Exame bacteriológico das fezes: como é realizado e o que mostra

Um teste bacteriológico fecal é realizado para detectar a presença e os tipos de bactérias que podem levar a doenças intestinais. Aprenda sobre o procedimento e a preparação para o teste.

O teste bacteriológico fecal é um dos procedimentos mais importantes realizados em um laboratório de microbiologia. Ele permite determinar a presença de várias bactérias no intestino, além de identificar a possível causa da doença.

Se o paciente reclamar de distúrbios das fezes, sofre de dor abdominal, o médico prescrev e-lhe um estudo bacteriológico das fezes. Esse estudo também é necessário ao detectar alterações patológicas no intestino por colonoscopia ou retoanoscopia.

A preparação para a análise microbiológica do fluido do intestino requer atenção e aderência especiais a todas as recomendações. Os médicos podem fornecer ao paciente instruções diferentes sobre como se preparar para a análise. Mas, de qualquer forma, medicamentos, antibióticos, laxantes e alimentos que podem interferir na análise devem ser excluídos da dieta.

Se o teste for realizado corretamente, você poderá obter um resultado bastante preciso que possa ajudar os médicos a determinar o tratamento e levar o paciente a um estado saudável. Em caso de doenças intestinais, não adie uma visita ao médico e não se trate por conta própria. É necessário consultar um especialista no tempo e passar por testes para bactérias nas fezes.

Contents
  1. Exame bacteriológico das fezes: tudo o que você precisa saber
  2. Propósito
  3. Preparação
  4. Resultados
  5. Conclusão
  6. Vídeo sobre o assunto:
  7. Atribuição de exame bacteriológico das fezes
  8. Como se preparar para a coleção de fezes para exame bacteriológico?
  9. Pergunta e resposta:
  10. Por que é realizado um estudo bacteriológico das fezes?
  11. Como se preparar para um exame bacteriológico fecal?
  12. O que os resultados da análise bacteriológica fecal podem mostrar?
  13. Que bactérias podem ser detectadas em um teste bacteriológico fecal?
  14. Com que frequência devem ser realizados testes bacteriológicos fecais?
  15. Os testes bacteriológicos fecais podem ajudar a diagnosticar outras doenças intestinais?
  16. Qual é o processo de análise bacteriológica fecal em laboratório?
  17. Quais fatores podem afetar os resultados de um exame bacteriológico fecal?
  18. Como as fezes são coletadas e transportadas para o laboratório?
  19. Preparação para a coleção de fezes
  20. Como coletar fezes para o estudo?
  21. Como transportar fezes para o laboratório?
  22. Frequência do exame bacteriológico das fezes
  23. Quais doenças podem ser detectadas pelo exame bacteriológico de fezes
  24. O que fazer se o estudo bacteriológico das fezes revelasse a presença de bactérias?
  25. Exame bacteriológico das fezes: Quais bactérias podem ser detectadas?
  26. Os resultados do exame bacteriológico das fezes: como entend ê-las?
  27. Riscos de recusar um exame bacteriológico fecal
  28. Características do exame bacteriológico de fezes em crianças
  29. Quais medicamentos devem ser descontinuados antes de um teste bacteriológico fecal?
  30. É possível realizar um estudo bacteriológico de fezes em casa?
  31. Exame bacteriológico das fezes: vale a pena ter medo de doenças?
  32. Como o custo do exame bacteriológico fecal é calculado?
  33. Onde posso fazer fezes para exame bacteriológico?
  34. Outros métodos de exame fecal, além do exame bacteriológico
  35. Análise coprológica
  36. Análise clínica de fezes
  37. Análise fecal bioquímica
  38. Como posso reduzir o risco de doença se um exame bacteriológico fecal mostrar a presença de bactérias?

Exame bacteriológico das fezes: tudo o que você precisa saber

Propósito

O exame bacteriológico das fezes é um estudo obrigatório que ajuda a identificar a presença de bactérias patogênicas no intestino de uma pessoa. Tais bactérias podem causar doenças graves, como salmonelose, disenteria, botulismo e outras. Com base nos resultados do estudo bacteriológico das fezes, os médicos determinam o melhor tratamento para o paciente.

Você usa lentes de contato?
Não, fiz uma cirurgia de correção de visão.
Não, eu tenho uma boa visão

Preparação

Preparação

A preparação para testes bacteriológicos fecais requer certas etapas. A ingestão de refeições deve ser parada 12 horas antes da coleção de fezes. As fezes são coletadas em um recipiente limpo, que deve ser comprado de uma farmácia. O recipiente deve estar seco e limpo. Uma espátula especial, que geralmente vem com o recipiente, deve ser usada para coletar as fezes. Depois de coletar as fezes, o recipiente deve ser coberto com uma tampa e colocado na geladeira.

Resultados

Os resultados de um exame bacteriológico fecal geralmente estão prontos em 3-5 dias. O médico recebe um relatório detalhado que contém informações sobre a presença e o número de bactérias na amostra das fezes. Com base nesses dados, os médicos podem prescrever o tratamento adequado. Se esses dados forem patológicos, o médico prescreverá testes adicionais para um diagnóstico mais preciso.

Conclusão

O estudo bacteriológico das fezes é um estudo importante que ajuda a identificar a presença de bactérias na flora intestinal de uma pessoa. É especialmente importante realizar este estudo para pessoas que têm problemas digestivos ou queixas de dor abdominal. Seguindo as instruções do médico e se preparando adequadamente para a coleta de material, você pode obter resultados precisos do exame bacteriológico fecal, que ajudará os médicos a escolher o melhor tratamento para cada paciente.

Vídeo sobre o assunto:

Atribuição de exame bacteriológico das fezes

O estudo bacteriológico das fezes é um procedimento diagnóstico importante que permite identificar a presença ou ausência de bactérias patogênicas no intestino do paciente.

O principal objetivo deste estudo é estabelecer a causa de doenças gastrointestinais, bem como avaliar a eficácia do tratamento.

Os resultados do teste bacteriológico ajudam o médico a determinar o regime de tratamento adequado e selecionar os antibióticos apropriados para um tratamento mais eficaz da doença infecciosa intestinal.

  • Alguns outros propósitos do estudo são:
  • – Eficácia do curso de antibióticos e outros medicamentos em doenças relacionadas à microflora intestinal;
  • – Identificação de infecções bacterianas associadas a intoxicação alimentar, disenteria e tifóide;
  • – estudar a microflora intestinal e determinar o risco de disbacteriose;
  • – Monitorando a eficácia do tratamento de infecções intestinais após o tratamento.

Como se preparar para a coleção de fezes para exame bacteriológico?

Para obter resultados confiáveis do exame bacteriológico, é necessário se preparar adequadamente para a coleta fecal. É importante seguir as instruções e recomendações da equipe médica.

1. Observe medidas higiênicas. Antes de coletar fezes, você deve lavar bem as mãos com água e sabão para evitar a introdução de microorganismos estranhos na amostra.

2 Evite tomar medicamentos. Os medicamentos podem afetar a composição das fezes e distorcer os resultados do teste. Se for necessário medicamento, verifique com o seu médico sobre como isso pode afetar o teste.

3. Colete a parte central das fezes em um recipiente limpo. Use um recipiente de uso médico disponível em uma farmácia para coletar as fezes. Colete a porção central das fezes sem entrar em contato com a superfície do vaso sanitário para evitar contaminar a amostra.

4. Cubra o recipiente com uma tampa e leve-o ao laboratório em até 2 horas. Armazenar a amostra por mais de 2 horas pode causar uma alteração na composição fecal e distorcer os resultados da análise. É importante levar a amostra ao laboratório o mais rápido possível.

O cumprimento dessas recomendações simples ajudará a obter resultados confiáveis ​​do exame bacteriológico fecal e a iniciar o tratamento em tempo hábil.

Pergunta e resposta:

Por que é realizado um estudo bacteriológico das fezes?

O exame bacteriológico fecal é prescrito para identificar a presença e o tipo de infecção bacteriana no sistema intestinal. Isso ajuda a determinar a causa da doença e prescrever o tratamento adequado.

Como se preparar para um exame bacteriológico fecal?

Para obter resultados precisos do estudo, é necessário um preparo especial. É necessária a coleta da porção matinal das fezes em recipiente limpo, previamente lavado o intestino e abstendo-se de comer 8 a 12 horas antes da coleta.

O que os resultados da análise bacteriológica fecal podem mostrar?

Os resultados do teste podem mostrar a presença de bactérias nas fezes, indicando uma infecção bacteriana. Os resultados também podem determinar o tipo e o número de bactérias, o que pode ajudar a decidir se antibióticos devem ser prescritos.

Que bactérias podem ser detectadas em um teste bacteriológico fecal?

Vários tipos de bactérias podem ser detectados em um exame fecal, incluindo salmonela, shigella, E. coli e outras.

Com que frequência devem ser realizados testes bacteriológicos fecais?

A frequência dos testes depende do risco de infecção bacteriana. Geralmente o exame é solicitado em caso de suspeita de infecção ou antes de uma cirurgia intestinal.

Os testes bacteriológicos fecais podem ajudar a diagnosticar outras doenças intestinais?

Embora o teste bacteriológico fecal seja realizado principalmente para determinar a presença de uma infecção bacteriana, ele pode detectar outras patologias intestinais, como doença de Crohn, colite ulcerativa e outras.

Qual é o processo de análise bacteriológica fecal em laboratório?

No laboratório, as fezes são diluídas e colocadas em um meio especial para cultivar bactérias. A mistura é então colocada em uma incubadora para o crescimento bacteriano. As colônias bacterianas são analisadas sob um microscópio e as espécies e o número de bactérias encontradas são determinadas.

Quais fatores podem afetar os resultados de um exame bacteriológico fecal?

A preparação para o teste, armazenamento e transporte da amostra e o uso de antibióticos antes da coleta das fezes podem afetar a precisão dos resultados do teste.

Como as fezes são coletadas e transportadas para o laboratório?

Como é a coleção de fezes e seu transporte para o laboratório?

Preparação para a coleção de fezes

Preparação para coleção fecal

Para obter resultados precisos da análise bacteriológica das fezes, é necessário se preparar adequadamente para a coleta de material. Alguns dias antes do estudo, é recomendável excluir da dieta quaisquer medicamentos que possam afetar a composição das fezes. Também é importante não usar laxantes, medicamentos urotrópicos ou hemostáticos antes de coletar fezes.

Como coletar fezes para o estudo?

Um recipiente estéril especial deve ser usado para coletar fezes. Você pode compr á-lo em uma farmácia ou obt ê-lo de um laboratório. Antes de coletar fezes, é necessário enxaguar completamente o ânus com água morna. Colete fezes diretamente no contêiner, tente não coletar urina. Se você usa laxantes, vale a pena repetir a coleção fecal após 2-3 dias, para que a coleção de material seja o mais precisa possível.

Como transportar fezes para o laboratório?

Após a coleta, as fezes devem ser transportadas o mais rápido possível para o laboratório para análises adicionais. O recipiente com o material deve ser armazenado na geladeira, anteriormente coberta com uma tampa.

Ao transportar o material, o contato prolongado com oxigênio e alta temperatura deve ser evitado. Um serviço de correio médico pode ser usado para entregar fezes ao laboratório.

Frequência do exame bacteriológico das fezes

O exame bacteriológico das fezes é um procedimento necessário que permite determinar a presença de microorganismos patogênicos em amostras fecais. Sua frequência depende de muitos fatores, como estado de saúde, idade do paciente, presença de sintomas, tipo de doença etc.

Para pacientes com doenças gastroenterológicas que visitam regularmente um médico, o exame bacteriológico fecal é realizado várias vezes por ano. Isso permite monitorar a eficácia do tratamento e tomar medidas oportunas em caso de deterioração da saúde.

Além disso, o exame bacteriológico fecal pode ser prescrito para pacientes que gostam de culinária exótica, viajam ao exterior ou trabalham no setor de alimentação. Nesses casos, o teste é realizado uma ou duas vezes por ano para prevenir possíveis infecções e doenças.

Porém, se o paciente apresentar sinais específicos (por exemplo, diarreia prolongada ou febre), um exame bacteriológico fecal pode ser realizado independentemente da regularidade desse procedimento.

Quais doenças podem ser detectadas pelo exame bacteriológico de fezes

O exame bacteriológico fecal é um diagnóstico laboratorial que permite determinar a presença de bactérias no intestino. Este estudo ajuda a identificar infecções bacterianas que podem causar diversas doenças em humanos.

  1. Salmonelose: uma infecção bacteriana que causa diarreia intensa, vômitos, dor abdominal e aumento da temperatura corporal.
  2. Shigelose: doença que se apresenta com fortes dores abdominais, diarreia com sangue e febre.
  3. Campilobacteriose: uma infecção bacteriana que causa diarreia, dor abdominal e dor de cabeça.
  4. Infecção intestinal: é uma doença causada por diversas bactérias patogênicas e que se manifesta por diarreia, vômito, dor abdominal e febre.

Um exame bacteriológico fecal também pode revelar a presença de outras bactérias, como E. coli e outros microrganismos que podem causar problemas digestivos em humanos.

É importante observar que os testes bacteriológicos fecais não determinam completamente a causa da doença; portanto, após receber os resultados, você deve consultar um médico para obter uma opinião profissional e prescrever o tratamento, se necessário.

O que fazer se o estudo bacteriológico das fezes revelasse a presença de bactérias?

Se o seu exame bacteriológico fecal detectou bactérias, pode indicar a presença de uma infecção nos intestinos. Nessa situação, é necessário consultar um médico, que prescreverá o tratamento com base nos resultados específicos do estudo e nas manifestações clínicas da doença.

Para uma terapia eficaz, é extremamente importante identificar a sensibilidade das bactérias aos antibióticos. Ao mesmo tempo, é preciso lembrar dos possíveis efeitos colaterais do uso de antibióticos e seguir todas as recomendações do médico para seu uso.

Além disso, se as bactérias forem detectadas nas fezes, vale a pena prestar atenção à higiene pessoal, especialmente em termos de lavagem das mãos após o uso do banheiro e antes de comer. Isso impedirá a infecção de outros e a recorrência da doença.

  • Entre em contato com seu médico para tratamento;
  • Descubra a sensibilidade das bactérias aos antibióticos;
  • Siga todas as recomendações do seu médico para uso de antibióticos;
  • Preste atenção à higiene pessoal, especialmente para lavar as mãos.

Vale lembrar que as bactérias podem ser transmitidas através de mãos sujas, comida, água e outras maneiras. Portanto, é extremamente importante seguir a higiene e evitar o contato com pessoas doentes.

Exame bacteriológico das fezes: Quais bactérias podem ser detectadas?

O teste bacteriológico fecal é um importante procedimento de diagnóstico que pode detectar várias bactérias no intestino e nas fezes de uma pessoa. Essa análise possibilita determinar as causas de doenças gastrointestinais e prescrever o tratamento adequado.

Durante o exame bacteriológico das fezes, vários tipos de bactérias podem ser detectados. As bactérias mais comuns nas fezes humanas são:

  • Escherichia coli (E. coli) são habitantes comuns do intestino, mas certas cepas de E. coli podem causar uma variedade de infecções gastrointestinais, incluindo diarréia e infecção intestinal.
  • Staphylococcus aureus é um grupo de bactérias que podem causar infecções de pele e feridas. Eles também podem causar infecções do trato urinário e brônquico.
  • Streptococcus é um grupo de bactérias que podem causar muitas doenças, incluindo dor de garganta, pneumonia e sepse.
  • Shigella é um grupo de bactérias que podem causar diarréia aquosa, infecção intestinal e outras doenças.

Além disso, outras bactérias, como Salmonella, Campylobacter que causam úlceras estomacais e colite ulcerosa também podem ser detectadas. Os resultados do exame bacteriológico fecal devem ser cuidadosamente analisados por um médico para prescrever o tratamento o mais rápido possível e trazer o corpo de volta ao normal.

Os resultados do exame bacteriológico das fezes: como entend ê-las?

Depois de conduzir um estudo bacteriológico das fezes, os resultados podem ser apresentados na forma de uma tabela que indica todos os microorganismos isolados e seu número em um grama de fezes.

Para determinar a norma ou desvios, é necessário entrar em contato com um médico especialista, que analisará todo o conjunto de indicadores e faça seu diagnóstico.

Se forem detectados patógenos, será prescrita terapia antibacteriana para ajudar a eliminar o processo infeccioso.

  • Para obter um resultado confiável, é necessário realizar a análise o mais rápido possível após a coleta de fezes
  • É importante lembrar que o resultado da análise não é um diagnóstico final
  • Certifique-se de seguir todas as recomendações do seu médico e passar por todos os testes adicionais

Anote todas as suas dúvidas e dúvidas e não deixe de discuti-las com um especialista, que o ajudará a entender os resultados e dará os conselhos necessários sobre um estilo de vida saudável.

Riscos de recusar um exame bacteriológico fecal

A não realização de um exame bacteriológico fecal pode levar a graves consequências para a saúde. Por exemplo, você pode perder o início de uma infecção que pode levar ao desenvolvimento de doenças como salmonelose, botulismo, campilobacteriose e outras. Sem tratamento oportuno, essas doenças podem levar a complicações, algumas das quais podem ser fatais.

Outra razão pela qual é importante realizar testes bacteriológicos fecais é que a infecção pode ser transferida para outras pessoas. A doença pode ser transmitida pelo contato com fezes ou alimentos se as práticas de higiene prescritas não forem seguidas.

Algumas doenças, como as hepatites virais A e E e a shigelose, podem permanecer no intestino por muito tempo sem causar sintomas visíveis. Isso significa que uma pessoa pode não saber que é portadora da doença e pode transmiti-la a outras pessoas se não for submetida a exames bacteriológicos fecais periódicos.

Em geral, a não realização de testes bacteriológicos fecais pode levar a consequências indesejáveis para a saúde, transmissão de doenças e potenciais valores médicos associados à falta de aviso do início da infecção e ao tratamento oportuno.

Características do exame bacteriológico de fezes em crianças

Características do estudo bacteriológico das fezes em crianças

O estudo bacteriológico de fezes em crianças apresenta diversas peculiaridades em relação ao mesmo estudo em adultos.

  • Para crianças pequenas é necessário utilizar recipientes especiais para coleta de fezes, pois podem necessitar do uso de absorventes ou fraldas.
  • A possibilidade de uma criança contrair infecções bacterianas deve ser considerada, por isso os pais devem garantir que as mãos e superfícies de contato de seus filhos estejam higiênicas.
  • As crianças pequenas nem sempre são capazes de explicar suas sensações e estado de saúde; portanto, os pais devem monitorar cuidadosamente os sintomas associados a distúrbios intestinais e relat á-los ao médico.

Os testes bacteriológicos fecais em crianças são realizados para o mesmo objetivo que em adultos – para detectar possíveis doenças infecciosas e determinar sua causa. Os resultados do estudo podem ajudar o médico a determinar a necessidade de prescrever terapia e a escolha de antibióticos no caso de infecção bacteriana.

O teste das fezes em crianças pode ser assustador e desagradável à primeira vista, mas é uma parte importante do diagnóstico e tratamento de pacientes jovens.

Quais medicamentos devem ser descontinuados antes de um teste bacteriológico fecal?

Antes de passar por uma análise fecal bacteriológica, é necessário cancelar a ingestão de antibióticos, pois eles podem distorcer os resultados do estudo e a detecção do agente causador da doença será difícil.

Também não use probióticos e medicamentos que afetam a microflora intestinal, como preparações de acidobactérias, bifidobactérias e lactobacilos. Esses medicamentos podem alterar o estado da microflora intestinal, que afetará os resultados do teste.

Se for necessário tomar medicamentos que não podem ser descontinuados, é imperativo informar o médico assistente. Por exemplo, heparina, aspirina, curantil e outros medicamentos que não afetam a microflora intestinal não afetarão os resultados do estudo.

Ao receber uma indicação para análise fecal, você deve sempre especificar quais medicamentos devem ser cancelados por alguns dias antes da análise, para não obter um resultado impreciso e não gastar tempo desnecessário para um segundo exame.

  • Conclusão: É importante evitar tomar antibióticos e medicamentos que afetam a microflora intestinal antes de passar por um teste bacteriológico fecal, a fim de obter um resultado confiável e não desperdiçar tempo desnecessário em um exame repetido.

É possível realizar um estudo bacteriológico de fezes em casa?

Infelizmente, é impossível realizar um estudo bacteriológico de fezes em casa. Para conduzir esse tipo de análise, é necessário ir a uma instituição médica, onde o teste será abordado por laboratórios especialmente equipados e pessoal altamente qualificado.

Além disso, para obter resultados confiáveis de testes, será necessária uma preparação especial para a análise, como uma dieta específica por vários dias antes do exame fecal. Além disso, é importante levar em consideração que o estudo bacteriológico das fezes deve ser realizado dentro do prazo estabelecido pelo médico.

Portanto, se você suspeitar de uma doença infecciosa relacionada ao trato gastrointestinal, recomend a-se entrar em contato com seu médico e obter recomendações para testes. Somente então você pode obter resultados confiáveis e escolher o tratamento necessário, dependendo da infecção bacteriana identificada.

Exame bacteriológico das fezes: vale a pena ter medo de doenças?

O exame bacteriológico fecal é um dos métodos mais populares para diagnosticar doenças do trato gastrointestinal. Muitas vezes, os pacientes têm medo de que os resultados do estudo possam mostrar a presença de doenças graves e perigosas. No entanto, vale lembrar que o estudo bacteriológico das fezes deve ser realizado não apenas se houver suspeita de uma doença infecciosa, mas também em outras patologias.

Os resultados de um exame bacteriológico fecal podem mostrar a presença de vários microorganismos, incluindo bactérias nocivas e micróbios benéficos. Os indicadores obtidos do estudo podem ajudar o médico a determinar quais medicamentos e medicamentos são necessários para tratar doenças e restaurar a microflora intestinal.

É importante observar que a presença de bactérias nas fezes nem sempre é um sinal de doença. Por exemplo, a doença celíaca ou a intolerância à lactose pode causar distúrbios digestivos, embora as bactérias nas fezes possam estar ausentes. Também vale a pena considerar que os microorganismos podem estar presentes no intestino de uma pessoa por toda a vida sem causar nenhuma doença.

Em geral, o estudo bacteriológico das fezes é um método importante para diagnosticar doenças digestivas. Vale lembrar que a presença de bactérias nas fezes nem sempre é um sinal de doença, e os resultados do estudo podem ajudar o médico a determinar o diagnóstico correto e a prescrever tratamento eficaz.

Como o custo do exame bacteriológico fecal é calculado?

O custo do exame bacteriológico fecal depende de muitos fatores, como o centro de laboratório selecionado, o complexo incluído na análise e a necessidade de estudos adicionais.

Ao solicitar um serviço, é necessário esclarecer quais testes estão incluídos no preço e quanto custa executar cada um deles. Alguns laboratórios oferecem descontos, dependendo do volume da ordem, da duração do exame e do status do paciente.

Além disso, o custo pode variar dependendo da região e da disponibilidade de laboratórios em cidades e pequenas cidades. Determine o custo exato da análise pode ser determinado após consultar os especialistas em laboratório e se familiarizar com suas listas de preços.

É importante levar em consideração que o estudo bacteriológico das fezes é uma análise necessária para muitas doenças e pode economizar uma vida; portanto, não economize dinheiro nesse procedimento.

Onde posso fazer fezes para exame bacteriológico?

As fezes para exame bacteriológico podem ser feitas em qualquer instituição médica que tenha um laboratório apropriado. Pode ser policlínicas, hospitais, laboratórios de centros médicos privados. Antes de enviar fezes, é necessário esclarecer todos os detalhes da instituição médica selecionada: o endereço e o horário de funcionamento do laboratório, os documentos necessários para a análise, seu custo etc.

É melhor fazer fezes para testes bacteriológicos em instituições médicas com boa reputação e experiência nessa área. Você também pode escolher um laboratório mais próximo de sua casa, para que seja conveniente e rápido para fazer o teste e obter os resultados em um curto período de tempo.

O teste bacteriológico fecal é um teste importante para identificar microorganismos que podem causar várias doenças. Em caso de sintomas ou se você simplesmente precisar monitorar sua saúde, entre em contato com seu médico, que lhe dirá onde você pode fazer um exame bacteriológico fecal e que outros testes devem ser realizados para um diagnóstico e tratamento adequados.

Outros métodos de exame fecal, além do exame bacteriológico

Análise coprológica

A análise coprológica é um estudo abrangente das fezes, incluindo a avaliação de sua consistência, cor, odor, gordura, amido, fibra, proteínas, açúcares, aminoácidos, vitaminas, minerais etc. Esse método permite detectar a presença de parasitas (ovos, larvas, cistos), fungos, vírus, sangue, muco, ácidos graxos, enzimas, impurezas patológicas e outras anormalidades. A análise coprológica é realizada para diagnosticar doenças do trato gastrointestinal, pancreatite, hepatite, oncologia e outras patologias

Análise clínica de fezes

A análise das fezes clínicas é um método mais simples e rápido de exame fecal, que permite determinar o nível de leucócitos, glóbulos vermelhos, hemoglobina, açúcar, bactérias, reação de endro. É usado para detectar a presença de processos inflamatórios, infecções, desequilíbrio da microflora e outras alterações no corpo. A análise fecal clínica pode ser prescrita tanto para estudos mais graves quanto para controle após um curso de tratamento.

Análise fecal bioquímica

A análise fecal bioquímica permite avaliar a composição de massas fecais e quantificar o conteúdo de várias substâncias: aminoácidos, ácidos graxos, carboidratos, minerais, água. Esse método de pesquisa é usado para monitorar o tratamento da pancreatite, colelitíase, síndrome do intestino irritável, alergias alimentares, etc. A análise bioquímica das fezes pode ajudar a identificar distúrbios nos órgãos digestivos e metabólicos.

Como posso reduzir o risco de doença se um exame bacteriológico fecal mostrar a presença de bactérias?

Se um teste bacteriológico fecal mostrar a presença de bactérias, pode indicar a presença de uma doença infecciosa. Para reduzir o risco de doença, várias medidas devem ser tomadas:

  • Observe higiene. Lave as mãos regularmente com água e sabão antes de comer e depois de usar o banheiro.
  • Não se auto-medicate. Se você notar sintomas incomuns, não deixe de consultar um médico.
  • Beber grande quantidade de líquidos. Isso ajudará a limpar o corpo de toxinas.
  • Siga sua dieta. Evite alimentos gordurosos, picantes e salgados, bem como álcool.
  • Tome antibióticos apenas conforme prescrito pelo seu médico. O uso inadequado de antibióticos pode levar a um aumento nas bactérias e ao desenvolvimento de resistência a antibióticos.

Lembr e-se de que a presença de bactérias apenas nas fezes não é um diagnóstico completo. É necessário consultar um médico para esclarecer o diagnóstico e prescrever tratamento.