Dieta na nefropatia renal e diabetes mellitus: o que pode comer e o que deve evitar

Aprenda sobre a dieta adequada para nefropatia, doença renal e diabetes, quais alimentos você pode ou não comer. Aprenda a elaborar um cardápio para manter uma boa saúde e controlar os níveis de açúcar no sangue.

Quando você tem nefropatia renal e diabetes, é especialmente importante observar sua dieta. A nutrição adequada pode reduzir o risco de complicações e ajudar a melhorar a qualidade de vida do paciente.

A dieta desses pacientes deve ser balanceada e conter proteínas, vitaminas e minerais adequados, limitando a ingestão de açúcar, gordura e sódio. A dieta também pode incluir alimentos que ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue e a normalizar a função renal.

Neste artigo falaremos sobre as regras alimentares para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus, e apresentaremos uma lista de alimentos recomendados que podem ser benéficos para essas pessoas.

Contents
  1. Dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus
  2. Regras dietéticas para nefropatia renal e diabetes mellitus
  3. 1. limitar a ingestão de proteínas
  4. 2- Limitando a ingestão de sal
  5. 3. Alimentos com baixo teor de potássio
  6. 4. Consumo moderado de carboidratos
  7. 5. regularidade das refeições
  8. Alimentos recomendados para a dieta em nefropatia dos rins e diabetes mellitus
  9. Vegetais e frutas:
  10. Gorduras e proteínas:
  11. Carboidratos e grãos:
  12. Lacticínios:
  13. Proteína na dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus
  14. Gorduras na dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus
  15. Carboidratos na dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus
  16. O que são carboidratos e por que eles são importantes?
  17. Que tipo de carboidratos pode ser consumido?
  18. Como posso limitar minha ingestão de carboidratos?
  19. Vitaminas e minerais
  20. Frutas e vegetais na dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus
  21. Frutas
  22. Vegetais
  23. Produtos lácteos na dieta para nefropatia renal e diabetes mellitus
  24. Produtos lácteos recomendados
  25. Restrições e proibições
  26. Carne e aves na dieta de pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus
  27. Limitação de consumo
  28. Carnes e aves recomendadas
  29. Processamento adequado de carne e aves
  30. Peixes e frutos do mar na dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus
  31. Recomendações gerais
  32. Alimentos recomendados
  33. Cereais e grãos na dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus
  34. Cereais e grãos recomendados:
  35. Recomendações para o consumo de produtos de pão e padaria
  36. Que tipo de pão devo escolher?
  37. Quanto pão posso comer?
  38. Quais produtos de panificação são melhores para evitar?
  39. Quais produtos de padaria podem ser consumidos?
  40. Bebidas
  41. Alimentos que devem ser limitados ou completamente eliminados
  42. Q & amp; A:
  43. Quais são as diretrizes alimentares para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus?
  44. Qual é a lista recomendada de alimentos para nefropatia dos rins e diabetes mellitus?
  45. Quais alimentos devem ser excluídos da dieta de pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus?
  46. Como limitar moderadamente a ingestão de fósforo, potássio e sódio?
  47. Pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus podem consumir álcool?
  48. Posso tomar café com nefropatia dos rins e diabetes mellitus?
  49. Um paciente com nefropatia renal e diabetes mellitus bebe leite?
  50. Pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus podem seguir uma dieta vegetariana?

Dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus

Na nefropatia renal e no diabetes mellitus, a dieta desempenha um papel importante na manutenção da saúde. Tem como objetivo reduzir a carga sobre os rins e regular os níveis de glicose no sangue.

Diretrizes dietéticas:

  • Limitar a ingestão de proteínas a 0, 8 g por kg de peso corporal por dia.
  • Limitar a ingestão de sódio a 2-3 g por dia.
  • Aumente a ingestão de água para 1, 5-2 litros por dia.
  • Evitar alimentos ricos em potássio e fósforo.

Lista de alimentos recomendados:

  1. Carne de frango.
  2. Peixe.
  3. Frutos do mar.
  4. Clara de ovo.
  5. Arroz, trigo sarraceno, aveia.
  6. Legumes e frutas frescas.
  7. Ervas e especiarias.
  8. Leite e iogurte (desnatado).
  9. Chá, água sem gás.

A dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus deve ser feita individualmente, levando em consideração possíveis complicações das doenças e medicamentos que o paciente está tomando. Você deve sempre discutir sua dieta com seu médico e nutricionista.

Regras dietéticas para nefropatia renal e diabetes mellitus

Como você se sente em relação às vacinas e imunizações?
Positivo
33, 33%
Negativo
66, 67%

1. limitar a ingestão de proteínas

A proteína é um material de construção para o nosso corpo, mas para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus, sua ingestão deve ser limitada. Em média, é recomendado que esses pacientes consumam 0, 6 a 0, 8 gramas de proteína por quilograma de peso por dia. No entanto, o grau de restrição de proteínas depende do estágio da doença, valores de creatinina no sangue e outros fatores, por isso é recomendável consultar um nefrologista.

2- Limitando a ingestão de sal

Os sais que consumimos com alimentos podem aumentar a pressão arterial e pesar a função renal. Portanto, pacientes com nefropatia renal e diabetes devem limitar a ingestão de sal a 5-6 gramas por dia. É importante evitar alimentos salgados e enlatados e reduzir a quantidade de sal adicionada durante o cozimento.

3. Alimentos com baixo teor de potássio

Em nefropatia dos rins e diabetes, é recomendável limitar o consumo de alimentos ricos em potássio – bananas, damascos, feijão e outros. Em vez disso, você deve preferir alimentos com baixo teor de potássio – maçãs, repolho, alface e outros.

4. Consumo moderado de carboidratos

Os carboidratos são a principal fonte de energia para o nosso corpo, mas para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus, a ingestão moderada de carboidratos é um pr é-requisito importante para uma boa nutrição. Recomend a-se preferir carboidratos com baixo índice glicêmico – vegetais, frutas, produtos de grãos integrais e evitar carboidratos rápidos – açúcar, mel, doces.

5. regularidade das refeições

A regularidade das refeições é uma condição importante para a nutrição adequada na nefropatia dos rins e diabetes mellitus. Recomenda-se comer em pequenas porções 5-6 vezes ao dia, levando em consideração o conteúdo de proteínas, gorduras e carboidratos. Também vale a pena evitar lanches e preocupação, o que pode afetar o trabalho dos rins.

Alimentos recomendados para a dieta em nefropatia dos rins e diabetes mellitus

Vegetais e frutas:

  • Brócolis
  • Beringela
  • Repolho
  • Cenouras
  • Pepino
  • Cebola
  • Pimentão
  • Abóbora
  • Maçãs
  • Pêssegos
  • Damascos
  • Laranjas

Gorduras e proteínas:

  • Carne de frango
  • Atum
  • Amêndoas
  • pistachios
  • Ácidos gordurosos de omega-3
  • Óleos saudáveis (azeite, abacate)

Carboidratos e grãos:

  • Pães integrais
  • Cereais (trigo sarraceno, aveia)
  • Legumes (lentilhas, ervilhas)
  • Frutas (bagas, mirtilos, framboesas)

Lacticínios:

  • Kefir
  • Queijo tipo cottage
  • Queijos com baixo teor de gordura

Esta dieta deve evitar sal e alimentos ricos em sódio, carne vermelha, açúcar e carboidratos com um índice glicêmico muito alto. Evitar álcool e tabagismo também é recomendado, bem como monitoramento regular de açúcar no sangue e visitas ao médico para monitorar a saúde nos rins.

Proteína na dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus

A proteína é um importante elemento alimentar para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus. Eles desempenham um papel fundamental para manter o corpo saudável e funcionar adequadamente.

No entanto, a ingestão excessiva de proteínas pode pressionar adicional os rins, fazendo com que eles se deteriorem. Portanto, é necessário monitorar sua ingestão de proteínas e equilibrar adequadamente suas fontes em sua dieta.

Recomend a-se consumir proteínas encontradas em peixes, aves sem pele, ovos, produtos de soja, feijão, nozes e sementes. Também vale a pena limitar o consumo de carne e produtos lácteos desnatados para evitar o consumo excessivo de proteínas animais.

Para os diabéticos, também é importante considerar o teor de carboidratos de alimentos que contêm proteínas. Por exemplo, leguminosas e cereais são ricos em carboidratos, portanto devem ser consumidos em quantidades limitadas e, de preferência, combinadas com outros alimentos que são mais baixos em carboidratos.

  • Fontes recomendadas de proteína:
  • – Peixe e frutos do mar
  • – aves sem pele
  • – Ovos
  • – Produtos de soja
  • – feijão, nozes e sementes
  • – Produtos lácteos com baixo teor de gordura

Ao seguir estas diretrizes, pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus podem manter fielmente o equilíbrio de proteínas em sua dieta e evitar possíveis complicações.

Gorduras na dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus

As gorduras são importantes para o nosso corpo, no entanto, o consumo excessivo de gorduras é ruim para a saúde humana, especialmente na presença de nefropatia renal e diabetes mellitus.

Pacientes com essas condições devem escolher gorduras que tenham efeitos positivos na saúde cardíaca e vascular. Tais gorduras incluem ácidos graxos mono e poliinsaturados, que podem ser obtidos de alimentos como azeite, abacates, nozes, sementes e peixes, especialmente salmão e sardinha.

Tente limitar a ingestão de gorduras saturadas, que podem ser obtidas de produtos de origem animal, como carne e laticínios. Em vez disso, escolha carnes magras, leite desnatado e queijos e substitua gorduras de animais por gorduras vegetais, como milho ou óleo de girassol.

  • Produtos recomendados:
  • – Azeite
  • – Abacate
  • – nozes
  • – sementes
  • – Peixe (salmão, sardinha)
  • – Carne magra
  • – leite desnatado e queijos

Alimentos gordurosos, como fast food, salsichas, batatas fritas, assados e doces devem ser limitados em sua dieta. Preste atenção aos pacotes de alimentos na loja para descobrir seu teor de gordura. Certifiqu e-se de estar recebendo gorduras suficientes, mas escolha as fontes certas e modere a ingestão de alimentos que contêm gorduras como parte de uma dieta adequada.

Carboidratos na dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus

O que são carboidratos e por que eles são importantes?

Os carboidratos são um dos principais macronutrientes em nossos alimentos. Eles representam a principal fonte de energia para o corpo.

No caso de nefropatia renal e diabetes, o controle de carboidratos é importante porque eles podem aumentar os níveis de glicose no sangue e sobrecarregar os rins.

Que tipo de carboidratos pode ser consumido?

Recomend a-se escolher carboidratos complexos que são gradualmente liberados na corrente sanguínea e não causam picos íngremes nos níveis de açúcar.

  • Vegetais: vegetais de folhas verdes, brócolis, couv e-flor, pepino, abóbora, berinjela.
  • Frutas: maçãs, peras, ameixas, bagas vermelhas e pretas
  • Cereais: aveia, arroz, trigo sarraceno, pão integral.
  • Alimentos brancos: feijões, ervilhas, lentilhas, hummus

Como posso limitar minha ingestão de carboidratos?

Alimentos ricos em carboidratos devem ser evitados, como:

  • Pão branco e pão feitos de farinha branca
  • Doces: doces, bolos, biscoitos, chocolate, marmelada, xaropes
  • Frutas com alto teor de açúcar: bananas, datas, figos, uvas
  • Arroz e macarrão feito de farinha branca

Vitaminas e minerais

Pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus devem prestar atenção especial à ingestão de vitaminas e minerais, pois essas doenças podem levar a níveis diminuídos de algumas substâncias importantes no corpo. Vitaminas e minerais importantes para obter quantidades adequadas incluem vitamina D, ferro, potássio, cálcio, magnésio e fósforo.

  • A vitamina D é essencial para a saúde do sistema ósseo e imunológico. Também pode ajudar a controlar os níveis de glicose no sangue e reduzir o risco de desenvolver complicações do diabetes. As fontes de vitamina D incluem peixes gordurosos (bacalhau, arenque, salmão), gema de ovo, queijo, leite e iogurte.
  • O ferro é essencial para a saúde do sistema circulatório e o transporte de oxigênio no corpo. O ferro pode ser obtido de carne, peixe, nozes, verduras e grãos.
  • O potássio ajuda a manter um coração saudável e reduz os níveis de pressão arterial. Também pode ajudar a reduzir o risco de doença renal. O potássio é encontrado em grandes quantidades em frutas, vegetais e leguminosas.
  • O cálcio é essencial para ossos e dentes saudáveis, bem como a função normal do coração e do músculo. As fontes de cálcio incluem produtos lácteos, vegetais verdes (por exemplo, repolho, brócolis), água mineral e suplementos de cálcio.
  • O magnésio é essencial para manter um coração saudável, pressão arterial normal e níveis de açúcar no sangue e ossos e músculos saudáveis. O magnésio pode ser obtido de nozes, verduras, grãos, legumes e produtos lácteos.
  • O fósforo é essencial para ossos e dentes saudáveis, bem como para o metabolismo normal no corpo. O fósforo é encontrado em grandes quantidades em laticínios, carne e peixe.

Frutas e vegetais na dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus

Frutas

As frutas são uma excelente fonte de vitaminas e nutrientes. No entanto, com nefropatia e diabetes renais, existem certos frutos que devem ser restringidos. São frutas com alto teor de açúcar, como bananas, figos, mangas, mangas, romã e uvas.

Ao mesmo tempo, os pacientes podem consumir frutas com baixo teor de açúcar, como maçãs, peras, damascos, pêssegos, cranberries, mirtilos, framboesas e morangos. Essas frutas também contêm vitamina C, o que ajuda a fortalecer o sistema imunológico.

Vegetais

Os vegetais são uma parte importante da dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes. Os vegetais contêm muitos nutrientes e podem ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue. Alguns vegetais como batatas, berinjela e tomate, com alto teor de potássio, devem ser limitados ou eliminados da dieta.

Ao mesmo tempo, os pacientes podem consumir vegetais como espinafre, repolho, couv e-flor, brócolis, abobrinha, pepino, couve de Bruxelas e pimentão. Esses vegetais são mais baixos em potássio e podem ajudar a controlar os níveis de açúcar no sangue.

  • Espinafre
  • Repolho
  • Couve-flor
  • Brócolis
  • Abobrinha
  • Pepino
  • Sprouts de Bruxelas
  • Pimentões

Cozinhar vegetais também desempenha um papel importante na dieta para os pacientes. Fritar e assar devem ser evitadas e mais deve ser cozido no vapor, cozido ou assado no forno. Isso ajudará a preservar os nutrientes e reduzir o teor de gordura dos alimentos.

Produtos lácteos na dieta para nefropatia renal e diabetes mellitus

Produtos lácteos recomendados

Produtos lácteos recomendados

O leite e os laticínios devem ter pouca gordura e açúcar, para que o corpo obtenha os nutrientes de que precisa, mas sem efeitos prejudiciais nos rins ou níveis de glicose no sangue.

  • Leite desnatado ou com baixo teor de gordura é uma excelente fonte de cálcio e vitamina D.
  • Produtos lácteos – iogurte, queijo cottage e kefir, contêm proteínas que são facilmente digeridas pelo corpo, além de bactérias benéficas que ajudam a melhorar a função do estômago e diminuir os níveis de colesterol no sangue.
  • O queijo é uma rica fonte de cálcio, mas alguns queijos podem conter aminoácidos e sais nocivos, por isso é melhor escolher variedades duras e com baixo teor de gordura.

Restrições e proibições

Com nefropatia renal e diabetes, é importante evitar alimentos ricos em sódio e gordura, além de adição de açúcar. Isso também se aplica a produtos lácteos.

  • Leite condensado – contém altos níveis de açúcar, por isso é melhor evit á-lo.
  • Creme – contém altos níveis de gordura e sódio, portanto, seu consumo deve ser minimizado.
  • Cereais e mingau com leite – podem conter açúcar adicionado, por isso é melhor escolher opções sem açúcar ou adicionar mel natural em vez de açúcar.

Carne e aves na dieta de pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus

Limitação de consumo

Limitando o consumo

Há uma restrição ao consumo de carne e aves em pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus. É importante limitar as proteínas animais, incluindo carne e aves, a 50% ou menos da dieta total. Isso ocorre porque a proteína animal pode aumentar a carga nos rins, bem como interromper os níveis de glicose no sangue.

Carnes e aves recomendadas

Para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus, recomend a-se carne magra e aves. Carnes magras e aves tendem a conter uma dose mais baixa de gordura saturada, gordura trans e colesterol, isso ajuda a aumentar o nível de proteínas metabolicamente importantes nos alimentos sem causar danos significativos aos pacientes. Algumas das carnes e aves recomendadas incluem frango, peru, coelho e vitela.

Processamento adequado de carne e aves

Também para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus, é importante aderir ao processamento adequado de carne e aves antes do consumo. A pele de carne gordurosa e aves deve ser evitada, e o omento, fígado e rins, que são ricos em colesterol e gordura saturada, devem ser removidos. Recomend a-se usar métodos de cozimento, como assar ou ferver em vez de fritar, isso ajuda a preservar as propriedades valiosas de carne e aves.

Peixes e frutos do mar na dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus

Recomendações gerais

Peixes e frutos do mar contêm proteínas de alta qualidade, ácidos graxos saudáveis, vitaminas e minerais. Eles são um componente importante da dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus, mas existem algumas restrições e recomendações a serem consideradas.

  • Os peixes do mar devem ser favorecidos, pois contém menos gordura e ácidos graxos mais benéficos.
  • A maioria dos pratos de peixe deve ser cozida no forno, cozida no vapor ou grelhada, em vez de frito para preservar os nutrientes e reduzir a ingestão de gordura.
  • Pacientes com altos níveis de potássio no sangue devem limitar o consumo de frutos do mar.

Alimentos recomendados

Os pacientes são aconselhados a consumir os seguintes alimentos:

  • Salmão, sardinha, cavala, cavala, cavala e outros peixes marinhos.
  • Camarão, mexilhões, ostras, lagostins e outros frutos do mar (em quantidades limitadas).
  • Variedades magras de peixes como carpa, kohlrabi e alabote.
  • Nozes, sementes e óleo de peixe, como ômega-3, que podem melhorar a saúde do coração.

Conteúdo de potássio de vários frutos do mar: ProductsPotassium Content (MG/100G)

Camarão 147
Mexilhões 534
Ostras 195
Lagostim 210

Como pode ser visto na mesa, muitos produtos de frutos do mar contêm quantidades significativas de potássio, portanto, seu consumo deve ser limitado, especialmente para pacientes com altos níveis de potássio no sangue.

Cereais e grãos na dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus

Cereais e grãos recomendados:

Os gritos de trigo sarraceno são uma excelente fonte de proteína vegetal, vitaminas B e ferro. Ajuda a fortalecer o sistema imunológico e melhorar a função cardiovascular. O trigo sarraceno também contém potássio e magnésio, essenciais para manter a pressão arterial normal.

Os grãos de aveia são um alimento útil para controlar os níveis de glicose no sangue. Ele contém fibras solúveis, que podem desacelerar a absorção de carboidratos e baixos níveis de açúcar no sangue. A aveia também é rica em magnésio, potássio, fósforo e zinco, o que ajuda a manter a saúde nos rins.

Os gritos de trigo contêm vitaminas B, ácido fólico e ferro, o que ajuda a manter o metabolismo adequado e a hematopoiese. O milho também contém magnésio, potássio e fósforo, o que ajuda a reduzir o risco de doenças cardiovasculares e apoiar a função renal.

O arroz é uma boa fonte de energia devido ao seu conteúdo de amido. Também é recomendado na dieta para pacientes com nefropatia renal, pois é pobre em fosfato e potássio.

  • É aconselhável escolher cereais e grãos não enriquecidos, pois os produtos enriquecidos podem ser ricos em sal e potássio.
  • É importante garantir que cereais e grãos não contenham açúcares e sal adicionados.
  • Pães e cereais integrais são preferíveis às opções convencionais, pois contêm mais fibras e nutrientes na dieta.

A dieta de pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus deve ser variada e conter todos os nutrientes necessários. Cereais e cereais são excelentes para essa dieta e ajudam a promover a saúde e manter os níveis normais de açúcar no sangue.

Recomendações para o consumo de produtos de pão e padaria

Que tipo de pão devo escolher?

Pacientes com nefropatia renal e diabetes devem escolher pães integrais, pois contêm uma maior concentração de nutrientes e fibras que impedem que os níveis de açúcar no sangue subam.

Na ausência de contr a-indicações ao consumo, os pacientes podem escolher pão com vegetais e frutas adicionais, como milho, peras ou maçãs. Esse pão o saturará com nutrientes e ajudará a manter a saúde dos rins e controlar o açúcar no sangue.

Quanto pão posso comer?

Geralmente, é aconselhado pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus a limitar a quantidade de pão que consomem.

Em diabetes mellitus, é recomendável consumir não mais de 30 a 45 gramas de carboidratos em cada refeição, na qual podem ser incluídos pão e assados. Na insuficiência renal, uma das regras é reduzir a quantidade de proteína consumida, o que também afeta a quantidade de carboidratos nos alimentos.

Quais produtos de panificação são melhores para evitar?

Os pacientes devem evitar pão branco, assados com vidros ou açúcar ou gordura cheios de chocolate, manteiga ou creme.

Também é aconselhável evitar produtos contendo óleo de palma ou coco, pois eles podem ser prejudiciais na doença renal e no diabetes.

Quais produtos de padaria podem ser consumidos?

Em vez dos assados mencionados acima, os pacientes podem optar por alimentos mais baixos de carboidratos e ricos em fibras, como:

  • Brilhas de pão integral ou de grãos integrais
  • Rolos de grão integral
  • Torrada de grão integral

Também é recomendado comer pão sem fermento ou fermento, o que é melhor digerido e não causa saúde renal ou diabetes.

Bebidas

Pacientes com nefropatia renal e diabetes devem limitar sua ingestão de líquidos. A água é a melhor escolha de bebida. Recomend a-se consumir até 1, 5 litros de água por dia. No entanto, não beba mais de 1 litro de cada vez para evitar sobrecarregar os rins.

Bebidas açucaradas, como bebidas carbonatadas, sucos com açúcar adicional e chás doces, devem ser evitados. Em vez disso, você pode optar por bebidas que contêm adoçantes artificiais. No entanto, você deve ter em mente que alguns adoçantes artificiais também podem afetar os níveis de glicose no sangue.

Bebidas alcoólicas não devem ser consumidas. Eles podem causar danos nos rins e aumentar os níveis de glicose no sangue. Em vez disso, você pode optar por bebidas não alcoólicas, como água mineral, sucos de vegetais ou frutas, sem adição de açúcar.

  • A água é a melhor escolha de bebidas;
  • Evite bebidas açucaradas;
  • Não consome bebidas alcoólicas;
  • Você pode escolher bebidas com adoçantes artificiais;
  • Refrigerantes sem adição de açúcar, como água mineral, vegetais ou sucos de frutas, são boas opções.

Alimentos que devem ser limitados ou completamente eliminados

Para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus, é especialmente importante limitar alimentos ricos em açúcar, sal e ácidos graxos.

Doces e confeitaria. O açúcar é a principal causa de aumento dos níveis de glicose no sangue; portanto, os pacientes devem minimizar o consumo de vários doces, sobremesas, tortas, biscoitos, chocolate e outros produtos que contêm açúcar.

Café e chá. A quantidade segura de cafeína consumida durante o dia não deve exceder dois copos. O chá pode ser bêbado, mas apenas se for completamente desprovido de açúcar.

Carboidratos rápidos. Pão branco, cereais, massa e outros alimentos ricos em carboidratos rápidos podem fazer com que os níveis de glicose sanguínea cutrem e levem a dor e doença.

Comidas gordurosas. O consumo rápido de vários alimentos gordurosos, como petróleo, manteiga, margarina e maionese, pode aumentar os níveis de colesterol no sangue e causar problemas cardiovasculares.

Conservantes e intensificadores de sabor. A maioria dos alimentos enlatados e refeições preparadas contém grandes quantidades de conservantes e intensificadores de sabor, o que pode ser prejudicial à saúde de um paciente.

Em geral, uma dieta para pacientes com nefropatia renal e diabetes deve ser rica em nutrientes, incluindo proteínas, ferro, cálcio, magnésio e vitaminas, mas contém menos açúcar, sal, ácidos graxos e conservantes.

Q & amp; A:

Quais são as diretrizes alimentares para pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus?

Os pacientes devem seguir uma dieta com pouca parte em sal, gordura e carboidratos, consumindo proteínas e água adequadas. A ingestão de fósforo, potássio e sódio deve ser moderadamente restrita. Recomend a-se consumir mais frutas e vegetais frescos e desistir de álcool e fumar.

Qual é a lista recomendada de alimentos para nefropatia dos rins e diabetes mellitus?

Recomend a-se consumir frango, carne de peru, peixe, queijo cottage, ovos, pão de farinha de trigo integral, morangos, framboesas, feijão verde, couv e-flor, pepino, alface, berinjela, repolho, pepino, tomate e outras frutas e vegetais.

Quais alimentos devem ser excluídos da dieta de pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus?

Alimentos de alta caloria, fast-food liquefeito e fast, alimentos salgados, picantes e gordurosos, muffins, queijo, manteiga, creme e frutas e frutas com alto teor de açúcar devem ser excluídos.

Como limitar moderadamente a ingestão de fósforo, potássio e sódio?

Você deve reduzir a ingestão de alimentos salgados, alimentos de baixa qualidade, refeições refrigeradas, iguarias enlatadas e salgadas. Bananas, frutas cítricas, melão etc. são ricas em teor de potássio. Peixes, frutos do mar, abobrinha, etc. têm alto teor de fósforo.

Pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus podem consumir álcool?

Não, os pacientes que combinam essas doenças não devem consumir bebidas alcoólicas. Isso pode levar à deterioração renal e afetar adversamente a glicose no sangue.

Posso tomar café com nefropatia dos rins e diabetes mellitus?

O consumo de café moderado não é perigoso para os pacientes que combinam essas doenças. No entanto, dev e-se prestar atenção à quantidade de café bêbado e sua qualidade. É melhor beber natural, sem aditivos.

Um paciente com nefropatia renal e diabetes mellitus bebe leite?

Sim, os pacientes podem consumir produtos lácteos com teor moderado de gordura, mas de preferência depois de consultar um médico. Eles também podem tomar medicamentos contendo cálcio.

Pacientes com nefropatia renal e diabetes mellitus podem seguir uma dieta vegetariana?

Sim, os pacientes podem seguir uma dieta vegetariana, mas é necessário consumir proteínas em quantidades adequadas e monitorar a ingestão de fósforo e potássio. É importante discutir essa dieta com seu médico e nutricionista.