Como diagnosticar e tratar adequadamente a cólica renal pr é-hospitalar

Aprenda sobre o diagnóstico e o tratamento pré-hospitalar eficaz da cólica renal. Dicas de especialistas para gerenciar ataques de dor e evitar danos nos rins.

A cólica renal é uma dor aguda na área renal que pode ser causada por muitos fatores. Pode ocorrer devido à formação de pedra renal, infecções do trato urinário e outras condições.

Quando a cólica renal ocorre, pode levar a dor insuportável, micção prejudicada e desconforto abdominal. Freqüentemente, a cólica renal aguda requer intervenção médica rápida, e o diagnóstico é o primeiro passo no tratamento.

Para determinar se está presente cólica renal, um médico geralmente realiza vários testes, incluindo testes de sangue e urina, ultrassom renal e testes de laboratório, como raios-X. É importante lembrar que uma condição aguda pode exigir intervenção médica imediata.

Quando os sintomas da cólica renal ocorrem, os primeiros socorros podem incluir cuidados de enfermagem, tratamento da dor e orientação comportamental. É importante saber o que fazer em caso de cólica renal aguda para fornecer os cuidados necessários antes da chegada da equipe médica.

Contents
  1. Cólica renal: sintomas e diagnóstico
  2. Sintomas
  3. Diagnóstico
  4. Vídeo sobre o assunto:
  5. O que é cólica renal?
  6. Quais são os sinais de cólica renal?
  7. 1. dor lombar
  8. 2. Distúrbios urinários
  9. 3. Dor abdominal retal
  10. Como a cólica renal é diagnosticada?
  11. Primeiros socorros para cólica renal
  12. O que é cólica renal?
  13. O que são os primeiros socorros para a cólica renal?
  14. Como evitar a cólica renal?
  15. O que devo fazer se sentir sintomas de cólica renal?
  16. Ações antes da hospitalização
  17. 1 Verifique se uma posição confortável para o paciente
  18. 2 Certifiqu e-se de acesso à água
  19. 3 Monitore os hábitos alimentares do paciente
  20. 4. Cuidados de emergência
  21. Que medidas a serem tomadas antes de visitar um urologista?
  22. O que eu não devo fazer pela cólica renal antes da hospitalização?
  23. Quais medicamentos ajudarão na cólica renal?
  24. Antiespasmódicos
  25. Amares de sangue
  26. Analgésicos do grupo de AINEs (anti-inflamatórios não esteróides)
  27. Drogas que promovem relaxamento muscular
  28. Outros medicamentos
  29. Tratamento da cólica renal
  30. Tratamento da cólica renal no hospital
  31. 1. Anestesia
  32. 2. abordando a causa
  33. 3 terapia de fluxo sanguíneo
  34. 4. Tratamento adicional
  35. Medicamentos usados no tratamento da cólica renal
  36. Analgésicos e medicamentos para dor
  37. Drogas que impedem a formação de pedras
  38. Drogas que melhoram a saída da urina
  39. Drogas para eliminar espasmo do trato urinário
  40. Drogas para eliminar a infecção
  41. Quando a intervenção cirúrgica para a cólica renal é necessária?
  42. Como impedir a ocorrência de cólica renal?
  43. Como evitar a cólica renal?
  44. O papel dos exames urológicos regulares na prevenção da cólica renal
  45. Q & amp; A:
  46. O que é cólica renal?
  47. Quais sintomas podem acompanhar a cólica renal?
  48. Como a cólica renal é diagnosticada?
  49. O que fazer na aparência da cólica renal?
  50. Como impedir a ocorrência de cólica renal?
  51. Qual especialista lida com o diagnóstico e tratamento da cólica renal?
  52. A cólica renal é fatal?
  53. Quais medicamentos são usados para tratar a cólica renal

Cólica renal: sintomas e diagnóstico

Sintomas

A cólica renal é uma condição aguda que ocorre quando o ureter é bloqueado dentro do rim. Os principais sintomas da cólica renal são:

  • Dor aguda na lateral, que pode se espalhar para o abdômen e as costas;
  • Dor persistente que pode piorar com movimento, tosse e respiração;
  • Micção frequente e dolorosa;
  • Sangue na urina;
  • Febre e náusea.

Se você tiver esses sintomas, procure atendimento médico imediatamente.

Você tem uma verificação abrangente de corpo inteiro (chec k-up)?

Diagnóstico

Para diagnosticar cólica renal, seu médico pode realizar vários testes, como:

  1. Exame físico – realizado para determinar se você está sofrendo;
  2. Ultrassom renal – permite que você veja se as pedras estão presentes;
  3. TCC da tomografia computadorizada – Um método de diagnóstico mais preciso que pode ver pedras difíceis de ver no ultrassom;
  4. Urinysis – pode detectar a presença de infecção e sangue na urina.

Após o diagnóstico, o médico sugerirá o método de tratamento mais apropriado.

Vídeo sobre o assunto:

O que é cólica renal?

A cólica renal é uma dor intensa na região lombar que resulta da excreção prejudicada de urina pelos rins. Normalmente, a cólica renal tem início agudo e com início agudo de dor que pode ser localizada não apenas na região lombar, mas também se espalhar pela lateral do abdômen ou na coxa. Esta condição é potencialmente perigosa e sem tratamento adequado pode levar a complicações graves, como infecção, comprometimento da função renal e até morte.

A cólica renal geralmente é causada pela presença de cálculos no trato urinário, que impedem o livre fluxo de urina para fora dos rins. As pedras podem se formar devido a uma dieta inadequada, falta de líquidos no corpo, fatores genéticos ou outras causas. Raios X, ultrassom ou outros métodos podem ser necessários para um diagnóstico preciso.

Até que o tratamento adequado seja fornecido, a dor da cólica renal pode ser forçada com bloqueios nervosos e analgésicos, mas isso pode não ser suficiente para aliviar completamente os sintomas. Para tratar a causa da dor, deve-se administrar medicamentos e, se não funcionar, deve-se realizar uma cirurgia.

  • Sintomas de cólica renal:
  • Dor aguda na região lombar
  • Nausea e vomito
  • Micção frequente
  • Aumento da pressão

Importante: Caso ocorram sintomas de cólica renal, procure atendimento médico imediato.

Quais são os sinais de cólica renal?

1. dor lombar

O principal sintoma da cólica renal é uma dor aguda e intensa na região lombar. Essa dor pode ser descrita como pontada, aguda ou surda e pode ser acompanhada por congestão abdominal e síndrome dolorosa. A dor pode piorar intermitentemente e ocorrer em ataques ondulados.

2. Distúrbios urinários

O segundo sintoma pode ser distúrbios urinários. Neste caso, uma pessoa pode sentir micção frequente e dolorosa e, às vezes, pode sentir uma completa falta de produção de urina devido ao bloqueio do sistema urinário.

3. Dor abdominal retal

O terceiro sinal de cólica renal é a dor abdominal retiva, que pode ocorrer como resultado da estagnação da urina e da tensão no sistema urinário. Geralmente, essa dor é de natureza mais espástica e está associada à retenção urinária na bexiga.

  • A presença destes sintomas pode indicar cólica renal, o que requer atenção médica urgente.
  • Se você suspeitar de cólica renal, não deixe de procurar atendimento médico.

Como a cólica renal é diagnosticada?

A cólica renal é uma dor aguda que ocorre nos rins ou ureteres e pode levar a complicações graves, portanto o diagnóstico adequado é um passo muito importante antes do tratamento.

Para iniciar o diagnóstico, o médico examina e entrevista o paciente e descobre se existem fatores e sintomas de risco, como uma infecção recente do trato urinário, dor abdominal ou traseira, náusea, vômito e dificuldade em urinar.

Em seguida, o paciente recebe testes de laboratório e instrumental prescritos, como testes gerais de sangue e urina, ultrassom renal, revisão fluoroscópica de raios-X e ressonância magnética (ressonância magnética) dos ureteres e rins.

Em alguns casos, testes adicionais podem ser necessários para determinar o nível de obstrução do trato urinário e ajudar no tratamento adicional.

Como resultado do diagnóstico adequado, o médico determina a causa da cólica renal e prescreve o tratamento necessário, que inclui medicamentos analgésicos e antiespasmódicos para aliviar a dor, a remoção da causa da impregnação de cólica ou pedra e medidas para evitar a recorrência da cólica.

Primeiros socorros para cólica renal

O que é cólica renal?

A cólica renal é uma dor aguda que geralmente ocorre na região lombar e irradia para o lado. É causado por dificuldade em tirar a urina dos rins.

O que são os primeiros socorros para a cólica renal?

Se você tiver sinais de cólica renal, você deve consultar um médico imediatamente. No entanto, até que a ambulância chegue, você pode aliviar a dor e fazer você se sentir melhor:

  • Adote uma posição corporal confortável para reduzir a pressão nos rins e reduzir a dor.
  • Aplique frio no ponto dolorido usando gelo ou água quente. Isso ajudará a reduzir a inflamação e a dor.
  • Tome analgésicos como paracetamol, ibuprofeno ou diclofenac.
  • Beba mais água para acelerar a excreção da urina e reduzir a pressão nos rins.

Como evitar a cólica renal?

Para evitar cólicas renais, você precisa monitorar sua saúde e evitar pedras nos rins:

  • Beba água suficiente para impedir que as pedras nos rins se formem.
  • Observe sua dieta, evite a ingestão excessiva de sal, gorduras, açúcar e álcool.
  • Não use demais os medicamentos, especialmente aspirina e analgésicos.
  • Obtenha exames médicos regulares para detectar e tratar os problemas renais mais cedo.

O que devo fazer se sentir sintomas de cólica renal?

A cólica renal é uma dor intensa na região lombar que pode se espalhar para o abdômen e os órgãos genitais. Se você tiver esses sintomas, procure atendimento médico imediatamente.

Enquanto espera a chegada da ambulância, você pode tomar as seguintes medidas para reduzir a dor:

  • Aplique compressas quentes na área dolorida para reduzir a tensão muscular.
  • Adote uma postura que ajuda a reduzir a dor: sentado em uma cadeira, se dobra e coloque a cabeça entre os joelhos.
  • Tente sentar em uma banheira de água morna para relaxar e reduzir a dor.

É importante lembrar de procurar atendimento médico quando ocorrem sintomas de cólica renal, pois a infecção e a insuficiência renal podem se desenvolver em resposta à tensão do trato urinário.

Ações antes da hospitalização

1 Verifique se uma posição confortável para o paciente

Se ocorrer cólica renal, o paciente deve receber uma postura confortável que lhes ofereça a oportunidade de reduzir a dor e tolerar desconforto. É melhor se o paciente deitar de seu lado com as pernas torcidas, pressionand o-as contra seu abdômen. Esta postura ajuda a aliviar a pressão nos rins e reduzir a dor.

2 Certifiqu e-se de acesso à água

Quando a cólica renal ocorre, você deve beber muitos líquidos (água, misturas de ervas, bebidas de frutas etc.) para ajudar a expulsar areia ou pedras dos rins. Portanto, você deve garantir que tenha acesso à água ou outras bebidas em quantidades suficientes.

3 Monitore os hábitos alimentares do paciente

Quando a cólica renal ocorre, é importante garantir que os hábitos alimentares do paciente sejam monitorados. Isto é especialmente verdadeiro para a ingestão de sal e gordura. Você deve limitar a ingestão de gorduras animais e ensinar o paciente a comer corretamente, para que algo assim não aconteça novamente no futuro.

4. Cuidados de emergência

Se for impossível estabelecer um diagnóstico e fornecer assistência médica qualificada em casa, é necessário chamar uma ambulância e levar o paciente ao centro médico mais próximo. Lá, os médicos conduzirão os testes necessários e prescreverão o tratamento.

Que medidas a serem tomadas antes de visitar um urologista?

Se você suspeita de cólica renal, é importante dar alguns passos antes de ver um urologista. Primeiro, preste atenção à natureza de sua dor lombar. Pode ser nítido ou monótono por natureza, e pode aumentar ou diminuir periodicamente. Além disso, procure outros sinais que possam indicar cólica renal, como náusea, vômito, pressão alta, etc.

Para garantir que você realmente tenha cólica renal, você pode executar vários procedimentos de diagnóstico. Por exemplo, preste atenção à cor da urina e sua transparência. Se sua urina tiver traços de sangue ou estiver nublado, pode indicar a presença de infecção ou pedras nos rins. Você também pode tomar a temperatura do seu corpo e determinar se está com febre. Se você tem febre, isso também pode indicar uma infecção.

Se você notar sintomas da cólica renal, consulte um urologista imediatamente. Até que o médico chegue, você pode tomar medidas para ajudar a aliviar a dor e melhorar sua condição. Por exemplo, aplique uma compressa fria no ponto dolorido, beba ervas diuréticas, massageie suavemente a região lombar para melhorar a circulação sanguínea na área. Mas lembr e-se de que esses remédios só podem reduzir a dor, mas não se livrarão da cólica nos rins. O tratamento de pedras renais requer um especialista e hospitalização.

O que eu não devo fazer pela cólica renal antes da hospitalização?

Não tente se tratar: a cólica renal é uma condição séria e, na maioria dos casos, requer atenção médica. As tentativas de se auto-medicar podem levar a piora da condição e consequências negativas do paciente.

Não adie o médico: a cólica renal requer avaliação e tratamento imediatos por um especialista, por isso não demore o médico. Quanto mais cedo é diagnosticado, o tratamento mais cedo poderá começar e as consequências podem ser evitadas.

Não tome medicamentos para dor sem receita médica: embora a cólica renal esteja associada à dor, você não deve tomar medicamentos para a dor sem a prescrição de um médico, pois eles podem causar complicações e dificultar o diagnóstico adequado.

Não coma ou beba nada: não é uma boa idéia comer ou beber nada antes de consultar o médico, pois isso pode aumentar o risco de complicações. Se o paciente estiver com sede, é uma boa idéia oferecer água potável em pequenas quantidades.

Não entre em pânico: a cólica renal é um diagnóstico sério, mas você não deve entrar em pânico e agravar sua condição com estresse emocional e nervosismo. É melhor permanecer calmo e confiar nos profissionais médicos que cercam o paciente no caminho da recuperação.

Quais medicamentos ajudarão na cólica renal?

Antiespasmódicos

Os antiespasmódicos, como não-spah e Drotaverine, ajudam os distúrbios do tônus vascular, reduzem a dor e melhoram o fluxo sanguíneo para áreas dos vasos sanguíneos. Quando a hipertermia (aquecimento da área renal) é usada, o uso desses medicamentos pode afetar a normalização do fluxo sanguíneo.

Amares de sangue

Melhorar o fluxo sanguíneo é um aspecto importante no tratamento da cólica renal. O uso de medicamentos anticoagulantes, como aspirina e heparina, ajudará a reduzir a chance de se formar e melhorar o fluxo sanguíneo para o rim. Esses medicamentos reduzem a viscosidade do sangue e ajudam a conduzir sangue através dos vasos sanguíneos mais rapidamente.

Analgésicos do grupo de AINEs (anti-inflamatórios não esteróides)

A infiltração e a inflamação dos tecidos causam a dor da cólica renal. O uso de AINEs a curto prazo pode interromper a infiltração e reduzir a inflamação tecidual, além de reduzir a dor e promover a recuperação.

Drogas que promovem relaxamento muscular

A cólica renal é frequentemente causada por uma contração muscular grave. O uso de myorelaxantes, como baclofeno e miokinas, pode ajudar a relaxar os músculos, reduzir a tensão do tendão e a rigidez dolorosa.

Outros medicamentos

Em alguns casos, seu médico pode prescrever medicamentos adicionais para ajudar o tratamento com cólica renal a progredir bem. Esses medicamentos podem incluir medicamentos aprimorados para dor, infecção e medicamentos adicionais para regular o fluxo sanguíneo.

IMPORTANTE: Você não deve se auto-medicar ou usar medicamentos que não foram prescritos pelo seu médico. Além disso, o uso de medicamentos antes da hospitalização não substitui os cuidados médicos e o exame no hospital.

Tratamento da cólica renal

A cólica renal é um sintoma da doença renal e pode resultar em dor acentuada na região lombar ou no lado. Se você suspeitar da presença de cólica renal, é importante procurar atendimento médico.

O tratamento da cólica renal depende da causa da cólica, mas em geral o objetivo do tratamento é reduzir a dor e eliminar a causa da cólica. A hospitalização geralmente não é necessária durante a fase inicial do tratamento, mas em alguns casos a hospitalização e a cirurgia podem ser necessárias.

  • Os analgésicos geralmente são recomendados para reduzir a dor
  • Os antiespasmódicos podem ser usados para dilatar os ureteres e aliviar a queda de pressão
  • Se houver um processo infeccioso, os antibióticos devem ser tomados para impedir que a condição do paciente piore.

Além disso, é importante seguir uma dieta, excluindo alimentos salgados, gordurosos e picantes da dieta. Ao mesmo tempo, é desejável aumentar a quantidade de fluido para impedir a formação de pedras nos rins. Você também deve evitar o esforço físico, o que pode aumentar a dor e piorar a condição do paciente.

É importante saber que a autodedicação na cólica renal pode ser perigosa e levar a sérias conseqüências; portanto, é necessário procurar ajuda de um especialista qualificado que conduzirá um diagnóstico e escolherá o tratamento mais eficaz.

Tratamento da cólica renal no hospital

1. Anestesia

O objetivo principal do médico assistente é aliviar a dor do paciente. Como regra, a pessoa ferida recebe medicamentos prescritos com o objetivo de eliminar a síndrome da dor. Os analgésicos narcóticos e não narcóticos podem ser usados.

Para alcançar o melhor efeito, as injeções às vezes são usadas diretamente na área do canal renal doente. Além disso, os pacientes são frequentemente prescritos nutrição exemplar, destinada a melhorar o sistema ureteral e reduzir a dor.

2. abordando a causa

Quando a dor é reduzida, o médico passa para a causa da cólica. Cirurgia ou terapia geral podem ser necessárias. Se a cólica for causada pela urolitíase, a prescrição de medicação para quebrar as pedras pode ser suficiente.

3 terapia de fluxo sanguíneo

Como os rins são um filtro importante do nosso corpo, o tratamento para a cólica renal às vezes inclui terapia de fluxo sanguíneo. Isso pode incluir remédios para aliviar a pressão no sistema renal, além de melhorar a circulação sanguínea para os tecidos circundantes. Casos graves podem exigir a cirurgia para restaurar o fluxo sanguíneo normal e a saúde renal.

4. Tratamento adicional

Uma vez que a dor é aliviada e a causa da cólica é eliminada, seu médico geralmente prescreve mais tratamento e um plano de prevenção. Isso pode incluir visitas médicas regulares, medicamentos para manter os rins saudáveis e recomendações de estilo de vida e mudanças alimentares. O objetivo é impedir a recorrência da cólica renal.

Medicamentos usados no tratamento da cólica renal

Analgésicos e medicamentos para dor

Na cólica renal, analgésicos e analgésicos são mais importantes para tratar a dor e o vasoespasmo. Na maioria dos casos, são usados AINEs como diclofenac, nimesulida, cetoprofeno, às vezes são utilizados paracetamol ou opióides.

Drogas que impedem a formação de pedras

A causa da cólica renal pode ser as pedras formadas nos rins. Para impedir a formação de pedras, medicamentos que afetam a preservação do equilíbrio ácido-base da urina (por exemplo, urotropina, bilirrubina, kallumsandoz), bem como medicamentos que promovem a excreção de urato e oxalato (cystone, urolesan).

Drogas que melhoram a saída da urina

Na cólica renal, a saída da urina pode ser prejudicada, o que pode levar a um agravamento da condição do paciente. Para melhorar a saída da urina, medicamentos como furosemida, tecoassina, spazmex podem ser prescritos.

Drogas para eliminar espasmo do trato urinário

A cólica renal é acompanhada por espasmo grave do trato urinário. Medicamentos miotrópicos, como não-shpa, spazgan, platifillina, podem ser prescritos para eliminar o espasmo do trato urinário.

Drogas para eliminar a infecção

A cólica renal pode causar infecção, levando ao desenvolvimento de uma complicação. Antibióticos como ceftriaxona, ciprofloxacina e levofloxacina podem ser prescritos para eliminar a infecção.

Quando a intervenção cirúrgica para a cólica renal é necessária?

A cólica renal é uma dor renal intensa que geralmente é causada por um suprimento de sangue ou metabolismo prejudicado nos rins. No entanto, o tratamento da cólica renal nem sempre pode se limitar à terapia medicamentosa. Em alguns casos, a intervenção cirúrgica é necessária para eliminar a causa da dor.

As principais indicações para a cirurgia são:

  • A presença de um tumor no rim, que causa uma violação de seu funcionamento;
  • Desenvolvimento da hidronefrose – violação da saída da urina do rim;
  • A formação de pedras nos rins com uma localização que não permite sua remoção por medicação;
  • Necrose de tecidos renais ou interrupção de seu suprimento sanguíneo, decorrente do pano de fundo de várias doenças que não sucumbem à terapia conservadora.

Dev e-se notar que o diagnóstico e a determinação da possibilidade de cirurgia são realizados por médicos especializados, após os procedimentos e exames necessários. Portanto, se a dor intensa nos rins aparecer, é necessário buscar ajuda médica na clínica para passar pelos procedimentos de diagnóstico necessários e receber recomendações para a nomeação de tratamento.

Como impedir a ocorrência de cólica renal?

A cólica renal pode ser causada por vários fatores, como distúrbios nutricionais, deficiência de água no corpo, presença de pedras nos rins, processos inflamatórios e outros problemas relacionados à função renal. Para evitar a ocorrência de cólica renal, você precisa monitorar sua saúde e tomar medidas preventivas.

  • Beba quantidades adequadas de água. A falta de água pode levar à formação de pedras nos rins e outros distúrbios. Recomenda-se beber pelo menos 1, 5-2 litros de água por dia.
  • Observe sua dieta. Evite consumir grandes quantidades de proteína, gorduras animais e sal, o que pode contribuir para a formação de pedras nos rins. Coma uma dieta mais variada e coma mais frutas e vegetais frescos.
  • Manter um estilo de vida saudável. Evite fumar, álcool e outros hábitos prejudiciais. A atividade física regular ajudará a mant ê-lo saudável e reduzir o risco de várias doenças.

Seguindo estas dicas, você pode reduzir o risco de cólica renal e manter seus rins saudáveis. Se você experimentar sinais de cólica renal, consulte seu médico imediatamente.

Como evitar a cólica renal?

A cólica renal é uma dor aguda na região lombar causada por um bloqueio de urina que deixa os rins. Então, o que você deve fazer para evitar essa condição desagradável?

  • Beba água suficiente. A falta de fluidos pode levar à formação de urolitíase, que é uma das principais causas da cólica renal.
  • Evite consumo excessivo de proteínas animais e sal. Isso pode contribuir para a formação de pedras nos rins.
  • Coma mais frutas e vegetais. Eles contêm vitaminas e minerais que ajudam a evitar a formação de pedras nos rins.
  • Verifique seus níveis de cálcio no sangue regularmente. Altos níveis de cálcio também podem levar a pedras nos rins.
  • Não demore o médico. Se você tiver uma predisposição à urolitíase ou sofrer de dor persistente na região lombar, consulte um especialista.

Lembr e-se de que um estilo de vida saudável, cuidar bem de sua saúde e exames médicos regulares pode ajudar a evitar muitas doenças, incluindo cólica renal.

O papel dos exames urológicos regulares na prevenção da cólica renal

A cólica renal pode ocorrer por várias razões, mas um de seus principais fatores é a formação de pedras nos rins. Distúrbios metabólicos, ingestão insuficiente de líquidos e uma dieta desequilibrada contribuem para isso. Esse problema é muito mais fácil de lidar se você monitorar constantemente a condição de seus rins, consultando um médico qualificado.

Quando uma pessoa vai regularmente ao urologista para uma consulta, o especialista ajuda a descobrir se há sinais de ultrassom de disfunção litogênica dos rins. Se houver, podem ser tomadas medidas para impedir a formação de pedras, o que ajudará a evitar a ocorrência de cólica renal no futuro.

Nesse caso, o urologista poderá avaliar a condição do trato urinário, determinar a presença de agentes infecciosos e prescrever o tratamento necessário com base no exame e nos testes. Assim, visitas regulares ao urologista não apenas ajudam a evitar a cólica renal, mas também impede o desenvolvimento de formas agudas e crônicas de infecções do sistema urinário.

Uma vez por ano, vale a pena passar por um exame médico abrangente obrigatório para monitorar sua condição e garantir que não haja patologias possíveis perigosas. O exame regular por um urologista é um elemento importante deste exame, que impedirá possíveis problemas ou o desenvolvimento de complicações nos estágios iniciais, o que contribui para um tratamento mais eficaz.

Q & amp; A:

O que é cólica renal?

A cólica renal é uma sensação dolorosa severa que ocorre na área renal e pode ser causada por várias razões, como pedras nos rins.

Quais sintomas podem acompanhar a cólica renal?

O principal sintoma da cólica renal é a dor intensa na região lombar ou no lado do abdômen, que pode irradiar os ureteres. Náusea, vômito, pressão alta e febre também podem ocorrer.

Como a cólica renal é diagnosticada?

Para diagnosticar cólica renal, vários testes são realizados, como ultrassom pélvico, varreduras de ultrassom renal e vesical, ressonância magnética, tomografia computadorizada.

O que fazer na aparência da cólica renal?

Nos primeiros sinais de cólica renal, é necessário chamar uma ambulância e, antes de sua chegada, tomar um analgésico, como o noshpa, para aliviar a dor. Você também pode tomar banhos quentes ou usar almofadas de aquecimento para aliviar a dor.

Como impedir a ocorrência de cólica renal?

Para evitar o aparecimento de cólica renal, é necessário seguir a dieta, beber mais água, recusa r-se a ser viciado em alimentos salgados e gordurosos, álcool e tabagismo. Também é recomendável exercitar e controlar sua pressão arterial.

Qual especialista lida com o diagnóstico e tratamento da cólica renal?

O diagnóstico e o tratamento da cólica renal são realizados por um urologista, que realiza um diagnóstico abrangente e escolhe os melhores métodos de tratamento, dependendo da gravidade da doença.

A cólica renal é fatal?

A cólica renal pode ser uma ameaça à saúde e à vida se causar uma interrupção do fluxo de urina ou suprimento sanguíneo para os rins. Portanto, é importante procurar atendimento médico no tempo.

Quais medicamentos são usados para tratar a cólica renal

Diferentes grupos de medicamentos podem ser usados para tratar a cólica renal, como analgésicos, antiespasmódicos, diuréticos e antibióticos. A escolha de um medicamento específico depende da causa da cólica renal e da condição do paciente.