Dieta em giardíase: princípios e menus para recuperação rápida

Aprenda a comer corretamente com giardíase para melhor apoiar seu corpo e evitar sintomas desagradáveis. O artigo apresenta os princípios do planejamento do menu que ajudarão a lidar com esta doença e devolver a saúde ao seu corpo.

Lampbliose é uma doença causada pela infecção parasitária de Lamblia. Pode se manifestar na forma de diarréia, náusea, dor abdominal, azia e outros sintomas. Para lidar com esses sintomas desagradáveis e continuar vivendo uma vida normal, pacientes com giardíase precisam não apenas de tratamento, mas também uma dieta especial. A dieta na giardíase pode ajudar o corpo a combater a doença de maneira mais eficaz e acelerar o processo de recuperação.

Os principais princípios da dieta na giardíase são a exclusão de certos produtos da dieta. Portanto, a doença leva a danos e inflamação das paredes intestinais, para que os pacientes devem recusar alimentos picantes, defumados e gordurosos que possam causar exacerbação. Em vez disso, a dieta deve incluir muitas frutas, vegetais, cereais, culturas de cereais, produtos proteicos, além de nozes e frutas secas.

Um dos principais princípios da dieta recomendada na giardíase é a regularidade das refeições. Os pacientes são recomendados para comer alimentos em pequenas porções 5-6 vezes ao dia. Isso permite uma distribuição mais uniforme da carga no estômago e evita excesso de trabalho e outros problemas de saúde.

Além disso, a dieta para a giardíase não deve incluir alimentos doces excessivos, sucos, que podem piorar a condição, bem como lanches gordurosos ou salgados, que contribuem para bloqueios vasculares e pioram a condição dos vasos sanguíneos. Evitar esses alimentos pode ajudar a aumentar seu sistema imunológico e melhorar seu metabolismo.

Obviamente, cada organismo é individual e a dieta ideal para a giardíase pode diferir dependendo da situação específica. Mas se você aderir aos princípios básicos da dieta recomendada neste artigo, poderá combater a giardíase mais rapidamente e com sucesso, evite complicações e restaurar o corpo após a doença.

Contents
  1. O que é giardíase e como está relacionada à dieta
  2. Vídeo sobre o assunto:
  3. Excluindo alimentos e ingredientes da dieta em giardíase
  4. Q & amp; A:
  5. Quais são os princípios básicos da nutrição na giardíase?
  6. É possível consumir produtos lácteos na giardíase?
  7. É necessário seguir a dieta após o fim do tratamento da giardíase?
  8. O álcool pode ser consumido com giardíase?
  9. Quais frutas e vegetais são recomendados para a giardíase?
  10. O que deve ser excluído da dieta na giardíase?
  11. Posso beber chá e café com giardíase?
  12. Que laticínios fermentados são recomendados para consumir com giardíase?
  13. Quais alimentos e pratos devem ser incluídos na dieta com giardíase
  14. Como cozinhar adequadamente alimentos com giardíase
  15. Regras básicas de cozinhar
  16. Restrições alimentares
  17. Alimentos recomendados
  18. Conclusão
  19. Com que frequência e quanto você deve comer quando tiver giardíase
  20. Bebidas na giardíase: o que você pode beber
  21. Água
  22. Chá
  23. Sucos de frutas e vegetais
  24. Kefir
  25. Compota de frutas secas
  26. Restrições em bebidas com giardíase
  27. O que vitaminas e minerais são especialmente importantes na giardíase
  28. Vitamina C
  29. Ferro
  30. Zinco
  31. Dieta com giardíase: os principais princípios do menu e recomendações
  32. O que especiarias e ervas podem ser usadas com giardíase
  33. O tamanho da parte direita para giardíase
  34. Nutrição adequada no tratamento da giardíase
  35. Princípios básicos do menu
  36. Recomendações
  37. Amostra de dieta por uma semana
  38. Nutrição após tratamento para giardíase
  39. Que outra atividade física ajuda com giardíase
  40. O que você pode e o que você não pode fazer depois de comer com giardíase
  41. Quais sintomas indicam que você precisa mudar sua dieta
  42. Como escolher os produtos certos na loja com giardíase
  43. Como observar seu peso com giardíase

O que é giardíase e como está relacionada à dieta

A giardíase é uma doença parasitária causada pelo organismo unicelular Lamblia. Pode afetar o intestino e o trato biliar, causando sintomas característicos, incluindo diarréia, náusea e dor abdominal.

Para o tratamento eficaz da giardíase, recomend a-se seguir uma dieta que ajudará a fortalecer o sistema imunológico, minimizar a massa da doença e acelerar a recuperação. A dieta adequada ajuda a reduzir a irritação da mucosa intestinal e melhorar a absorção de nutrientes.

Um elemento importante dessa dieta é seguir um cronograma de refeições aproximadamente e dividir refeições em 5-6 refeições por dia. Recomend a-se consumir pelo menos 2 litros de fluido por dia, incluindo água mineral, para evitar a desidratação.

Vídeo sobre o assunto:

Excluindo alimentos e ingredientes da dieta em giardíase

A nutrição desempenha um papel crucial na luta contra a giardíase. Ao fazer isso, é importante escolher os alimentos certos e evitar aqueles que podem agravar os sintomas da doença. Os seguintes alimentos e ingredientes devem ser excluídos da dieta na giardíase:

  • Doces: doces, bolos, sorvete e outros doces contêm muito açúcar, o que pode contribuir para o desenvolvimento da giardíase.
  • Alimentos gordurosos e fritos: alimentos gordurosos e fritos podem causar disbiose intestinal, o que pode piorar os sintomas.
  • Bebidas alcoólicas: o álcool destrói a microflora intestinal, que afeta negativamente a luta contra a giardíase.
  • Café e chá: café e chá podem aumentar a acidez do estômago e causar diarréia, o que pode piorar a condição do paciente.
  • Produtos lácteos: os produtos lácteos podem levar à formação de coágulos de proteínas, o que pode dificultar a digestão.

Ao evitar os alimentos e ingredientes acima, você pode reduzir significativamente os sintomas da giardíase e acelerar o processo de recuperação.

Você está contando suas calorias, proteínas, gorduras, carboidratos?
28, 57%
71, 43%

Q & amp; A:

Quais são os princípios básicos da nutrição na giardíase?

O principal princípio da nutrição na giardíase é limitar o consumo de carboidratos complexos (produtos de farinha, cereais, confeitaria) e gorduras animais. Recomend a-se aumentar o consumo de proteínas, vegetais, frutas, verduras e produtos lácteos fermentados.

É possível consumir produtos lácteos na giardíase?

Sim você pode. Os produtos lácteos são uma fonte valiosa de proteína e cálcio, mas é melhor escolher variedades de baixo teor de gordura, como kefir, iogurte e queijo cottage.

É necessário seguir a dieta após o fim do tratamento da giardíase?

Recomend a-se continuar a seguir a dieta após o final do tratamento, pois isso ajudará a fortalecer o sistema imunológico e impedir a recorrência da doença.

O álcool pode ser consumido com giardíase?

Não, o álcool deve ser excluído da dieta na giardíase, pois piora o trabalho do fígado, que já está sofrendo da doença.

Quais frutas e vegetais são recomendados para a giardíase?

Recomend a-se consumir frutas e legumes frescos, como maçãs, peras, bananas, cenouras, beterrabas, tomates, pepinos, repolho, verduras e bagas (exceto mirtilos e framboesas).

O que deve ser excluído da dieta na giardíase?

Deve ser excluído da dieta de produtos de farinha, doces, alimentos gordurosos, carnes defumadas, alimentos enlatados, fast food, álcool.

Posso beber chá e café com giardíase?

Sim, você pode, mas não mais que 1-2 xícaras por dia e sem adição de açúcar.

Que laticínios fermentados são recomendados para consumir com giardíase?

Recomenda-se consumir produtos lácteos fermentados com baixo teor de gordura, como kefir, iogurte, queijo cottage, leite azedo.

Quais alimentos e pratos devem ser incluídos na dieta com giardíase

Na giardíase, alimentos facilmente digeríveis e ricos em nutrientes devem ser incluídos na dieta. Vegetais e frutas são a principal fonte de vitaminas e minerais que ajudam a fortalecer o sistema imunológico e combater a doença. É aconselhável comer frutas e vegetais tratados termicamente.

A proteína, como material de construção para células e tecidos, também é necessária na giardíase. É encontrado em carne, peixe, ovos, nozes, legumes, produtos lácteos. No entanto, você deve reduzir a ingestão de carne para reduzir a carga no fígado e nos rins.

  1. Sopas e caldos de vegetais;
  2. Pratos de carne e peixe cozidos no vapor ou no forno;
  3. Ovos, omeletes, caçarolas;
  4. Queijo cottage, iogurte, kefir, queijo sem aditivos;
  5. Abóbora, abobrinha, cenoura, brócolis, couv e-flor, verduras, bagas, frutas;
  6. Nozes, sementes, legumes.

Alimentos que podem agravar os sintomas da giardíase devem ser evitados. Estes são, acima de tudo, alimentos gordurosos e fritos, laticínios ricos em gordura, doces, especiarias, café, chá, bebidas carbonatadas, álcool. Também não é recomendável comer certos vegetais, como cebola, alho, repolho, chucrute, pimentão, pepino fresco e tomate.

Como cozinhar adequadamente alimentos com giardíase

Regras básicas de cozinhar

Com a giardíase, é muito importante monitorar a qualidade e a segurança dos alimentos que você prepara. Antes de começar a cozinhar, você deve lavar as mãos e limpar sua superfície de trabalho. Carne, peixe e ovos devem sempre ser tratados termicamente até ficarem totalmente cozidos para matar todas as bactérias e giardia. Cogumelos e frutas devem ser executados através da água fervente antes do consumo

Restrições alimentares

Na giardíase, é necessário excluir dos produtos dietéticos que contêm açúcares e amidos. Primeiro de tudo, são doces, produtos de farinha, bebidas doces, batatas e legumes. As restrições também se aplicam a alimentos gordurosos, salgados e fritos. É importante controlar a ingestão de gordura de origem animal e substitu í-la por óleos vegetais.

Alimentos recomendados

  • Carne ou peixe cozido no vapor assado no forno, carnes grelhadas;
  • Frango e peru sem pele;
  • Arroz, trigo, trigo sarraceno, trigo sarraceno, mingau de pérola, aveia;
  • Vegetais, frutas e bagas (exceto variedades azedas);
  • Produtos lácteos com baixo teor de gordura;
  • Óleos vegetais (girassol, azeite) e nozes;
  • Chá, chá verde, compota em frutas secas, água com a adição de limão;

Conclusão

A remoção de Giardia do corpo depende não apenas de tomar medicamentos, mas também de seguir a dieta. Cozinhar alimentos seguros e saudáveis para aqueles que estão doentes com giardíase podem parecer complicados; no entanto, essas regras ajudarão a manter a saúde e alcançar uma rápida recuperação.

Com que frequência e quanto você deve comer quando tiver giardíase

A nutrição desempenha um papel importante no tratamento da giardíase. O corpo precisa de nutrientes suficientes para combater a infecção. No entanto, você deve ter em mente que a alimentação excessiva pode perturbar o sistema digestivo e piorar os sintomas da giardíase.

Os especialistas recomendam comer 4-5 vezes ao dia em pequenas porções. Pelo menos dois litros de água devem ser consumidos diariamente. Durante o período de doença, é recomendável reduzir a quantidade de alimentos, mas é necessário garantir que todos os nutrientes necessários entrem no corpo.

Com a giardíase, você deve recusar alimentos gordurosos e picantes, que podem irritar o sistema digestivo. Recomend a-se aumentar a quantidade de frutas e vegetais na dieta, pois eles contêm muitas vitaminas e minerais. Também é recomendável consumir alimentos proteicos, como peixe, carne, ovos e legumes.

Para reduzir os sintomas da diarréia, é recomendável consumir alimentos ricos em fibras, o que ajuda a normalizar o sistema digestivo. A dieta deve incluir aveia, mingau de centeio e farinha de trigo sarraceno, verduras, kefir, iogurte e produtos lácteos fermentados.

Portos cozidos em água – arroz, trigo sarraceno, abóbora – também são uma boa opção

  • Consumir alimentos em pequenas porções, 4-5 vezes ao dia
  • Aumente a quantidade de frutas e vegetais em sua dieta
  • Consumir alimentos proteicos
  • Beba pelo menos 2 litros de água por dia
  • Evite alimentos gordurosos e picantes
  • Coma alimentos ricos em fibras e mingau de água.

A nutrição é um componente importante no tratamento da giardíase. Siga as recomendações do médico e componha adequadamente a dieta para que o corpo receba os nutrientes e a saciedade necessários, mas ao mesmo tempo não sobrecarregados.

Bebidas na giardíase: o que você pode beber

Água

O regime de bebida na giardíase é muito importante, então a água se torna a bebida principal. A água pura é melhor para beber filtrada ou engarrafada, para excluir a possibilidade de infecção com bactérias desnecessárias. A quantidade de líquido consumida deve ser de pelo menos 1, 5 litros por dia, inclusive na forma de sopas.

Chá

O chá contém Theine, que não é apenas refrescante, mas também ajuda a combater a febre, que também pode ser reclamada por um paciente com giardíase. O chá é o melhor verde bêbado ou preto, e apenas de concentração fraca.

Sucos de frutas e vegetais

Os sucos contêm muitas vitaminas úteis, que são especialmente importantes na giardíase, uma vez que a infecção pode ser acompanhada por uma diminuição da imunidade. No entanto, você não deve beber sucos de frutas e vegetais enlatados, bem como de sacolas de supermercados. É desejável espremer o suco, de preferência de maçãs e cenouras.

Kefir

O kefir é com baixo teor de gordura, uma excelente fonte de cálcio, vitaminas B, proteínas e probióticos que ajudam a normalizar a função intestinal. Kefir é recomendado para beber pelo menos uma vez por dia, de preferência à noite.

Compota de frutas secas

Os compostos de frutas secas, como ameixas, passas etc. são benéficas para a função intestinal e proteção do sistema imunológico. Essa compota pode ser bebida que quente e fria, dependendo da estação do ano.

Restrições em bebidas com giardíase

A giardíase da doença requer uma atitude especial em relação à sua dieta, a esse respeito, vale a pena prestar atenção à lista de bebidas que podem afetar adversamente sua saúde. Primeiro, você deve limitar o uso de álcool. Durante a doença da giardíase, o fígado já está em condições desfavoráveis, e substâncias nocivas contidas no álcool ainda mais sobrecarregarem esse órgão.

  • Além do álcool, você não deve consumir bebidas fortes ricas como:
    • Bebidas carbonatadas;
    • Café e chá de bebida forte;
    • Compotas com adição de açúcar;

    Vale a pena priorizar bebidas altas em antioxidantes e vitaminas. Se você está procurando uma boa escolha, o chá verde é a melhor opção. Está repleto de vitaminas benéficas que aumentam o sistema imunológico do seu corpo e reduzem o risco de contrair vírus e bactérias. Além disso, o chá verde ajuda a reduzir a inflamação no intestino, o que é especialmente benéfico para a Giardia.

    O que vitaminas e minerais são especialmente importantes na giardíase

    Com a giardíase, é importante prestar atenção a uma dieta adequada que inclua um grande número de vitaminas e minerais úteis. Alguns deles são particularmente importantes no combate a esta doença.

    Vitamina C

    A vitamina C é um poderoso antioxidante e fortalece o sistema imunológico. Também ajuda a reparar células e tecidos danificados no corpo e pode inibir o crescimento de Giardia. A vitamina C está presente em grandes quantidades em frutas cítricas, kiwi, morangos, pimentão vermelho e verde, couve de Bruxelas e brócolis.

    Ferro

    O ferro desempenha um papel importante no combate à giardíase, porque ajuda o corpo a produzir mais glóbulos vermelhos, necessários para o transporte de oxigênio. Isso é especialmente importante quando o sistema imunológico está lutando contra uma infecção. O ferro pode ser obtido de carne, peixe, mingau de trigo sarraceno, ovos, feijão, legumes e frutas.

    Zinco

    O zinco ajuda a reduzir a inflamação no corpo e aumenta o sistema imunológico. Também pode ajudar a combater a giardíase desacelerando a reprodução e a disseminação de Giardia no corpo. O zinco pode ser obtido de carne, nozes, grãos, laticínios, ovos e vegetais.

    • Conclusão: É necessária uma dieta adequada em vitaminas C e E, ferro, zinco e outros elementos úteis para combater a giardíase e fortalecer o sistema imunológico. Certifiqu e-se de incluir esses produtos em sua dieta para trazer seu corpo de volta ao normal em pouco tempo.

    Dieta com giardíase: os principais princípios do menu e recomendações

    O que especiarias e ervas podem ser usadas com giardíase

    O que especiarias e ervas podem ser usadas na giardíase

    Com a giardíase, é recomendável usar especiarias e ervas que não apenas enriquecem o sabor dos pratos, mas também possuem propriedades benéficas para o corpo:

    • Curcuma – possui ação ant i-inflamatória e antioxidante, ajuda a fortalecer o sistema imunológico.
    • Gengibre – ajuda a melhorar a digestão, elimina náusea, ajuda a limpar o corpo
    • Rosemary – tem um efeito antimicrobiano, melhora a digestão e ajuda a reduzir o colesterol no sangue.
    • Hortel ã-pimenta – Soothes Vomiting, reduz o inchaço abdominal, possui propriedades ant i-inflamatórias.
    • Oregano – possui ação antibacteriana e antioxidante, melhora o processo digestivo.

    No entanto, não se esqueça que, com a giardíase, é recomendável limitar o uso de especiarias e ervas, para não irritar a membrana mucosa do trato gastrointestinal.

    O tamanho da parte direita para giardíase

    Tamanho da parte adequada para giardíase

    Com a giardíase, são observados distúrbios digestivos, o que pode levar à necessidade de revisar a dieta e, em particular, o tamanho da porção.

    O tamanho ideal da porção para a giardíase depende de muitos fatores, incluindo idade, sexo, peso e nível de atividade física. Em geral, é recomendável comer refeições menores, mas com mais frequência.

    O tamanho da parte da giardíase pode ser calculado com base no número total de calorias consumidas durante o dia. Por exemplo, para mulheres 1500-2000 kcal por dia e para homens 2000-2500 kcal por dia.

    É importante lembrar que comer uma grande quantidade de comida ao mesmo tempo pode levar a problemas de saúde na giardíase. Portanto, é recomendável consumir alimentos em 5-6 refeições em pequenas porções.

    Também é importante considerar os intervalos de tempo entre as refeições. O intervalo ideal entre as refeições deve ser de 2, 5 a 3, 5 horas, para que o sistema digestivo tenha tempo para digerir pequenas porções de alimentos.

    Nutrição adequada no tratamento da giardíase

    Princípios básicos do menu

    Ao tratar a giardíase, é importante seguir uma dieta de alta qualidade e variada. O principal princípio do menu é excluir dos produtos dietéticos que promovem a reprodução de Giardia. Isso pode ser laticínios com alto teor de gordura, confeitaria, produtos de farinha, água carbonatada e álcool.

    É importante consumir alimentos ricos em fibras, vitaminas e minerais. Recomend a-se aumentar o consumo de vegetais, frutas, verduras, legumes, produtos lácteos fermentados, peixe magra e carne. É necessário beber muita água não carbonada para fornecer ao corpo fluido e promover a remoção de toxinas e toxinas.

    Recomendações

    Ao elaborar um menu adequado para a giardíase, é recomendado:

    • Limite as calorias consumidas, mas não morrem de fome;
    • Consuma 4-5 vezes ao dia Pequenos porções de alimentos;
    • recusar alimentos fritos e gordurosos, substitu a-o por pratos cozidos, cozidos ou assados;
    • reduzir a ingestão de sal e aumentar a quantidade de alimentos ricos em potássio;
    • Não consome frutas e vegetais não estéril em forma bruta;
    • Beba pelo menos 1, 5 a 2 litros de água diariamente;
    • Coma alimentos contendo proteínas facilmente digeríveis.

    Amostra de dieta por uma semana

    Uma dieta geral por uma semana pode incluir refeições como:

    Segunda-feira aveia no leite com frutas/frutas Mingau de trigo sarraceno com filé de frango e vegetais cozidos Costela grelhada com salada de legumes
    Terça-feira Sanduíche com filé de frango e vegetais Sopa com legumes e fatias de carne magra vegetais cozidos com carne e um pedaço de pão
    Quarta-feira aveia na água com frutas/frutas Salada de alface, tomate e pepino com filé de peru sopa de peixe, legumes assados
    Quinta-feira queijo cottage com frutas bife de vitela cozido no vapor com vegetais batatas assadas com peixe branco
    Sexta-feira vitamina de banana Sopa de trigo sarraceno com peito de frango cozido vegetais cozidos com carne de porco magra
    Sábado omelete com cogumelos e vegetais Calhas de peru com batatas assadas e legumes cozidos no vapor costeletas de peixe com salada de vegetais
    Domingo melancia Sopa de vitela com fatias de legumes e pão peito de frango grelhado com salada de legumes

    Juntamente com uma dieta adequada, é recomendável tomar medicamentos prescritos pelo médico e seguir a higiene e a higiene pessoal para evitar a reinfecção com giardíase.

    Nutrição após tratamento para giardíase

    Após o tratamento da giardíase, é especialmente importante observar sua dieta. O processo de tratamento da helmintíase não apenas interrompe o sistema digestivo, mas também enfraquece o sistema imunológico. Portanto, você deve prestar atenção especial à recuperação do seu corpo. Familiariz e-se com os princípios básicos da nutrição adequada depois de combater a giardíase:

    • Regime alimentar. Recomend a-se refeições frequentes e pequenas. Coma 4-6 vezes ao dia em pequenas porções, para não sobrecarregar o estômago e o sistema digestivo.
    • Exclusão de alimentos. Evite alimentos pesados, gordurosos e doces, bem como alimentos que podem causar fermentação no intestino e gás.
    • Ingestão de fluidos . Beba uma quantidade adequada de água. Recomenda-se consumir pelo menos 1, 5-2 litros de água por dia. A água ajuda a limpar o corpo e restaurar processos metabólicos.
    • Proteína . Para se recuperar mais rápido após o tratamento com giardíase, o corpo precisa de proteínas. Eles ajudam a reparar tecidos danificados e fortalecer os músculos. Sua dieta deve incluir proteínas de origem planta e animal.
    • Vitaminas e minerais . Dê preferência a alimentos ricos em vitaminas e minerais. O corpo se recuperará mais rapidamente se houver frutas e legumes frescos, verdes, ovos e peixes em sua dieta.

    Além disso, é recomendável incluir produtos lácteos fermentados por dieta ricos em bifidobactérias e lactobacilos. Eles ajudam a restaurar o trato gastrointestinal e fortalecer o sistema imunológico. Tente monitorar sua dieta e não abusar de álcool, alimentos fritos e mal digeridos para se recuperar mais rapidamente do tratamento com giardíase.

    Que outra atividade física ajuda com giardíase

    A lambliose pode causar diminuição da atividade e fadiga, portanto, você precisa ter cuidado ao escolher a atividade física. Mas se você não tiver sintomas graves e se sentir bem o suficiente, a atividade física leve pode ajudar a gerenciar a giardíase.

    Andar ao ar livre é uma ótima maneira de aumentar a atividade física, melhorando assim seu humor e aumentando seu sistema imunológico. Além disso, a maioria das pessoas pode pagar esse tipo de atividade física.

    O yoga também é uma boa opção para quem não gosta de exercícios extenuantes. O yoga ajuda a reduzir o estresse, melhorar seu humor e fortalecer os músculos do corpo. Mas é importante lembrar que algumas poses podem não ser adequadas para pessoas com Giardia.

    A natação é uma ótima alternativa para exercícios mais intensos, como aulas de corrida ou academia. A natação ajuda a fortalecer o coração e os pulmões, o que é importante para aqueles que enfrentam problemas respiratórios devido a Giardia.

    • Não se esqueça de técnicas de respiração – elas ajudam na fadiga e a melhorar a circulação;
    • Tente evitar superaquecimento – pode piorar os sintomas da giardia;
    • Comece com a carga mínima e aument e-a gradualmente;
    • Pare de se exercitar a qualquer momento se sentir um desconforto ou fadiga grave;
    • Não se esqueça dos princípios básicos da higiene, especialmente após o contato com a água.

    O que você pode e o que você não pode fazer depois de comer com giardíase

    Depois de comer com giardíase, você deve abste r-se de esforço físico ativo e viajar no transporte, pois isso pode provocar a aparência de sintomas adicionais da doença.

    Não beba álcool e fuma depois de comer com giardíase, pois isso pode contribuir para a exacerbação da doença e piorar o resultado do tratamento.

    Comer demais e muitas horas entre as refeições devem ser evitadas. É melhor dividir a ingestão diária de alimentos em pequenas porções e com ê-las em intervalos curtos.

    Depois de comer com giardíase, é melhor evitar ficar de pé por várias horas, pois isso pode causar perturbação gastrointestinal.

    Você deve tentar não beber grandes quantidades de líquido durante as refeições, pois isso pode desacelerar o processo digestivo e levar a problemas de saúde adicionais.

    Os alimentos gordurosos, picantes, salgados e doces devem ser evitados, pois podem afetar negativamente o trato gastrointestinal, causar sintomas adicionais de giardíase e complicar o processo de tratamento.

    Quais sintomas indicam que você precisa mudar sua dieta

    A fadiga sistemática e os sentimentos de fraqueza podem ser um sinal de uma dieta ruim. É necessário mudar sua dieta.

    Quase todas as formas de distúrbios digestivos que ocorrem com giardíase são 100% representados por fenômenos como: constipação, gás e diarréia. Dev e-se prestar atenção à maneira como o corpo reage ao consumo de certos produtos.

    Jigging in Weight – Este é um sintoma comum de deteriorar a saúde, pode ser possível corrigir sua dieta para uma mais saudável.

    A aparência de descamação, psoríase, eczema ou irritações na pele pode ser um sinal direto de deficiências de vitamina, macro e micronutrientes. A dieta atua como uma fonte adequada dessas substâncias.

    A aparência da placa na superfície dos dentes é o resultado de um amplo consumo de carboidratos e doces rápidos.

    Como escolher os produtos certos na loja com giardíase

    A nutrição desempenha um papel importante no tratamento da giardíase. No entanto, escolher alimentos na loja pode ser difícil se você não souber o que procurar. Primeiro, tente comprar alimentos frescos e de qualidade, especialmente carne, peixe e laticínios, para evitar a possibilidade de contaminação por bactérias.

    Segundo, tente eliminar os alimentos que podem agravar os sintomas da giardíase, como alimentos gordurosos, picantes e doces. Limite o açúcar e os alimentos contendo aditivos e conservantes artificiais.

    Terceiro, aumente a ingestão de alimentos que contêm substâncias bioativas, como frutas e legumes frescos, nozes, sementes, grãos integrais e legumes. Estes são benéficos, pois ajudam a aumentar a imunidade e melhorar a digestão.

    • Evite alimentos ricos em calorias e contêm muitos conservantes;
    • Aposta em qualidade, alimentos frescos;
    • Aumente a ingestão de vegetais, frutas, nozes, sementes, grãos integrais e legumes

    Como observar seu peso com giardíase

    A giardíase é uma doença gastrointestinal que pode afetar o sistema digestivo e causar perda de peso. Portanto, é necessário cuidar do seu peso e seguir certas regras ao tratar a giardíase.

    Em primeiro lugar, ao sofrer de giardíase, é recomendável seguir uma dieta que consiste em alimentos facilmente digeríveis, como frutas, vegetais, laticínios e proteínas. Isso permitirá que o corpo receba totalmente os nutrientes necessários sem sobrecarregar o sistema digestivo.

    Em segundo lugar, você não deve esquecer as precauções para que não se renasça ou passe a infecção para os outros. Afinal, pacientes com giardíase geralmente sofrem perda de peso rápida e significativa.

    Finalmente, é necessário estabelecer um regime de refeições: isso permitirá que você controla o número de calorias consumidas e monitore seu peso. Pesand o-se antes e depois das refeições, a alimentação de animais não recebe rolamentos de nylon na costela – essas regras ajudarão a alcançar os resultados desejados.

    Portanto, para tratar com sucesso a giardíase e manter um peso saudável, você precisa assistir sua dieta e estabelecer um regime alimentar. Frutas, vegetais, laticínios e proteínas são alimentos que devem ser consumidos como alimentos em sua vida diária, mas devem ser evitados cruéis em giardíase seca.