais frescos em sua dieta, como: laranjas, morangos, toranja, coração de palmeira, pimentão vermelho, etc.

    A vitamina B12 desempenha um papel importante no sistema nervoso e nos processos de formação sanguínea. Na gastrite erosiva do estômago, B12 se torna difícil de absorver. Portanto, é recomendável consumir alimentos ricos nessa vitamina, como: carne, frango, ovos e peixe.

    O ferro é o principal componente da hemoglobina, necessário para o transporte de oxigênio no corpo. Para não sofrer de deficiência de ferro, você deve consumir alimentos ricos em ferro todos os dias: carne, peixe, aipo, espinafre, feijão vermelho, trigo sarraceno, etc.

    O cálcio é essencial para ossos e dentes fortes, bem como para o funcionamento normal dos sistemas cardiovascular e muscular. Coma produtos lácteos, brócolis, aipo, nozes, tâmaras e outros alimentos ricos em cálcio.

    É importante perceber que, assim como vitaminas, minerais e nutrientes não devem ser usados demais, as deficiências também podem levar a sérias conseqüências à saúde. Portanto, é importante seguir uma dieta saudável e equilibrada ao tratar a gastrite erosiva do estômago.

    Bebidas com gastrite erosiva do estômago

    Que bebidas podem ser consumidas com esta doença?

    Com a gastrite erosiva do estômago, é muito importante escolher as bebidas certas, para não agravar a condição do sistema digestivo. A primeira coisa a prestar atenção é a temperatura das bebidas. As bebidas frias podem causar contração do estômago, o que é indesejável nesta doença.

    Uma das bebidas mais úteis para a gastrite erosiva é uma decocção de camomila, que mata bactérias no estômago e reduz a inflamação da membrana mucosa. Também é recomendável consumir bebidas leiteiras, que envolvem a mucosa gástrica, protegend o-a da irritação.

    Bebidas carbonatadas, álcool e café devem ser evitadas, pois apenas agravam os sintomas da gastrite erosiva. O suco de limão também não deve ser consumido em grandes quantidades, pois pode corroer o esmalte dos dentes e aumentar a acidez do estômago.

    • Bebidas recomendadas para gastrite erosiva:
    • – decocção de camomila
    • – chá gelado ou compota caseira
    • – bebidas leiteiras:
      • Kefir
      • Iogurte
      • Prostokvasha

      Portanto, com a gastrite erosiva do estômago, é muito importante ver o que você bebe. A escolha inadequada de bebidas pode piorar sua saúde. Tente consumir menos álcool, café, bebidas carbonatadas e suco de limão. Pelo contrário, prefira decocções de ervas, bebidas de leite e chás quentes.

      Importância do controle de peso na gastrite erosiva

      Quando você tem gastrite erosiva do estômago, é importante monitorar e controlar seu peso. Isso ocorre porque o excesso de peso pode piorar a condição do paciente e aumentar o risco de complicações.

      O excesso de peso pode pressionar adicional o estômago e contribuir para o refluxo, o que pode piorar os sintomas da gastrite erosiva. Além disso, a obesidade pode prejudicar a função do sistema imunológico.

      Enquanto a redução de peso pode melhorar a condição do paciente. Pode melhorar a função do estômago e tornar o processo de tratamento mais eficaz. A atividade física moderada também pode ajudar no processo de perda de peso e melhorar a saúde do paciente.

      Portanto, se você tiver gastrite erosiva do estômago, monitore seu peso, reduz a-o, se necessário, e mantenha um estilo de vida saudável.

      Ao mesmo tempo, dev e-se notar que o desejo de perda de peso rápida pode ser perigosa e indesejável. Recomend a-se consultar um especialista e desenvolver um plano individual de nutrição e exercício.

      Suporte nutricional para gastrite erosiva: o que eu preciso saber?

      Nutrição para gastrite erosiva do estômago

      A gastrite erosiva é uma inflamação do estômago que leva à formação de úlceras e erosões nas paredes do estômago. A nutrição adequada é uma parte importante do tratamento. Quando você tem gastrite erosiva, deve evitar alimentos que possam irritar as paredes do estômago e comer alimentos que ajudam a curar úlceras e erosões.

      O que posso comer?

      Com gastrite erosiva, vale a pena consumir alimentos com alto teor de proteínas, vitaminas e minerais. Recomenda-se incluir na dieta de carne, peixe, ovos, laticínios com baixo teor de gordura, vegetais verdes e frutas.

      Também é benéfico consumir alimentos que ajudam a aliviar os sintomas da gastrite erosiva, como úlceras de cura e redução da inflamação. Estes podem ser alimentos que contêm prebióticos e probióticos como iogurte, kefir, chucrute e azeite.

      O que deve ser eliminado?

      • Os alimentos gordurosos, fritos e picantes devem ser evitados, pois podem irritar as paredes do estômago e causar dor.
      • Doces, bebidas carbonatadas, álcool, café e chá preto também podem irritar o estômago e piorar a condição.
      • Além disso, é recomendável reduzir o consumo de pão e doces feitos de farinha branca e arroz branco, pois podem contribuir para o aumento dos níveis de ácido no estômago.

      Qual é a maneira certa de cozinhar comida?

      Ao cozinhar alimentos, fritar e fumar devem ser evitados. É preferível refazer, ferver, assar ou cozinhar. Não é recomendável consumir comida quente.

      Também é recomendável mastigar alimentos lenta e completamente, para não comer grandes porções e não comer demais. Vale a pena evitar comer antes de dormir e comer pequenas refeições ao longo do dia.

      Conclusão

      O apoio nutricional desempenha um papel importante na gastrite erosiva do estômago. Alimentos ricos em proteínas, vitaminas e minerais devem ser consumidos e os alimentos que podem irritar as paredes do estômago devem ser evitados. Ao preparar alimentos, fritam e fumar devem ser evitados e as porções devem ser reduzidas. Você também deve mastigar comida lentamente e evitar comer demais.

      Onde posso encontrar um guia alimentar para gastrite erosiva?

      A dieta desempenha um papel importante no tratamento da gastrite erosiva do estômago, portanto, seguindo a dieta certa é muito importante. Mas onde você pode encontrar informações confiáveis sobre o que pode comer, o que não pode comer e como preparar os alimentos corretamente para essa condição?

      Felizmente, muitas instituições médicas, incluindo centros de saúde do governo, publicam diretrizes alimentares detalhadas para várias condições, incluindo gastrite erosiva. Tais guias podem ser encontrados nos sites de organizações médicas oficiais, onde estão disponíveis gratuitamente.

      É importante que as recomendações e conselhos da dieta sejam baseados em pesquisas científicas e verificadas por profissionais qualificados. Portanto, ao escolher uma fonte de informação, você deve prestar atenção à autoridade e confiabilidade das informações.

      • Algumas das fontes mais confiáveis são:
      • Centros de Saúde Pública e Instituições Médicas – Por exemplo, o Ministério da Saúde da Rússia, o Centro Federal de Higiene e Epidemiologia do TEV, Hospitais Universitários e Centros Médicos.
      • Sites saudáveis de estilo de vida – por exemplo, a associação dietética da Rússia ou sites projetados especificamente para pessoas com gastrite erosiva.

      Q & amp; A:

      O que é gastrite erosiva do estômago?

      A gastrite gástrica erosiva é uma inflamação da membrana mucosa do estômago, acompanhada pela formação de defeitos ulcerativos superficiais na membrana mucosa.

      Quais produtos podem ser consumidos com gastrite erosiva do estômago?

      Recomenda-se consumir alimentos ricos em proteínas e carboidratos, como: aves de carne magra, peixe, laticínios, legumes, mingau, frutas, pão, queijo cottage com baixo teor de gordura.

      Quais produtos são estritamente proibidos na gastrite erosiva do estômago?

      Não coma comida gordurosa, pratos picantes e defumados, álcool, café, bebidas carbonatadas, chocolate, chá forte, lanches salgados, alimentos enlatados e fast food.

      Posso beber leite quando tenho gastrite erosiva do estômago?

      Sim, você pode consumir produtos lácteos, mas apenas com baixo teor de gordura e não picante. Os produtos de leite azedo (kefir, iogurte, ryazhenka) são melhores para consumir em pequenas quantidades.

      O que é “tratamento térmico” e como isso afeta os produtos para a gastrite erosiva do estômago?

      O tratamento térmico é o processo de cozinhar alimentos usando altas temperaturas. Este tratamento de carne e peixe destrói bactérias e micróbios que podem ser prejudiciais ao sistema digestivo. Ao mesmo tempo, a maioria dos nutrientes é preservada. No entanto, você não deve abusar de alimentos fritos, pois isso pode prejudicar o estômago.

      Quantas vezes por dia você deve comer com gastrite erosiva do estômago?

      Recomend a-se comer pequenas porções com frequência – 5-6 vezes ao dia. Essa dieta ajudará a evitar sobrecarregar o estômago e melhorar a digestão.

      Posso beber sucos com gastrite erosiva?

      Nem todos os sucos podem ser bebidos com gastrite erosiva do estômago. Por exemplo, sucos de frutas ácidas (laranja, limão) e bagas (cerejas, groselhas pretas) devem ser excluídas ou usadas em pequenas quantidades, dissolvidas com água. É melhor beber sucos de frutas e frutas com pouca gordura (maçã, pêra, cranberry) diluídas com água.

      Que risco aguarda em não conformidade com a dieta na gastrite erosiva do estômago?

      O não cumprimento da dieta na gastrite erosiva pode levar a complicações como: formação de ulceração, perfuração, sangramento, desenvolvimento de câncer gástrico. Portanto, é muito importante seguir a dieta correta e consumir apenas produtos permitidos.

      Consulta com um nutricionista para pacientes com gastrite erosiva

      Com gastrite erosiva do estômago, é muito importante monitorar sua dieta para reduzir a irritação da membrana mucosa. Mas como entender que tipo de dieta é adequada para você?

      Para não cometer um erro na escolha da dieta, é necessário consultar um nutricionista. Ele ajudará a determinar quais produtos você pode ser uma intolerância alérgica ou individual e quais produtos serão os mais úteis para você.

      O nutricionista também poderá projetar um menu ideal que inclua alimentos ricos em vitaminas e minerais que serão seguros e adequados para o consumo em sua condição. Alguns alimentos podem desencadear uma exacerbação da condição, para evit á-los em sua dieta.

      Como resultado de uma consulta com um nutricionista, você receberá recomendações úteis e escolherá sua dieta individual que otimizará sua saúde digestiva.