Diagnóstico de cirrose hepática: sintomas, causas e tratamento

Aprenda sobre os sintomas, causas e tratamento da cirrose do fígado. Diagnóstico e prevenção da doença. Informações importantes para a saúde do fígado.

A cirrose hepática é uma doença crônica que ocorre quando o tecido hepático normal é gradualmente substituído pelo tecido cicatricial. É um processo irreversível e a causa mais comum de cirrose são os efeitos prejudiciais do álcool ou infecções virais no fígado. A cirrose hepática é uma das principais causas de morte em todo o mundo e seu diagnóstico e tratamento são essenciais para manter o paciente vivo.

Os sintomas da cirrose hepática podem variar dependendo da extensão dos danos no fígado. Nos estágios iniciais da doença, os sintomas podem ser sutis, mas à medida que a doença avança, os pacientes podem começar a sofrer fadiga, perda de peso, dor abdominal e inchaço das pernas. Em casos mais graves, podem aparecer sintomas de icterícia, sangramento e distúrbios digestivos.

O tratamento para cirrose pode incluir mudanças no estilo de vida, medicamentos prescritos, cirurgia e transplante de fígado. A triagem precoce e a busca de ajuda podem melhorar as chances de uma recuperação completa. O monitoramento médico regular e as recomendações dos médicos também podem ajudar a retardar a progressão da doença.

Cuidar do fígado, monitorar seu estilo de vida e fazer chec k-ups regular pode salvar sua vida!

Contents
  1. O que é cirrose do fígado?
  2. Quais sintomas acompanham a cirrose do fígado?
  3. Como diagnosticar cirrose do fígado?
  4. Métodos de tratamento para cirrose do fígado
  5. Como o tratamento conservador da cirrose do fígado?
  6. Tratamento cirúrgico da cirrose hepática: quando é prescrito?
  7. Sintomas de cirrose hepática
  8. Qual é o tratamento cirúrgico para a cirrose do fígado?
  9. Qual é o período de recuperação após o tratamento cirúrgico?
  10. Papel da nutrição na cirrose hepática
  11. Complicações da cirrose hepática
  12. Que medidas ajudam a prevenir a cirrose do fígado?
  13. Quais são os efeitos da saúde dos medicamentos para a cirrose do fígado?
  14. Medidas adicionais na cirrose hepática
  15. Regime dietético
  16. Abster-se de álcool
  17. Exercício físico
  18. Suporte especializado
  19. Métodos de medicina alternativa para cirrose hepática
  20. Ervas e plantas
  21. Ayurveda
  22. Mudanças dietéticas simples
  23. Conclusão
  24. Como se manter saudável com cirrose do fígado?
  25. Nutrição apropriada
  26. Vitaminas e suplementos
  27. Regime diário
  28. Esportes
  29. Esqueça o álcool
  30. Evite o estresse
  31. Como a cirrose do fígado afeta a vida de um paciente?
  32. Como apoiar um paciente com cirrose hepática?
  33. 1- Garanta nutrição adequada
  34. 2. Acompanhe a ingestão de medicamentos
  35. 3 Forneça apoio emocional
  36. 4. Aconselhe o paciente a desistir de álcool
  37. 5. Monitore a condição do paciente
  38. Avanços médicos no tratamento da cirrose hepática
  39. Transplante de fígado
  40. Novos métodos de tratamento
  41. Prevenção de cirrose hepática
  42. Quais são as expectativas do tratamento para a cirrose do fígado?
  43. Q & amp; A:
  44. Como posso proteger meu fígado da cirrose?
  45. Quais sintomas indicam cirrose do fígado?
  46. A cirrose do fígado pode levar ao câncer?
  47. Como a cirrose do fígado é diagnosticada?
  48. Como o tratamento da cirrose hepática é prescrito?
  49. Com que frequência devo fazer exames médicos se estou em risco de desenvolver cirrose?
  50. Quais medicamentos devem ser evitados na cirrose do fígado?
  51. A cirrose do fígado pode ser curada?

O que é cirrose do fígado?

A cirrose hepática é uma doença crônica que leva a danos irreversíveis ao tecido hepático. O processo patológico que leva à cirrose é caracterizado pela substituição de tecido hepático saudável por crescimentos e cicatrizes, o que impede que o fígado funcione normalmente.

A cirrose é mais comum em pessoas com doença hepática crônica, como hepatite viral, doença gordurosa alcoólica ou não alcoólica. O uso a longo prazo de certos medicamentos também pode causar o desenvolvimento da cirrose.

Os sintomas da cirrose podem variar dependendo da extensão dos danos no fígado. Alguns dos sintomas mais comuns incluem icterícia, aumento do tamanho abdominal, sangramento e disfunção hepática.

  • A icterícia é uma condição na qual a pele fica amarela. É causado por um acúmulo de bilirrubina pigmento biliar na corrente sanguínea
  • Um aumento no tamanho do abdômen é geralmente causado por um acúmulo de fluido no abdômen. Esta condição é chamada ascite.
  • O sangramento pode ocorrer devido a problemas com os vasos sanguíneos no sistema circulatório que se engula com crescimentos e cicatrizes.
  • A disfunção hepática pode se manifestar como fadiga, ma l-estar e azia.

O tratamento da cirrose do fígado pode incluir a mudança do estilo de vida, o uso de medicamentos e métodos cirúrgicos em casos de estágios graves da doença. A detecção e tratamento precoce da cirrose podem ajudar a evitar sua progressão e reduzir o risco de complicações.

Quais sintomas acompanham a cirrose do fígado?

A cirrose hepática é uma doença grave que pode ficar sem sintomas por muitos anos. No entanto, à medida que a doença avança, os pacientes desenvolvem vários sinais que indicam problemas hepáticos.

Um dos primeiros sintomas da cirrose hepática é a fadiga e a fraqueza. Os pacientes geralmente se queixam de perda de energia e força, fraqueza geral e fadiga, mesmo após o exercício leve.

Outro sintoma comum é a icterícia, que se manifesta como uma tonalidade amarela à pele e esclera. Os pacientes podem sofrer coceira, náusea e vômito incontroláveis e dor abdominal direita.

Pacientes com cirrose também podem sofrer de distúrbios metabólicos, incluindo ganho de peso, inchaço e diminuição do apetite.

Além disso, o fluxo sanguíneo e a função cardíaca podem ser prejudicados, o que pode levar ao inchaço e à dor nas pernas e, em alguns casos, trombose.

Em geral, os sintomas da cirrose do fígado não são característicos apenas para esta doença e podem se manifestar em outras doenças. Portanto, é importante consultar um médico nos primeiros sinais, a fim de estabelecer um diagnóstico preciso e iniciar o tratamento.

Preocupado com os distúrbios da pele?

Como diagnosticar cirrose do fígado?

A presença de cirrose hepática pode ser diagnosticada pelos resultados de vários testes. O médico pode prescrever testes de sangue e urina, ultrassonografia, tomografia computadorizada ou ressonância magnética.

Alguns estágios de cirrose podem ser assintomáticos, mas os sinais colaterais de cirrose incluem icterícia, inchaço abdominal, perda de peso e fadiga.

Os resultados dos testes de laboratório podem ajudar seu médico a diagnosticar com precisão a cirrose do fígado. No entanto, o diagnóstico pode ser difícil e pode exigir testes mais detalhados.

  1. Ultrassom – Este teste pode ajudar a detectar alterações no tamanho e forma do fígado, bem como na interação do fígado com a vesícula biliar e outros órgãos.
  2. Ressonância magnética – Esse método pode ajudar a detectar mudanças no fígado e determinar sua natureza.
  3. Tomografia computadorizada – Este estudo pode mostrar a extensão dos danos no fígado e a presença de tumores.

Alguns sintomas de cirrose do fígado podem ser semelhantes aos de outras doenças. Portanto, é importante passar por um exame médico completo para diagnosticar com precisão a presença de cirrose do fígado.

Métodos de tratamento para cirrose do fígado

A cirrose do fígado é uma doença incurável, mas sua progressão pode ser desacelerada e interrompida, e a qualidade de vida do paciente pode ser melhorada. Existem vários métodos de tratamento para cirrose do fígado.

  • Tratamento medicamentoso – O uso de medicamentos pode interromper a progressão da doença, reduzir a inflamação e melhorar a função hepática. Dependendo do estágio da cirrose, seu médico pode recomendar medicamentos para controlar o sangramento, proteger o fígado e melhorar os sintomas de cirrose, como icterícia e inchaço das pernas.
  • Terapia nutricional – Pacientes com cirrose são aconselhados a seguir uma dieta especial contendo proteínas e calorias suficientes. Isso ajudará a melhorar a função hepática e reduzir o risco de complicações.
  • O transplante de fígado é um método raro de tratamento para cirrose, que pode ser usado em caso de complicações graves e falta de eficácia do tratamento medicamentoso. No transplante de fígado, um fígado saudável de um doador é transplantado para o paciente.

A escolha do método de tratamento depende do estágio e das causas da cirrose hepática, bem como da condição do paciente. O tratamento da cirrose hepática requer uma abordagem abrangente e supervisão médica regular.

Como o tratamento conservador da cirrose do fígado?

O tratamento conservador da cirrose hepática visa reduzir as manifestações da doença, diminuindo a progressão e prevenindo complicações. Inclui o uso de medicamentos e recomendações para mudanças no estilo de vida.

O tratamento medicamentoso inclui o uso de medicamentos para melhorar a função hepática, reduzir a inflamação, reduzir a pressão na veia porta e impedir o sangramento das varizes. Os hepatoprotectores, os medicamentos anti-inflamatórios e vasopressores são usados para esse fim.

Pacientes com cirrose são aconselhados a fazer mudanças no estilo de vida, como evitar álcool, tabagismo, atividade física indesejada e comer demais. Também é importante controlar os níveis de açúcar no sangue e colesterol.

Com o tratamento conservador da cirrose, é necessário acompanhar regularmente um gastroenterologista e hepatologista para monitorar a condição do fígado e impedir possíveis complicações.

  • Medicamentos
  • Mudancas de estilo de vida
  • Acompanhamento regular com especialistas

Tratamento cirúrgico da cirrose hepática: quando é prescrito?

Sintomas de cirrose hepática

A cirrose é uma doença hepática crônica que apresenta muitos sintomas, incluindo:

  • Tamanho aumentado do fígado e baço;
  • Inchaço do abdômen e pernas;
  • Icterícia;
  • Diminuição do peso corporal;
  • Falta de ar no esforço físico;
  • Gomas de sangramento e membranas mucosas;
  • Problemas circulatórios.

Qual é o tratamento cirúrgico para a cirrose do fígado?

O tratamento cirúrgico da cirrose hepático é usado quando a terapia medicamentosa falha e o paciente é ameaçado pela deficiência hepática aguda. Dependendo do grau de desenvolvimento da doença, pod e-se recomendar:

  • Transplante de fígado – Substituição do fígado doente por fígado doador;
  • Ressecção da lesão – removendo as partes mais danificadas do fígado;
  • Cirurgia de desvio – Criando uma rota de desvio para o sangue.

Qual é o período de recuperação após o tratamento cirúrgico?

Como é o período de recuperação após o tratamento cirúrgico?

O período de recuperação após a cirurgia pode durar de várias semanas a vários meses. É importante seguir uma dieta personalizada, seguir as instruções do seu médico para tomar medicamentos com precisão e monitorar os níveis de proteínas e aminoácidos em sua dieta para acelerar o processo de cicatrização e reduzir o risco de complicações.

Papel da nutrição na cirrose hepática

A nutrição adequada é um dos principais componentes no tratamento abrangente da cirrose hepática. Ajuda a reduzir a carga no fígado, manter sua funcionalidade e melhorar a qualidade de vida do paciente. Os principais princípios da dieta na cirrose hepática são a limitação da ingestão de gordura, sal e proteína, além de aumentar a quantidade de carboidratos e fibras alimentares na dieta.

Geralmente, recomend a-se uma dieta rica em carboidratos, que são a fonte de energia do corpo, para pacientes com cirrose. Isso ocorre porque na cirrose, a perda da função hepática leva a uma diminuição nos estoques de glicogênio do corpo. Além disso, a ingestão regular de fibra alimentar pode ajudar a melhorar o peristaltismo intestinal e melhorar a digestão.

Essa dieta geralmente inclui muitas frutas, vegetais, produtos de grãos, peixes, aves e laticínios com baixo teor de gordura. Substituir proteínas animais, legumes, iogurte natural e queijo cottage podem ser incluídos na dieta do paciente.

Além disso, no tratamento da cirrose do fígado deve evitar bebidas alcoólicas, alimentos gordurosos e produtos que contêm grandes quantidades de sal. Esses produtos podem afetar negativamente a função e a recuperação do fígado.

Em geral, a nutrição adequada é a base para manter a saúde do fígado na cirrose e um elemento importante do tratamento. A seguir, os princípios da dieta podem melhorar a qualidade de vida do paciente e ajud á-los a lidar com a doença.

Complicações da cirrose hepática

A cirrose hepática pode levar a uma variedade de complicações que podem reduzir significativamente a qualidade de vida e até levar à morte. Algumas das complicações mais comuns associadas à cirrose incluem:

  • Hipertensão portal: A cirrose hepática pode levar ao aumento da pressão na veia porta, que transporta sangue do intestino para o fígado. Isso pode levar ao desenvolvimento de tumores no trato digestivo, sangramento do estômago ou esôfago e outros problemas sérios.
  • Ascites: um acúmulo doloroso de fluido no abdômen. Isso pode levar a uma respiração ruim, perturbação digestiva e outros problemas.
  • Encefalopatia hepática: disfunção cerebral causada por toxinas que normalmente são removidas pelo fígado. Os sintomas podem incluir desorientação, esquecimento, dificuldade em concentrar, ansiedade, convulsões e outros sintomas.
  • Síndrome do hepatorenal: função renal prejudicada causada por baixa circulação sanguínea e outras causas.
  • Síndrome hepatopulmonar: um distúrbio da função pulmonar causado por problemas com circulação sanguínea nos pulmões.
  • Carcinoma hepatocelular: câncer do fígado que pode se desenvolver a partir da cirrose do fígado.

Todas essas complicações requerem atenção séria e geralmente exigem hospitalização. Portanto, é importante monitorar o fígado de perto para prevenir ou detectar complicações no tempo.

Que medidas ajudam a prevenir a cirrose do fígado?

A cirrose hepática é uma condição grave que pode ser fatal se não for tratada em tempo hábil. Embora muitos fatores de risco sejam hereditários ou não possam ser controlados, existem medidas que ajudam a evitar o desenvolvimento da cirrose.

  • Evitando o consumo de álcool. O álcool é uma das causas mais comuns de cirrose do fígado. Portanto, é importante evitar álcool ou consum i-lo com moderação. Quando a cirrose do fígado é diagnosticada, é importante começar a tratar sua causa imediatamente.
  • Dieta saudável e ingestão de vitaminas. Uma maneira de impedir a cirrose do fígado é comer uma dieta saudável. Como regra geral, você deve confiar em uma dieta equilibrada que contém muitas frutas, vegetais e alimentos de proteínas. Também é uma boa idéia consumir complexos de vitaminas para reabastecer as vitaminas necessárias para o corpo.
  • Verificações regulares de saúde. As verificações regulares de saúde ajudarão a detectar quaisquer doenças hepáticas, incluindo cirrose, cedo para que o tratamento possa começar cedo.

Além disso, algumas doenças podem aumentar o risco de desenvolver cirrose do fígado. Portanto, é importante levar um estilo de vida saudável, observar as regras da higiene pessoal e evitar contato com sangue e ar infectado. Não exponha seu corpo a riscos desnecessários e tente proteger sua saúde.

Quais são os efeitos da saúde dos medicamentos para a cirrose do fígado?

Os medicamentos para a cirrose hepática têm um efeito duplo: eles podem ter um efeito positivo ou negativo na saúde do paciente. Com a seleção e o uso corretos de medicamentos, é possível melhorar significativamente a qualidade de vida do paciente, enquanto seu uso incorreto pode levar a complicações graves.

Efeito positivo

Alguns medicamentos podem ter um efeito positivo na cirrose do fígado. Por exemplo, a prescrição de antibióticos pode ajudar a prevenir a peritonite bacteriana que pode ocorrer em pacientes com ascite, que é uma das complicações da cirrose hepática. Além disso, o uso de medicamentos que melhoram a digestão pode ajudar a melhorar o estado nutricional do paciente.

Efeito negativo

O uso inadequado de medicamentos pode ter um efeito negativo na saúde de um paciente com cirrose. Por exemplo, o uso de alguns medicamentos pode provocar o desenvolvimento de esofagite, gastrite e úlceras estomacais, o que pode agravar o quadro do paciente e causar sangramento. Além disso, o uso de alguns medicamentos pode causar danos ao fígado e deterioração da função hepática.

Conclusão

Ao tratar a cirrose hepática, é importante considerar os efeitos dos medicamentos na saúde do paciente. Para melhorar a qualidade de vida do paciente, os medicamentos devem ser adequadamente selecionados e utilizados, e seus efeitos no organismo devem ser monitorados. Portanto, a prescrição e o uso de medicamentos devem ser realizados apenas por médico e com total cumprimento de suas recomendações.

Medidas adicionais na cirrose hepática

Regime dietético

Uma das medidas adicionais mais importantes na cirrose hepática é um regime alimentar adequado. Recomenda-se fazer refeições pequenas, mas nutritivas, recusar alimentos fritos e gordurosos, enlatados e doces. Alimentos adequados para nutrição na cirrose hepática incluem vegetais, frutas, laticínios, mingaus e fontes de proteína.

Abster-se de álcool

A cirrose hepática está frequentemente associada ao álcool, por isso, para tratar e prevenir a cirrose é necessário parar completamente de beber álcool e nicotina. O álcool provoca má circulação sanguínea no fígado, o que agrava o seu estado e pode levar ao desenvolvimento de cirrose.

Exercício físico

O exercício físico ajudará a reduzir os sintomas da cirrose e a melhorar a circulação sanguínea no corpo. Recomenda-se a prática de esportes leves como caminhada, natação ou ioga. No entanto, é aconselhável consultar o seu médico para escolher o regime de atividade física mais adequado antes de iniciar a prática de exercícios.

Suporte especializado

Uma intervenção adicional para cirrose hepática é consultar especialistas como gastroenterologista, hepatologista e nutricionista. Esses especialistas podem ajudar o paciente a escolher os métodos mais eficazes de tratamento e controle da doença, além de conversar sobre dieta adequada e regime de atividade física.

Métodos de medicina alternativa para cirrose hepática

A cirrose hepática é uma doença grave que pode causar a morte. Infelizmente, não existe uma cura eficaz para a cirrose e, por vezes, os pacientes recorrem a métodos alternativos de tratamento. Aqui estão alguns exemplos de tais métodos.

Ervas e plantas

Algumas pessoas usam ervas e plantas para tratar a cirrose do fígado. Por exemplo, o oleandro do leite pode diminuir os níveis de bilirrubina no sangue. No entanto, o uso de ervas pode ser perigoso porque, se usado na dosagem errada, pode levar ao envenenamento. Além disso, algumas ervas interagem com medicamentos, o que pode levar a sérias conseqüências.

Ayurveda

Ayurveda é um antigo sistema de medicina da Índia. Muitas pessoas usam medicamentos ayurvédicos para tratar a cirrose do fígado. Por exemplo, a raiz açafrão pode reduzir a inflamação do fígado. No entanto, esses métodos não são apoiados por estudos científicos e sua segurança é desconhecida.

Mudanças dietéticas simples

Algumas mudanças alimentares simples podem ajudar na cirrose do fígado. Por exemplo, comer menos alimentos gordurosos ou reduzir carboidratos pode ajudar a reduzir os níveis de gordura no fígado. Além disso, os pacientes devem evitar álcool e outras substâncias que podem ser prejudiciais ao fígado.

Conclusão

Embora os métodos alternativos sejam usados para tratar a cirrose, é importante perceber que eles podem ser perigosos e ineficazes. O melhor método de tratar a cirrose permanece seguindo as instruções do seu médico e obtendo os cuidados médicos necessários.

Como se manter saudável com cirrose do fígado?

Nutrição apropriada

Com a cirrose do fígado, o corpo perde a capacidade de absorver adequadamente os nutrientes. Portanto, é muito importante ver o que você come. Você deve consumir quantidades adequadas de proteínas, gorduras, carboidratos, vitaminas e minerais.

O amarelamento da pele é um dos sinais de cirrose hepática. Para ter uma pele saudável no rosto, ajuste sua dieta. Comece introduzindo frutas, vegetais, legumes e verduras em sua dieta. Tudo isso manterá sua pele saudável.

Vitaminas e suplementos

Pacientes com cirrose devem adicionar vitaminas e nutrientes essenciais à sua dieta. As vitaminas ajudam a digerir a gordura e a proteína, essencial para um fígado saudável. Adicione a vitamina B à sua dieta o mais rápido possível.

Tome medicamentos apenas quando recomendado pelo seu médico e após as dosagens prescritas.

Regime diário

Para todos os pacientes com cirrose do fígado, um regime diário é muito importante. Você deve se esforçar para dormir o suficiente para que o corpo possa se recuperar. Acompanhe o que você come, quando e quanto. Você deve comer a cada 3-4 horas e consumir alimentos em pequenas porções. Nunca exagere ou outras coisas antes de ir para a cama.

Esportes

Os esportes são uma parte muito importante da sua vida se você estiver sofrendo de cirrose no fígado. A atividade física ajuda a diminuir os níveis de gordura no sangue e, assim, remover o excesso de gordura dos seus órgãos. Qualquer atividade física pode ajudar.

Esqueça o álcool

O consumo de álcool pode ser perigoso para pessoas com cirrose do fígado. O álcool pode aumentar seus níveis de gordura no sangue e piorar a condição do fígado. Portanto, é necessário evitar completamente o consumo de qualquer álcool.

Evite o estresse

Pacientes com cirrose podem se sentir estressados com mais frequência do que o habitual. Evite o estresse para manter sua saúde.

Como a cirrose do fígado afeta a vida de um paciente?

A cirrose hepática é uma doença crônica que leva a função hepática prejudicada e progressão de mudanças irreversíveis, levando a consequências perigosas. Uma das principais questões nas quais os pacientes com cirrose estão interessados é como essa doença afeta suas vidas.

A primeira coisa que a cirrose faz é piorar a qualidade de vida do paciente. A doença não se manifesta imediatamente, para que possa não ser detectada e sem diagnóstico por um longo tempo. Além disso, os sintomas podem ser diferentes e peculiares a outras patologias. Por sua vez, isso complica o diagnóstico precoce e complica o tratamento do paciente.

A cirrose hepática não é apenas com risco de vida, mas também tem muitos problemas associados. Os pacientes podem experimentar: distúrbios digestivos, vazamento de conteúdo intestinal no peritônio e alterações no estado psicológico. Além disso, a cirrose do fígado pode levar a sangramento, dificuldades respiratórias e outros problemas.

Além disso, pacientes com cirrose são restritos em sua vida diária. O excesso de trabalho e situações estressantes devem ser evitadas, e alimentos alcoólicos e gordurosos devem ser limitados.

É importante perceber que o tratamento da cirrose do fígado pode ser um processo complicado e demorado. Mas se a doença for detectada nos estágios iniciais, as chances de recuperação total são maiores. É necessário monitorar sua saúde e entrar em contato com os médicos em tempo hábil.

Como apoiar um paciente com cirrose hepática?

1- Garanta nutrição adequada

Na cirrose hepática, o corpo perde a capacidade de comer e digerir alimentos. Um paciente com cirrose precisa fornecer um bom suporte nutricional, que inclui proteínas, vitaminas, minerais e carboidratos. É aconselhável monitorar a dieta e garantir que ela tenha calorias e proteínas adequadas.

2. Acompanhe a ingestão de medicamentos

O tratamento para cirrose do fígado pode incluir vários medicamentos. Ao prescrever medicamentos, verifique se o paciente entende o regime e a dose dos medicamentos. É importante monitorar a ingestão de medicamentos e garantir que o paciente esteja tomando o medicamento diariamente, conforme recomendado pelo médico.

3 Forneça apoio emocional

A cirrose hepática pode ser uma doença grave e duradoura que afeta negativamente a qualidade de vida do paciente. Para ajudar o paciente a lidar com a doença, o fornecimento de apoio mental é igualmente importante. Isso pode incluir falar, segurança e compreensão.

4. Aconselhe o paciente a desistir de álcool

É importante limitar o consumo de álcool na cirrose ou evitar completamente o álcool. Isso reduz o risco de mais deterioração e permite que o paciente melhore sua condição.

5. Monitore a condição do paciente

Quando um paciente tem cirrose no fígado, há um risco aumentado de complicações e infecções. É importante ficar de olho na condição de saúde e nos sintomas que surgem e buscar atendimento médico oportuno quando necessário.

Exemplo de uma dieta para um paciente com cirros e-nutrientes de fígado

Proteína Peixe, óleo de peixe, frango, camarão, carne, ovos, queijo cottage, soja
Vitaminas Frutas, legumes, ervas, frutas cítricas, frutas, frutas secas
Minerais Verdes, frutos do mar, ovos, nozes, sementes
Carboidratos Vegetais, frutas, cereais, cereais, mingau, pão, macarrão, batatas.

Avanços médicos no tratamento da cirrose hepática

Avanços médicos no tratamento da cirrose hepática

Transplante de fígado

Um dos principais avanços médicos no tratamento da cirrose hepática é o transplante de órgãos. Esta operação pode ser realizada tanto em caso de aterosclerose de grandes vasos dos dutos fígado e biliar quanto em caso de danos tóxicos do órgão.

A principal vantagem do transplante de fígado é a possibilidade de restaurar as funções do órgão e continuar a vida do paciente em um ciclo completo.

Novos métodos de tratamento

O desenvolvimento de novos métodos de tratamento da cirrose do fígado é outra importante conquista da medicina. Em particular, foram desenvolvidos alvos moleculares que reduzem a resposta inflamatória na membrana das células hepáticas e reduzem as alterações patológicas no órgão.

Os cientistas também estão envolvidos no desenvolvimento da terapia genética, que restaurará os locais de DNA danificados nas células hepáticas e impedirão os processos de destruição do órgão.

Prevenção de cirrose hepática

A medicina desenvolveu ativamente recomendações para impedir a cirrose do fígado. Por exemplo, pacientes com hepatite viral são aconselhados a manter um estilo de vida saudável e passar por exames médicos regulares para determinar seu risco de cirrose. Além disso, a vacinação profilática contra a hepatite viral é um avanço importante.

Quais são as expectativas do tratamento para a cirrose do fígado?

A cirrose hepática é uma doença desfavorável que leva a mudanças irreparáveis no fígado e pode levar à morte. Mas nos estágios iniciais da doença, é melhor esperar um resultado positivo do tratamento.

O tratamento para cirrose do fígado pode incluir mudanças no estilo de vida, medicamentos e terapia. Aliviar os sintomas e diminuir a progressão da doença pode ser realizada através dessas medidas. O tratamento também pode incluir abordar a causa da cirrose, como o tratamento da hepatite viral ou evitar álcool e drogas.

Além disso, os médicos podem recomendar que pacientes com cirrose reduzam o ônus do fígado observando sua dieta, evitando alimentos gordurosos, picantes e salgados e se envolvendo em atividade física moderada.

Em geral, se o tratamento da cirrose do fígado for iniciado no início da doença e todas as recomendações do médico forem seguidas, as expectativas de tratamento serão positivas.

  • Mudancas de estilo de vida
  • Tomando medicamentos
  • Eliminação da causa da doença
  • Adesão a uma dieta adequada
  • Atividade física moderada

Q & amp; A:

Como posso proteger meu fígado da cirrose?

As principais medidas para proteger o fígado da cirrose incluem evitar bebidas alcoólicas, controlar a ingestão de medicamentos, seguir uma dieta adequada, combater a obesidade e um estilo de vida adequado em geral.

Quais sintomas indicam cirrose do fígado?

Os principais sintomas da cirrose hepática são fadiga, fraqueza, dor abdominal, perda de apetite, perda de peso, náusea e vômito, coceira na pele, icterícia e abdômen aumentado.

A cirrose do fígado pode levar ao câncer?

Sim, a cirrose do fígado é um fator de risco importante para o câncer de fígado.

Como a cirrose do fígado é diagnosticada?

O diagnóstico de cirrose hepática inclui métodos de investigação laboratorial e instrumental, como testes de sangue e urina, ultrassom, tomografia computadorizada, ressonância magnética, biópsia hepática e outros.

Como o tratamento da cirrose hepática é prescrito?

O tratamento da cirrose depende do estágio da doença e pode incluir medicamentos antivirais, função hepática apoiar medicamentos, terapia hormonal e transplante de fígado.

Com que frequência devo fazer exames médicos se estou em risco de desenvolver cirrose?

Recomend a-se passar por exames médicos pelo menos uma vez por ano, se você corre o risco de desenvolver cirrose hepática. Também é recomendável evitar o consumo de álcool e adotar um estilo de vida saudável em geral.

Quais medicamentos devem ser evitados na cirrose do fígado?

Os medicamentos que podem afetar negativamente a função hepática, como aspirina, acetaminofeno, alopurinol, fenitoína e outros, devem ser evitados na cirrose. Um médico deve ser consultado antes de usar qualquer medicamento.

A cirrose do fígado pode ser curada?

A cirrose hepática não pode ser completamente curada, mas o tratamento adequado pode retardar a progressão da doença e melhorar a qualidade de vida do paciente.