Dieta no tratamento da gastrite erosiva: uma lista de alimentos permitidos e proibidos

Aprenda sobre o que deve ser a dieta correta no tratamento da gastrite erosiva. Conselhos e recomendações de especialistas o ajudarão a lidar com esta doença e se livrar dos sintomas desagradáveis. Siga nossas recomendações e devolva sua saúde e conforto à sua vida!

A gastrite erosiva é uma doença do trato gastrointestinal, caracterizado pela inflamação da membrana mucosa do estômago. Os médicos prescrevem uma dieta para esta doença para reduzir o risco de exacerbação e retardar o desenvolvimento da doença.

A dieta para gastrite erosiva inclui algumas mudanças alimentares que ajudam a reduzir a acidez gástrica, reduzir a inflamação e saturar o corpo com as vitaminas e minerais necessários. No entanto, é muito importante compor competentemente a dieta para evitar o desconforto durante as refeições.

Neste artigo, informaremos quais produtos são recomendados para comer e quais devem ser excluídos da dieta com gastrite erosiva. Você aprenderá como seguir adequadamente a dieta para melhorar a condição do estômago e atender aos requisitos do médico.

Dieta em gastrite erosiva

O que é gastrite erosiva?

A gastrite erosiva é uma doença estomacal na qual úlceras e feridas se formam na membrana mucosa do estômago. Pode ser causado por muitos fatores, incluindo estresse, consumo de álcool, certos medicamentos e dieta ruim.

Como você se sente sobre o jejum de intervalo?
Positivo
Negativo
Neutro

Nutrição adequada para gastrite erosiva

A nutrição adequada é uma das maneiras mais eficazes de tratar a gastrite erosiva. Recomenda-se seguir uma dieta que inclua alimentos facilmente digeríveis e com baixo teor de gordura. É importante comer alimentos com frequência e em pequenas porções, para não sobrecarregar o estômago.

O que pode ser consumido com gastrite erosiva?

Na gastrite erosiva, é recomendável comer alimentos facilmente digeríveis, como queijo cottage, iogurte sem gordura, arroz branco, pão de trigo, filés de frango, peixe e frutas (exceto por frutas ácidas, como limões e pomelos).

Você também pode incluir na dieta de sopas magras, frango cozido e peixe, saladas de legumes com base em cenouras, abóbora, batatas, beterraba, repolho vermelho e verde.

O que deve ser excluído da dieta?

Na gastrite erosiva, alimentos gordurosos, defumados, condimentados e muito salgados devem ser excluídos da dieta. Além disso, é necessário reduzir o consumo de café, álcool, confeitaria, pão preto, batata e pratos de carne gordurosa. Você também deve limitar o consumo de manteiga clarificada.

  • Não é recomendado consumir: linguiça defumada, peixe salgado, carne gordurosa, chucrute, além de frutas e bagas ácidas.
  • Tente evitar fast food e doces como chocolate e bolos.
  • Também é recomendado beber água com frequência e reduzir o consumo de bebidas carbonatadas, que podem irritar a mucosa do estômago.

A dieta na gastrite erosiva deve ser balanceada e conter quantidade suficiente de proteínas, carboidratos e gorduras. Também é importante monitorar o número de calorias consumidas e não comer demais antes de dormir.

O que afeta o desenvolvimento da gastrite erosiva

A gastrite erosiva é uma doença que se desenvolve devido a vários fatores. Um deles são vários produtos alimentícios.

Muitas vezes, as pessoas que comem alimentos gordurosos, fritos e condimentados desenvolvem gastrite erosiva. Além disso, o tabagismo e o consumo de álcool podem ser os motivos do desenvolvimento da doença.

Outro fator que aumenta o risco de desenvolver gastrite erosiva é o estresse. Estar sobrecarregado, não dormir o suficiente e seguir uma dieta desequilibrada podem causar doenças estomacais e intestinais.

Tomar regularmente certos medicamentos, como aspirina e certos tipos de antibióticos, também pode aumentar o risco de desenvolver gastrite erosiva.

Para proteger o estômago e reduzir o risco de gastrite erosiva, evite alimentos gordurosos, condimentados e fritos. É necessário reduzir o consumo de álcool e cigarro. Além disso, é recomendável reduzir o estresse e seguir a rotina diária.

As principais regras da dieta na gastrite erosiva

A dieta na gastrite erosiva deve ser suave para o estômago e conter todos os nutrientes necessários para manter a saúde. A seguir estão as regras básicas da dieta:

  • Exclua pratos picantes, gordurosos e defumados. Esses alimentos podem irritar a mucosa gástrica e causar dor e desconforto.
  • Reduza a quantidade de sal e açúcar. Muito sal e açúcar aumentam o risco de exacerbação da doença.
  • Consumir alimentos em pequenas porções. Isso reduzirá a carga no estômago e distribuirá mais uniformemente o emaranhado de alimentos por todo o esôfago.
  • Beber grande quantidade de líquidos. Água, água mineral não carbonada, chá verde ou chá de ervas podem ser bebidos sem restrições. Ao mesmo tempo, você deve evitar água carbonatada e bebidas doces.
  • Coma alimentos facilmente digeríveis. Frutas, legumes, laticínios, carne e peixe devem ser cozidos em uma forma macia e não deixar resíduos duros.
  • Evite álcool, café e chás fortes. Essas bebidas podem irritar o estômago e causar exacerbações da doença.

Seguindo essas regras básicas, você pode suportar com sucesso a luta com a gastrite erosiva e retornar a uma vida completa sem restrições e desconforto desnecessários.

O que você pode comer com gastrite erosiva

A dieta desempenha um papel importante no tratamento da gastrite erosiva. Tivela como objetivo reduzir a irritação e melhorar a cicatrização da mucosa gástrica. Aqui está uma lista de alimentos que você pode comer ao fazer dieta para gastrite erosiva.

  • Mingau – facilmente digerido e contém vitaminas e minerais necessários para a recuperação do corpo. Recomend a-se escolher portos de água, como arroz, trigo sarraceno e aveia.
  • Produtos lácteos – Fortaleça o sistema imunológico e forneça ao corpo proteínas essenciais. Recomend a-se consumir produtos lácteos fermentados, como kefir, iogurte, queijo cottage e ryazhenka.
  • As carnes magras são ricas em proteínas, necessárias para a recuperação do corpo. Carnes magras como frango, peru e coelho podem ser incluídas na dieta.
  • Peixe e frutos do mar – ricos em ácidos graxos ômeg a-3, que melhoram a cicatrização da mucosa gástrica. Recomend a-se consumir frutos do mar, como camarão e lula e peixe magro, como bacalhau, pikeperch e poleiro.
  • Frutas e vegetais são ricos em vitaminas e minerais. No entanto, é recomendável escolher aqueles que não causam maior acidez no estômago.

Certifiqu e-se de seguir as recomendações do seu médico e tente consumir alimentos em pequenas porções e com frequência. Isso ajudará a melhorar a condição do estômago e reduzir o risco de exacerbação da doença.

O que deve ser reduzido na dieta com gastrite erosiva

Para pacientes diagnosticados com gastrite erosiva, você deve limitar o consumo de alimentos picantes e gordurosos. Por exemplo, vale a pena reduzir alimentos fritos e gordurosos, como fast food, frango frito, carne bovina, batatas fritas e outros alimentos semelhantes.

Além disso, os pacientes são aconselhados a reduzir o consumo de café, chá, álcool, bebidas carbonatadas, sucos e outros líquidos ácidos que podem irritar a mucosa gástrica e causar sensações dolorosas.

Muitos pacientes com gastrite erosiva também lutam com o consumo de laticínios. Muitos laticínios, como manteiga, creme e queijos gordurosos, podem piorar os sintomas.

Assim, para reduzir os sintomas da gastrite erosiva, os pacientes devem reduzir a ingestão de alimentos gordurosos, alimentos ácidos e picantes e consumir produtos lácteos com moderação.

O que excluir da dieta em gastrite erosiva

Com a gastrite erosiva, você deve excluir completamente seus produtos dietéticos que podem causar irritação da mucosa gástrica e piorar sua condição.

Primeiro de tudo, é necessário recusar alimentos gordurosos e fritos, pois é digerido lentamente e irrita as paredes do estômago. Também é necessário excluir os produtos picantes e ácidos da dieta, como molhos, marinadas, limões e laranjas.

É muito importante não consumir produtos lácteos fermentados com alto teor de gordura, como manteiga, creme de leite e queijo cottage. Eles podem agravar o estômago e causar sensações dolorosas, por isso é melhor escolher produtos lácteos fermentados com baixa caloria e com baixo teor de gordura.

  • Fast food e refeições prontas;
  • café e outras bebidas contendo cafeína;
  • bebidas alcoólicas;
  • alimentos enlatados e picles;
  • bebidas carbonatadas, incluindo água mineral com gás;
  • Doces e chocolate, pois podem causar aumento da formação de gás e sensações desagradáveis.

Seguindo uma dieta adequada e excluindo produtos indesejáveis da dieta, você pode melhorar significativamente sua condição com gastrite erosiva.

Produtos úteis em gastrite erosiva

Vegetais e frutas

Os vegetais são uma fonte de vitaminas e minerais e são úteis para o corpo em qualquer doença. Mas na gastrite erosiva, é especialmente recomendável consumir vegetais que reduzem a acidez do estômago, como batatas, couv e-flor, inhame e pepino. As frutas também são úteis, mas são melhores para consumir não em forma fresca, mas cozidas como compotas ou compotas. Recomend a-se limitar o consumo de frutas e frutas ácidas, como limões, laranjas, toranja e morangos.

Gorduras

Embora a gordura seja frequentemente deixada de fora da lista de alimentos saudáveis, é essencial para o corpo. É importante escolher o tipo certo de gorduras, como óleos vegetais, laticínios completamente sem gordura e óleos de peixe. Esses alimentos contêm ácidos graxos saudáveis, como ômega-3.

Cereais e grãos

Cereais e grãos

Cereais e grãos são ricos em vitaminas B, essenciais para um trato gastrointestinal saudável. As melhores opções são cereais de aveia e arroz. Eles podem ser usados como prato principal ou como acompanhamento para vegetais. Pão e massas são melhores para escolher entre farinha de grãos integrais, pois contêm mais nutrientes e fibras, o que limpa o intestino.

  • Batatas – reduz a acidez do estômago
  • Óleos vegetais – contêm ácidos graxos saudáveis
  • Cereais de aveia e arroz – ricos em vitaminas B

Contr a-indicações

Como qualquer outro tipo de dieta, a dieta para gastrite erosiva pode ter suas contr a-indicações. Primeiro de tudo, você não deve recorrer a esse tipo de dieta sem consulta prévia com um médico. O médico pode dar recomendações sobre o que a dieta se adequará melhor ao seu corpo, além de inform á-lo sobre contr a-indicações que podem estar relacionadas à saúde dos rins, fígado ou trato gastrointestinal.

Dev e-se notar também que a dieta para a gastrite erosiva não é adequada para pessoas que sofrem de alergias a qualquer produto da lista de permitidas. Nesse caso, é melhor consultar um médico e desenvolver uma dieta individual adequada para você.

Se você tiver problemas renais, é recomendável reduzir a quantidade de proteína na dieta e limitar a ingestão de sal. Além disso, você não deve consumir álcool quando tiver gastrite erosiva.

Em geral, a dieta para gastrite erosiva é a restrição de certos produtos que podem prejudicar o corpo. Mas não se esqueça de que cada organismo é único e que é melhor discutir recomendações de dieta com um médico.

Soneca da tarde

Durante o tratamento da gastrite erosiva, é muito importante prestar atenção ao seu sono. Sono e insônia fraca podem piorar a condição do estômago e, como conseqüência, causar uma exacerbação da doença.

A soneca da tarde deve ser curta e leve, para não causar pressão adicional no trato gastrointestinal e não causar desconforto. Além disso, o melhor momento para dormir é de 20 a 30 minutos após o almoço, quando o corpo já teve tempo de digerir comida.

No entanto, não é recomendável ir para a cama imediatamente após uma refeição, especialmente se for um alimento pesado, gordo ou picante. O fato é que, em uma posição horizontal, o suco gástrico pode retornar ao esôfago, provocando azia e outras sensações desagradáveis.

Se você deseja incluir lanches leves em sua dieta que você pode comer antes de dormir, considere bananas, mingau de cereal de soja ou leite de mel. Graças ao rico teor de potássio nas bananas, essas frutas fortalecem o sistema imunológico, aliviam o estresse e melhoram seu humor. Por exemplo, o mingau de cereais de soja satisfaz bem a fome, sem sobrecarregar o estômago.

É importante lembrar que, além da nutrição adequada, do bom sono e do ambiente mais confortável para o corpo, é muito importante aprender a controlar os níveis de estresse, tomar um complexo de vitaminas e minerais, além de aprender a relaxar ePermita momentos positivos em sua vida.

Bebidas para melhorar a saúde da gastrite erosiva

Água

Recomenda-se que ele coma pequenas refeições 5-6 vezes ao dia e não coma 2-3 horas antes de dormir. É importante não comer demais e não morrer de fome, a fim de manter um nível ideal de acidez do estômago.

A água potável é uma das principais bebidas para consumir quando você tem gastrite erosiva. A água promove a digestão e a saúde gastrointestinal e ajuda a reduzir a inflamação da mucosa gástrica. Beber água suficiente também ajuda a prevenir a desidratação que pode ocorrer após o uso prolongado de medicamentos.

Chá de ervas

Os chás de ervas podem ajudar a melhorar a condição da mucosa gástrica na gastrite erosiva. Alguns chás de ervas, como Melissa, Juniper, Peppermint e Roseiph Fruit, podem ajudar a reduzir a inflamação e a irritação da mucosa gástrica. No entanto, antes de usar chás de ervas, você deve consultar seu médico, pois algumas ervas podem causar efeitos colaterais ou interagir com medicamentos.

Coquetéis de frutas

Os smoothies de frutas são bebidas benéficas para aqueles que sofrem de gastrite erosiva. As frutas podem ajudar a melhorar a digestão e aumentar os níveis de enzimas no estômago. Eles também contêm vitaminas e antioxidantes que ajudam a reduzir a inflamação. No entanto, você precisa ter cuidado ao escolher frutas como algumas delas, como frutas cítricas, podem causar irritação no estômago.

  • Evite: álcool, bebidas carbonatadas, chá forte e café, pois podem piorar a condição do estômago na gastrite erosiva.
  • Não abuse: bebidas lácteas, pois elas podem causar um aumento nos níveis de ácido estomacal.

O que você precisa saber sobre sustento

Com gastrite erosiva, é especialmente importante assistir sua dieta. Antes de compilar sua dieta, você precisa prestar atenção a vários pontos importantes:

  • A comida deve ser facilmente digerível. Ou seja, não deve sobrecarregar o corpo e aumentar a carga no estômago.
  • A comida não deve estar muito quente. Alta temperatura afeta negativamente a membrana mucosa do estômago.
  • É necessário monitorar os tamanhos de dose e porção. Porções muito grandes podem levar à sobrecarga do estômago e piorar a condição do paciente.
  • É melhor recusar o uso de álcool e fumar. Esses vícios contribuem para o desenvolvimento da doença e podem afetar negativamente a eficácia do tratamento.

Quanto a produtos específicos, recomend a-se consumir o seguinte:

  1. Variedades magras de carne (peito de frango, peru, coelho).
  2. Peixes e frutos do mar (não variedades gordurosas).
  3. Vegetais e frutas (exceto variedades azedas e picantes).
  4. Produtos lácteos com baixo teor de gordura (iogurte, kefir, queijo cottage).

Você deve limitar o consumo dos seguintes alimentos:

  • Pratos de carne gordurosa (carne de porco, carne, cordeiro).
  • Alimentos fritos, fritos, defumados e salgados.
  • Produtos lácteos com alto teor de gordura (creme, creme de leite).
  • Doces.

Com que frequência devo comer com gastrite erosiva?

A frequência e a regularidade das refeições são muito importantes na gastrite erosiva. Geralmente é recomendável comer várias vezes ao dia, 4 a 6 vezes, dependendo das necessidades individuais. É importante espalhar suas calorias diárias sobre todas as refeições para não sobrecarregar seu estômago e causar uma secreção abundante de suco gástrico.

Se você comer muito em uma refeição, há uma irritação significativa do estômago. Ao mesmo tempo, o suco gástrico começa a se secretar ativamente, o que afeta negativamente a condição da mucosa gástrica. Portanto, é importante comer em pequenas porções com intervalos iguais entre as refeições.

Você também não deve pular refeições. Quando você está com o estômago vazio, o estômago começa a secretar o suco gástrico, o que pode causar danos à membrana mucosa. Além disso, uma longa quebra entre as refeições pode agravar a gastrite, piorar os sintomas e causar refluxo ácido.

É melhor aconselhado comer regularmente e em pequenas porções, aumentando o número de refeições para 6 vezes ao dia. Isso reduzirá a carga no estômago, saturará o corpo com os nutrientes necessários, reduzirá a formação de ácido e anestesiará o estômago.

O que fazer se a dor ocorrer durante as refeições

Com gastrite erosiva, a dor enquanto comer é um dos sintomas mais comuns. Se você sentir dor, tente as seguintes sugestões para reduzir o desconforto:

  • Reduza o tamanho das porções e aumente o número de refeições. Isso ajudará a reduzir a tensão no estômago e melhorar a digestibilidade.
  • Evite comer alimentos gordurosos e picantes. Esses alimentos podem irritar o estômago e aumentar a dor.
  • Beba pequenos goles de água enquanto comem. Isso ajudará a reduzir a pressão no estômago e reduzir a dor.
  • Evite tomar bebidas que contêm cafeína e álcool. Essas bebidas podem aumentar a acidez do estômago e piorar os sintomas da gastrite erosiva.

Se a dor durante as refeições persistir, é necessário consultar um médico-gastroenterologista para prescrever tratamento adicional e ajustar a dieta.

Dieta em uma exacerbação da gastrite erosiva

A gastrite erosiva é uma doença na qual a membrana mucosa do estômago fica inflamada, e sua camada superior começa a se romper na forma de erosões. A exacerbação aguda da gastrite é acompanhada por dor estomacal intensa, náusea, vômito e outros sintomas. Após o diagnóstico e identificação da causa da gastrite, o tratamento é necessariamente acompanhado pela dieta.

Os principais princípios da dieta na exacerbação da gastrite erosiva é a exclusão da dieta de alimentos que podem irritar a membrana mucosa do estômago. Ao mesmo tempo, é necessário encontrar um equilíbrio entre o que pode ser consumido e o que deve ser excluído.

Em uma exacerbação da gastrite erosiva, não é recomendável consumir pratos picantes, gordurosos, defumados e em conserva, bem como produtos feitos de farinha de trigo. Recomenda-se comer alimentos macios, mingau vitaminizado, laticínios com baixo teor de gordura, frutas frescas e vegetais. Além disso, é útil consumir kefir, iogurte e outras bebidas bacterianas que ajudam a restaurar o equilíbrio da microflora no intestino.

  • Dos produtos que podem ser consumidos em uma exacerbação da gastrite erosiva: mingau na água (exceto trigo), sopas de legumes, batatas brancas, produtos de carne dietética, queijo cottage, kefir, iogurte.
  • Em uma exacerbação da gastrite erosiva, não é recomendável consumir: produtos lácteos gordurosos, alimentos fritos e gordurosos, álcool, picante, defumado, em conserva e alimentos enlatados, cogumelos, verduras (endro, salsley), frutas e bagas azedas.

Em geral, com uma exacerbação da gastrite erosiva, é necessário levar um estilo de vida saudável, se exercitar e não se esquecer da nutrição. A dieta deve ser equilibrada, contendo a quantidade necessária de proteínas, carboidratos e gorduras, bem como vitaminas e elementos de rastreamento.

Dieta em remissão de gastrite erosiva

Quando a gastrite erosiva está em remissão, a dieta desempenha um papel importante na manutenção de um estômago saudável.

Primeiro de tudo, você deve evitar pratos picantes, gordurosos e defumados, o que pode danificar a membrana mucosa do estômago e causar uma exacerbação da doença.

Também não é recomendável consumir álcool, café, bebidas carbonatadas e frutas e frutas azedas, pois podem causar azia e piorar os sintomas da gastrite erosiva.

Em vez disso, você deve preencher alimentos nutritivos que possam ajudar a reparar a membrana mucosa do estômago. Esses alimentos incluem sopas quentes baseadas em carne magra ou legumes, produtos lácteos fermentados com baixo teor de gordura, trigo sarraceno e mingau de aveia, maçãs (cozidas e descascadas), legumes em conserva, legumes cozidos no vapor e saladas de frutas de frutas não muito ácidas.

Além disso, é importante seguir o regime de comer: não comer demais e não coma antes de dormir. Isso ajudará a reduzir a irritação gástrica e reduzir o risco de exacerbação da gastrite erosiva.

Na mesa também deve ser líquido suficiente na forma de água mineral ou potável, decocções com pouca gordura de ervas e sucos frescos – isso ajudará a hidratar a mucosa gástrica e facilitar a digestão.

Q & amp; A:

O que é gastrite erosiva?

A gastrite erosiva é uma doença do estômago na qual úlceras ou erosões aparecem na membrana mucosa.

Quais sintomas acompanham a gastrite erosiva?

Os sintomas de gastrite erosiva podem incluir dor ou desconforto no estômago, náusea, vômito, fezes sangrentas e fadiga. Algumas pessoas podem não ter nenhum sintoma.

Que dieta é recomendada para gastrite erosiva?

A dieta para gastrite erosiva deve incluir alimentos facilmente digeríveis ricos em proteínas, vitaminas e minerais. Recomend a-se excluir alimentos picantes, fritos, gordurosos e ácidos, além de álcool e café.

O que pode ser consumido com gastrite erosiva?

Recomenda-se comer mingau macia, legumes ralados ou cozidos, produtos lácteos com baixo teor de gordura, carne de frango ou peru, peixe, bagas e frutas de variedades não ácídicas. Produtos lácteos azedos e peixes ricos em ácidos graxos saudáveis são úteis.

Posso comer doces e assados com gastrite erosiva?

Não coma doces e doces contendo muito açúcar e gordura, como chocolate, tortas, rosquinhas, biscoitos. Recomend a-se substitu í-los por iogurte, nozes ou damascos sem açúcar.

Com que frequência devo comer alimentos com gastrite erosiva?

Recomenda-se fazer refeições pequenas 5-6 vezes ao dia e não comer 2-3 horas antes de dormir. É importante não comer demais e não morrer de fome, a fim de manter um nível ideal de acidez do estômago.

Posso beber álcool com gastrite erosiva?

Você não pode beber álcool com gastrite erosiva, pois pode agravar os sintomas e diminuir o processo de cicatrização das úlceras. É recomendável substituir o álcool por chá verde ou água pura.

Que resultado pode ser esperado da dieta para gastrite erosiva?

Uma dieta adequada para a gastrite erosiva pode ajudar a reduzir os sintomas da doença, acelerar o processo de cicatrização das úlceras e reduzir a probabilidade de recorrências. No entanto, pode ser necessário tomar medicamentos e monitorar seu estilo de vida para obter os melhores resultados.