Gastrite com acidez reduzida: sintomas, causas e tratamento

Descubra todas as informações sobre gastrite com acidez reduzida: causas, sintomas, métodos de tratamento. No site, você encontrará dicas úteis sobre correção e prevenção da doença na dieta.

Gastrite com acidez reduzida – uma doença caracterizada por formação insuficiente de suco gástrico, que pode causar distúrbios digestivos. Os sintomas podem variar de um leve desconforto a complicações graves, como úlceras e sangramento.

As manifestações de gastrite reduzida de acidez incluem dor abdominal, arroto, náusea, constipação e diarréia. No entanto, os sintomas nem sempre são abertos e podem levar vários anos para que a doença se torne palpável.

O tratamento para a baixa gastrite da acidez visa principalmente fortalecer a mucosa gástrica e melhorar os processos digestivos. Isso pode incluir medicamentos, tratamentos, mudanças no estilo de vida e dieta. A dieta desempenha um papel importante no gerenciamento dos sintomas da gastrite, e os pacientes são aconselhados a seguir uma dieta especial que inclui algumas restrições alimentares.

Contents
  1. Definição de baixa gastrite de acidez
  2. Causas de gastrite com baixa acidez
  3. Gastrite com acidez reduzida: sintomas, tratamento, dieta
  4. Sintomas de gastrite com acidez reduzida
  5. Diagnóstico de gastrite com acidez reduzida
  6. Tratamento da gastrite com baixa acidez
  7. Prevenção de gastrite com acidez reduzida
  8. Dieta para gastrite com baixa acidez
  9. Descrição breve
  10. Alimentos recomendados
  11. Evitar
  12. Menu de amostra
  13. Características de nutrição na gastrite com acidez reduzida
  14. O que pode ser consumido com gastrite com acidez reduzida
  15. Vegetais
  16. Frutas
  17. Proteína
  18. Cereais e cereais
  19. Produtos lácteos azedos
  20. O que não deve ser consumido com gastrite com acidez reduzida?
  21. Quais produtos aumentam a acidez no estômago?
  22. Quais alimentos ajudam a reduzir a acidez no estômago?
  23. Compilar uma dieta para gastrite com acidez reduzida: o que deve ser levado em consideração?
  24. Recomendações importantes para o tratamento da gastrite com acidez reduzida
  25. Métodos populares de tratamento de gastrite com baixa acidez
  26. Consumo de alimentos que aumentam a acidez do estômago
  27. Uso de substitutos do suco gástrico
  28. Evitando alimentos que irritam a mucosa gástrica
  29. Quando ver um médico para gastrite com acidez reduzida
  30. Q & amp; A:
  31. Quais sintomas indicam gastrite com acidez reduzida?
  32. Que tipo de dieta é recomendada para gastrite com acidez reduzida?
  33. Quais medicamentos são usados no tratamento da gastrite com acidez reduzida?
  34. Com que frequência você deve seguir uma dieta para gastrite com baixa acidez?
  35. Quais produtos devem ser excluídos da dieta alimentar na gastrite com baixa acidez?
  36. Que sensações desagradáveis ​​podem ocorrer na gastrite com acidez reduzida?
  37. É possível consumir álcool na gastrite com baixa acidez?
  38. Que fatores podem provocar o desenvolvimento de gastrite com baixa acidez?

Definição de baixa gastrite de acidez

A gastrite reduzida de acidez é uma condição do estômago que é caracterizado por níveis reduzidos de acidez em sua cavidade. É um tipo de gastrite que é o oposto da gastrite por hiperacidez, que geralmente causa problemas estomacais. Na redução da gastrite da acidez, o nível de acidez no estômago diminui naturalmente, resultando em digestão lenta ou irregular dos alimentos.

Esse tipo de gastrite pode levar a uma sensação de peso no estômago depois de comer, arrotar, gás, constipação e diarréia. Outros sintomas podem incluir dor abdominal, náusea, vômito e perda de apetite. Se não tratada, a baixa gastrite da acidez pode levar a condições mais graves, como úlceras estomacais ou até câncer.

O tratamento para a baixa gastrite da acidez envolve alterações alimentares, medicamentos, restaurando os níveis de acidez do estômago e tratamento das causas. É importante aderir às recomendações alimentares, para não carregar o estômago com novos alimentos e não causar uma exacerbação da doença. Os medicamentos também ajudarão a eliminar os sintomas e acelerar o processo de cicatrização.

Causas de gastrite com baixa acidez

A gastrite com acidez reduzida pode ocorrer por vários motivos. Um dos principais é a infecção pela bactéria Helicobacter pylori, que causa inflamação da mucosa gástrica. Como resultado, as principais células do estômago param de produzir ácido clorídrico suficiente para digerir os alimentos.

Além disso, a causa da gastrite com acidez reduzida pode ser a recepção de alguns medicamentos, como inibidores da bomba de prótons, antibióticos, alguns medicamentos anti-inflamatórios e outros medicamentos. Isso pode levar à desregulação da digestão e formação de ácido no estômago.

A falta de ácido clorídrico suficiente também pode ser causado pela interrupção do funcionamento normal do sistema nervoso ou endócrino, doenças gástricas, bem como dieta ruim e vícios difundidos, como consumo de álcool e tabagismo.

  • Conclusão: a baixa gastrite da acidez pode ocorrer devido à infecção por Helicobacter pylori, tomando certos medicamentos, desregulação da digestão e formação de ácidos, distúrbios nervosos ou endócrinos do sistema, doenças gástricas, dieta ruim, tabagismo e consumo de álcool.

As doenças de pele estão incomodando você?
66, 67%
33, 33%

Gastrite com acidez reduzida: sintomas, tratamento, dieta

Sintomas de gastrite com acidez reduzida

A gastrite com acidez reduzida é uma doença que é caracterizada por uma diminuição na quantidade de ácido no estômago. Um dos primeiros sintomas é uma violação do processo digestivo, que se manifesta na forma de peso e distensão no abdômen.

Pacientes com gastrite de acidez reduzida também podem sofrer diminuição do apetite, náusea, vômito e azia. Eles podem sentir desconforto após a alimentação e os nutrientes podem ser mal absorvidos, o que pode levar a perda prolongada de peso ou deficiências de nutrientes.

Além disso, os sintomas de gastrite de baixa acidez podem incluir produção e constipação abundantes de gás. Os pacientes também podem sentir fadiga extrema, fraqueza e diminuição do desempenho, o que é resultado de digestão ineficiente e falta de energia.

Diagnóstico de gastrite com acidez reduzida

Na maioria dos casos, a gastrite com baixa acidez não é acompanhada por sintomas pronunciados, o que dificulta o diagnóstico. No entanto, se uma pessoa tem sinais de gastrite crônica, é necessário consultar um médico-gastroenterologista para exame.

O principal método de diagnóstico é os FGDs – fibrogastroduodenoscopia. Este estudo permite avaliar a condição da membrana mucosa do estômago e do duodeno, além de fazer uma biópsia para análises posteriores. O teste de Helicobacter também pode ser prescrito para detectar a presença da bactéria Helicobacter pylori, que geralmente é a causa da gastrite.

Para esclarecer o diagnóstico, pode ser usado um estudo ácido-pépticos-a fluoroscopia refluxo-gastroesofágica (teste MNI). Ele permite que você verifique a acidez do conteúdo gástrico e detecte a presença de refluxo – o movimento atrasado do conteúdo gástrico no esôfago.

  1. Determinação da presença de bactérias Helicobacter Pylori
  2. FGDs – Fibrogastroduodenoscopia.
  3. Estudo ácido-péptico-fluoroscopia refluxo-gastroesofágica (teste MNI)

É importante entender que apenas um médico pode diagnosticar gastrite com baixa acidez com base em um exame abrangente do paciente. O apelo a um especialista no tempo ajudará a evitar complicações e tomar medidas para combater a doença.

Tratamento da gastrite com baixa acidez

O tratamento da gastrite com acidez reduzida visa aumentar o nível de acidez no estômago, reduzindo a resposta inflamatória da membrana mucosa e melhorando os processos metabólicos no corpo.

O principal método de tratamento é a dieta, é necessário excluir da dieta frita, gordurosa e picante, além de café, álcool, bebidas de refrigerante e produtos que podem provocar dificuldades digestivas. Recomend a-se refeições frequentes, mas pequenas, produtos vegetais e laticínios, refeições leves.

Para aumentar o nível de acidez, são utilizados ácido clorídrico e seus preparativos, também são prescritos as preparações enzimáticas. Tomar medicamentos deve ser tomado apenas conforme prescrito por um médico, levando em consideração as características individuais do paciente e o grau da doença.

Uma parte importante do tratamento da gastrite com acidez reduzida – conformidade com o regime diário, um nível suficiente de atividade física e a ausência de situações estressantes. Também é necessário deixar de fumar, o que afeta negativamente a condição da mucosa gástrica.

No entanto, a auto-medicação da gastrite com acidez reduzida pode levar ao efeito oposto, à deterioração da saúde e ao aparecimento de complicações, por isso é melhor consultar um médico e seguir suas recomendações.

Prevenção de gastrite com acidez reduzida

Você está preocupado com sua saúde e deseja impedir o possível desenvolvimento de gastrite com acidez reduzida? Siga algumas recomendações simples de prevenção:

  • Observe sua dieta: coma alimentos ricos em proteínas, coma frutas e legumes com frequência, evite alimentos gordurosos, fritos, defumados e picantes.
  • Desista de maus hábitos: não use álcool e nicotina.
  • Exercício regularmente: a atividade física ajudará a fortalecer a condição geral do corpo e melhorar o funcionamento de todos os órgãos e sistemas, incluindo o trato gastrointestinal.
  • Beba mais água: beber água suficiente ajuda a normalizar processos digestivos e evita a desidratação, o que geralmente é a causa de doenças do estômago.

Não se esqueça de exames médicos regulares e consultas com especialistas. Eles ajudarão a avaliar adequadamente o estado de sua saúde e, se necessário, fornecer recomendações para a prevenção de doenças do trato gastrointestinal, incluindo gastrite com baixa acidez.

Dieta para gastrite com baixa acidez

Descrição breve

A dieta em gastrite com acidez reduzida inclui alimentos que não irritam a mucosa gástrica e não contribuem para sua inflamação. Recomend a-se comer comida em pequenas porções e não comer antes de dormir.

Alimentos recomendados

  • Pratos cozidos no vapor e carne sem gordura (frango, peru, coelho).
  • Mingau na água (trigo sarraceno, arroz, aveia).
  • Batatas fritas ou assadas no forno.
  • Vegetais (cenouras, brócolis, couv e-flor, abóbora).
  • Frutas (maçãs, bananas, kiwi, peras).
  • Pão de centeio.
  • Produtos lácteos azedos (kefir, iogurte).
  • Ovos (não mais que um por dia).

Evitar

  • Alimentos fritos, gordurosos e picantes.
  • Alimentos enlatados e em conserva.
  • Café, chás fortes e bebidas carbonatadas.
  • Chocolate, manteiga e creme.
  • Especiarias e especiarias.
Café da manhã Aveia na água, banana, chá sem açúcar.
Lanche Maçã.
Almoço Mingau de trigo sarraceno com frango cozido no vapor, cenoura cozida, compota de frutas secas.
Lanche Iogurte.
Jantar Batatas assadas com abóbora, costeleta de peru, salada de legumes frescos, compota de baga.
Antes de ir para a cama Kefir.

Não se esqueça de que a dieta é apenas um componente do tratamento da gastrite com baixa acidez. Também é necessário seguir as recomendações do médico e tomar os medicamentos que ele prescreve.

Características de nutrição na gastrite com acidez reduzida

A gastrite com acidez reduzida é frequentemente associada a uma violação do sistema digestivo; portanto, a nutrição adequada é um dos componentes importantes do tratamento e prevenção desta doença.

Primeiro de tudo, é recomendável se recusar a comer produtos gordurosos, fritos, picantes, defumados e salgados que podem piorar a condição da mucosa gástrica, causando dor, azia e desconforto.

A dieta para gastrite com acidez reduzida deve incluir um complexo de vitaminas e alimentos de proteínas que contêm os aminoácidos necessários para o corpo. Recomend a-se consumir frutas e vegetais ricos em fibras, o que promove uma melhor digestão dos alimentos. No entanto, as frutas devem ser consumidas separadamente das refeições principais, pois são digeridas muito rapidamente e podem causar dor.

Para uma melhor digestão dos alimentos, é recomendável beber água morna, o que ajuda a suavizar os alimentos e diger i-la mais rapidamente. Recomenda-se comer alimentos em pequenas porções 5-6 vezes ao dia para uma absorção mais completa e eficaz de nutrientes.

  • Recomendações nutricionais básicas:
    • consumir alimentos proteicos;
    • Evite alimentos gordurosos, fritos, picantes, defumados e salgados;
    • incluir um complexo de vitaminas na dieta;
    • Coma pequenas porções de comida 5-6 vezes ao dia;
    • beba água morna;
    • Evite comer frutas durante as refeições principais.

    Após a dieta correta, você pode melhorar o trabalho do sistema digestivo e minimizar os riscos de complicações na gastrite com baixa acidez.

    O que pode ser consumido com gastrite com acidez reduzida

    Vegetais

    Os vegetais são uma excelente opção para pessoas que sofrem de gastrite com acidez reduzida. Recomend a-se consumir vegetais verdes como espinafre, alface, couve, repolho, couve de Bruxelas, endro e salsa. Além disso, você também pode incluir abóbora, brócolis e couv e-flor em sua dieta, pois são baixas em calorias e ricas em vitaminas.

    Frutas

    Recomend a-se que os frutos ricos em fibras e ricos em nutrientes, como maçãs, peras, bananas e figos, sejam consumidos em pequenas quantidades para gastrite com baixa acidez. Além disso, frutas suculentas como abacaxi, mangas e morangos também podem ser incluídas na dieta.

    Proteína

    Na gastrite com baixa acidez, é necessário consumir proteínas, pois contém aminoácidos necessários para a cura dos tecidos estomacais danificados. Recomend a-se consumir aves, peixes e laticínios. É importante escolher alimentos com pouca gordura para evitar possíveis problemas digestivos.

    Cereais e cereais

    Cereais e cereais são ricos em fibras, o que ajuda a melhorar a digestão. Recomend a-se consumir arroz, aveia, milho, cevada e milho. Você também pode incluir pão integral, bolachas e torradas em sua dieta.

    Produtos lácteos azedos

    Produtos lácteos azedos

    Os produtos lácteos azedos contêm probióticos que podem ajudar a tratar a gastrite com acidez reduzida. Recomenda-se consumir iogurte, kefir, queijo cottage e queijo com baixo teor de gordura. É importante evitar produtos lácteos fermentados que podem causar azia, como creme de leite e creme de leite.

    Dieta aproximada para gastrite com acidez reduzida: BreakfastLunchdinnernack

    Ovos cozidos, torradas integrais, frutas
    Peito de frango, salada de legumes, arroz
    Peixe cozido no vapor, legumes ao lado, um pedaço de pão preto.
    Maçã, queijo cottage

    É importante lembrar que, na gastrite com baixa acidez, é necessário evitar alimentos gordurosos, picantes e defumados. Recomend a-se comer pequenas porções de comida durante o dia e não comer antes de ir para a cama.

    O que não deve ser consumido com gastrite com acidez reduzida?

    A gastrite com acidez reduzida é uma doença do estômago, na qual as funções digestivas do corpo são perturbadas. É importante perceber que, para essas pessoas, a nutrição é um pont o-chave que pode afetar bastante sua qualidade de vida. Para evitar o agravamento de problemas gástricos, você precisa saber quais alimentos são melhores para excluir da sua dieta.

    Antes de considerarmos a lista de produtos que não devem ser consumidos com gastrite com acidez reduzida, vale a pena notar que cada caso é diferente e a lista ideal de produtos para uma pessoa pode não ser adequada para outra.

    No entanto, em geral, abaixo está uma lista dos principais produtos que são melhores para não consumir em gastrite com acidez reduzida:

    • Café e chá – as bebidas estimulam fortemente o estômago e podem levar à deterioração de suas funções.
    • O álcool – promove a inflamação da mucosa gástrica, o que leva a uma diminuição da acidez.
    • Alimentos gordurosos e alimentos fritos – carregam fortemente o estômago e podem levar a uma sensação de peso e desconforto.
    • Alimentos enlatados e salgados – contêm substâncias nocivas que podem afetar negativamente a função do estômago.
    • Doces, doces e chocolate – promova o desenvolvimento da flora putrefativa no estômago e podem levar a uma sensação de peso e flatulência.

    É importante lembrar que todo corpo é diferente e doenças gástricas não são exceção. Portanto, se você for diagnosticado com gastrite com acidez reduzida, precisará seguir certas regras alimentares e consultar um especialista.

    Quais produtos aumentam a acidez no estômago?

    Com gastrite com acidez reduzida, é importante escolher a dieta certa. Alguns produtos não podem apenas contribuir, mas também pioram o trabalho do estômago, reduzindo a produção de ácido. Os seguintes componentes da dieta podem aumentar a acidez no estômago:

    • Carne e peixe. Eles são ricos em proteínas, o que estimula o estômago a produzir ácido. No entanto, dev e-se notar que carnes e peixes gordurosos podem causar azia e piorar a acidez, mesmo em pessoas saudáveis.
    • Produtos lácteos fermentados. Kefir, iogurte e queijo cottage contêm ácido lático, o que pode ajudar a restaurar a acidez normal no estômago.
    • Frutas e bagas. Limões, toranja, cranberries e vinho tinto também podem aumentar a acidez. No entanto, frutas e bagas muito ácidas podem causar desconforto e não devem ser consumidas em grandes quantidades.

    Além disso, vale a pena notar que alguns vegetais, como tomate e pimentão, também podem aumentar a acidez no estômago. No entanto, eles também contêm vitaminas e substâncias benéficas; portanto, seu consumo pode ser limitado, mas não completamente excluído.

    Alimentos que aumentam a acidez nos altos estômago que diminuem a acidez no estômago

    Carne e peixe Mingau na água
    Produtos lácteos azedos Pão feito de farinha de trigo integral
    Frutas e bagas Vegetais (brócolis, batatas, cenouras)

    Quais alimentos ajudam a reduzir a acidez no estômago?

    Quais produtos ajudam a reduzir a acidez no estômago?

    Na gastrite com acidez reduzida, a dieta desempenha um papel fundamental na redução dos sintomas e na melhoria da saúde gastrointestinal. Ao projetar seu menu, é importante ter em mente que vários alimentos podem reduzir a acidez no estômago, aliviando assim os sintomas.

    Alimentos ricos em amido: trigo, batatas, cevada, arroz, aveia, milho, grama do Sudão e outros alimentos ricos em amido. Eles formam substâncias alcalinas que podem reduzir a acidez no estômago.

    Frutas e vegetais: ruibarbo, repolho, pepino, berinjela e abóbora, além de frutas macias, como bananas, pêssegos, peras, figos e maçãs, podem reduzir a acidez no estômago.

    POUTA GORT: Quando você tem gastrite com baixa acidez, precisa limitar a ingestão de gorduras em sua dieta. Peixe, carne de frango, peru, carne de porco magra, leite desnatado e iogurte podem ser a base da dieta.

    Fluidos: A acidez no estômago pode ser reduzida aumentando a ingestão de líquidos. Recomenda-se beber pelo menos 1, 5-2 litros por dia para reduzir a acidez.

    Tente excluir dos alimentos dietéticos que podem agravar os sintomas da gastrite com acidez reduzida: alimentos gordurosos e fritos, vegetais crus e frutas ricos em fibras, álcool, bebidas carbonatadas e café.

    Compilar uma dieta para gastrite com acidez reduzida: o que deve ser levado em consideração?

    Com gastrite com acidez reduzida, é recomendável monitorar o equilíbrio ácido-alcalino de alimentos. Isso se deve ao fato de que os alimentos que são digeridos sem a formação de ácido podem levar à falta de suco gástrico. Para escolher a dieta certa, primeiro vale a pena prestar atenção às restrições a certos alimentos.

    • Doces: o açúcar e os pratos doces devem ser eliminados ou minimizados. No entanto, o xarope de cacto ou a frutose pode ser usado em quantidades limitadas.
    • Produtos de pão e farinha: é recomendável adicionar apenas frutas que podem comer e de produtos de farinha, é melhor escolher aquelas feitas de farinha de grãos integrais.
    • Produtos lácteos: para o fato de ser recomendável usar apenas produtos lácteos fermentados leves com baixo teor de gordura, também deve-se notar que dos produtos proibidos devem ser excluídos queijo cottage, kefir e ryazhenka, pois podem afetar adversamente o ácido-Equilíbrio alcalino.
    • FRUITAS: Os atolamentos e os compossões também são melhores de não usar, e as bebidas de frutas podem ser bebidas apenas selecionadas e em quantidades limitadas.
    • Pratos cozidos no vapor: os médicos recomendam pratos cozidos no vapor, pois são mais fáceis de digerir e menos estressantes no estômago.

    Lembr e-se de que os alimentos comuns podem afetar bastante a saúde da gastrite com baixa acidez. Seguir as recomendações sobre a composição da dieta ajudará a melhorar notavelmente o bem-estar e evitar consequências desagradáveis. Além disso, é recomendável monitorar a frequência das refeições e não comer demais, pois isso pode levar à irritação do estômago e ameaçar sua saúde.

    Recomendações importantes para o tratamento da gastrite com acidez reduzida

    Recomendações importantes para o tratamento da gastrite com acidez reduzida

    A gastrite com acidez reduzida é uma doença crônica que requer tratamento a longo prazo e complexo. Embora os sintomas possam ser sutis, essa forma de gastrite pode levar a complicações graves, como gastrite atrófica e até câncer de estômago.

    O principal princípio do tratamento da gastrite com acidez reduzida é normalizar o nível de ácido estomacal. Isso pode exigir tomar medicamentos que aumentem a acidez do estômago ou promovam sua produção natural.

    A dieta também é um componente importante do tratamento. Na gastrite com acidez reduzida, é necessário evitar alimentos picantes, gordurosos, defumados e enlatados, bem como produtos que promovem a produção de muco no estômago. A dieta deve incluir alimentos ricos em proteínas, mas facilmente digeríveis, como frango ou peru, peixe, ovos e queijo cottage. Também é recomendável comer frutas e vegetais, mas não muito ácido.

    Finalmente, para tratar efetivamente a gastrite com baixa acidez, é importante não apenas seguir as recomendações para dieta e medicação, mas também esquecer os princípios básicos de um estilo de vida saudável. O consumo regular de álcool, tabagismo, estresse e falta de sono pode piorar a condição do estômago e dificultar o tratamento da gastrite.

    Métodos populares de tratamento de gastrite com baixa acidez

    Consumo de alimentos que aumentam a acidez do estômago

    Consumo de produtos que aumentam a acidez do estômago

    Em caso de baixa acidez, é recomendável consumir alimentos que contribuem para o seu aumento. Esses produtos incluem:

    • frutas e bagas (maçãs, framboesas, cerejas, romã, etc.);
    • Chucrute;
    • sucos (limão, toranja);
    • pimenta (preto e vermelho);
    • trigo sarraceno e legumes.

    No entanto, você não deve abusar desses produtos, pois o excesso de ácido também pode afetar negativamente a condição do estômago.

    Uso de substitutos do suco gástrico

    Para melhorar a digestão, é recomendável usar medicamentos que substituem o suco gástrico. Tais preparativos incluem:

    • Ácido málico;
    • Ácido Cítrico;
    • Ácido clorídrico;
    • Pepsina;
    • Enzimas biliares.

    No entanto, antes de usar esses medicamentos, é necessário consultar um médico para evitar efeitos e complicações colaterais.

    Evitando alimentos que irritam a mucosa gástrica

    É importante evitar alimentos que possam irritar a mucosa gástrica e piorar a condição na gastrite com baixa acidez. Esses alimentos incluem pratos picantes, alimentos gordurosos e fritos, álcool, café, chocolate e produtos lácteos fermentados.

    Também é necessário observar os tamanhos das porções e comer regularmente alimentos em pequenas quantidades, para que não ocorra o agravamento da condição de gastrite com acidez reduzida.

    Quando ver um médico para gastrite com acidez reduzida

    A baixa gastrite da acidez pode ser a causa de sintomas desagradáveis, como dores no estômago, dispepsia e sensações incomuns no estômago após comer. Se você perceber esses sintomas, não deve hesitar e consultar um médico imediatamente para obter ajuda especializada.

    Se você perceber os seguintes sintomas, pode ser um sinal de desenvolvimento de gastrite com acidez reduzida:

    • constipação e diarréia;
    • dor definitiva no estômago;
    • peso no estômago após as refeições;
    • fraqueza e fadiga;
    • azia e arrota.

    Se esses sintomas não desaparecerem dentro de alguns dias, é um sinal infeliz. O médico pode prescrever terapia sintomática e recomendar certos alimentos que melhorarão sua condição. Além disso, se necessário, testes instrumentais podem ser realizados.

    Q & amp; A:

    Quais sintomas indicam gastrite com acidez reduzida?

    Os principais sinais de gastrite com acidez reduzida incluem: peso após comer, arrotar ar, constipação, uma sensação de estômago transbordante, insatisfação após comer, dor no estômago, presença de muco nas fezes.

    Que tipo de dieta é recomendada para gastrite com acidez reduzida?

    Na gastrite com acidez reduzida, é recomendável seguir a dieta nº 1, que prevê o uso de facilmente digerível, não irritando a membrana mucosa dos produtos estomacais: produtos lácteos, caldos fracos, purê de vegetais e frutas, carne magra e peixe, mingau, sopas líquidas.

    Quais medicamentos são usados no tratamento da gastrite com acidez reduzida?

    Para tratar a gastrite com acidez reduzida, são utilizados medicamentos que aumentam a acidez do suco gástrico: pancreatina, gastromax, ácido clorídrico. Os antibióticos também podem ser prescritos para combater infecções que podem causar gastrite.

    Com que frequência você deve seguir uma dieta para gastrite com baixa acidez?

    Na gastrite com baixa acidez, deve-se seguir a dieta alimentar até o desaparecimento dos sintomas. Depois, você poderá introduzir gradativamente novos produtos na dieta, com cautela e levando em consideração a tolerância individual.

    Quais produtos devem ser excluídos da dieta alimentar na gastrite com baixa acidez?

    Na gastrite com baixa acidez devem ser excluídos da dieta alimentos condimentados, fritos, gordurosos e enlatados, chá e café fortes, álcool, refrigerantes, chocolate, fast food. Recomenda-se também limitar o consumo de alimentos que contenham grande quantidade de fibras e fibras grossas.

    Que sensações desagradáveis ​​podem ocorrer na gastrite com acidez reduzida?

    Na gastrite com baixa acidez podem ocorrer sensações desagradáveis, como peso e desconforto no estômago, sensação de “supersaturação” após comer, distúrbios nas fezes, arrotos, dor de estômago, azia.

    É possível consumir álcool na gastrite com baixa acidez?

    Na gastrite com baixa acidez, não é recomendado o consumo de álcool, pois irrita a mucosa do estômago e pode agravar os sintomas da doença. Além disso, o álcool pode causar aumento do nível de acidez do suco gástrico, o que é indesejável na gastrite com baixa acidez.

    Que fatores podem provocar o desenvolvimento de gastrite com baixa acidez?

    Fatores como estresse, dieta irregular, consumo de grandes quantidades de alimentos gordurosos e fritos, distúrbios do sistema digestivo, grupo sanguíneo 1 ou 4, distúrbios da tireoide, infecções freqüentes do trato gastrointestinal podem levar ao desenvolvimento de gastrite com acidez reduzida.