10 principais exercícios eficazes para osteocondrose cervical

Descubra quais exercícios o ajudarão a lidar com a osteocondrose cervical. O artigo apresenta os 10 melhores exercícios que ajudarão a eliminar a dor e fortalecer os músculos do pescoço e das costas.

A osteocondrose cervical, sendo um dos problemas mais comuns na medicina moderna, pode levar a limitações significativas na vida cotidiana. Muitas pessoas experimentam dor no pescoço, dores de cabeça, zumbido e outros sintomas. O tratamento para a osteocondrose cervical visa melhorar a condição da coluna vertebral e reduzir a dor. Além disso, é importante realizar exercícios para fortalecer os músculos do pescoço e impedir que a doença se recorrente. Aqui estão 10 exercícios eficazes que ajudarão você a se livrar da dor no pescoço e fortalecer os músculos relevantes para prevenir a osteocondrose. Observe que você deve consultar seu médico antes de iniciar os exercícios, especialmente se você já tiver um diagnóstico de osteocondrose cervical.

10 principais exercícios para aliviar a dor cervical da osteocondrose

10 principais exercícios para aliviar a dor cervical da osteocondrose

Osteocondrose cervical – Esta doença causa muito desconforto e dor no pescoço, ombros e braços. A causa desta doença é causada por vários fatores – sobrecarregar muscular, distúrbios nutricionais dos tecidos do pescoço, estilo de vida sedentário, etc. No entanto, existem vários exercícios que ajudarão a se livrar da dor e aumentar a mobilidade na coluna cervical.

  • Exercite “movimento circular da cabeça” – vire a cabeça para a direita, depois para a perna e para a direita e depois – para a outra perna e volte para a esquerda.
  • Exercite “tiles de cabeça” – incline a cabeça para a frente, depois para o ombro direito e as costas e depois disso para o ombro esquerdo e para trás.
  • Exercite a “rotação do ombro” – enrole os ombros para frente e para trás alternadamente, diminuindo a velocidade cada movimento.
  • Exercite a “rotação do braço” – fique reto com os ombros endireitados e comece a torcer os braços em um círculo.
  • Exercite a “flexão do ombro” – levante os ombros aos ouvidos e segure por alguns segundos e depois abaixe lentamente.
  • Exercite a “tensão do ombro” – mova o ombro esquerdo para a direita e o ombro direito para a esquerda, mantendo a cabeça reta e fortemente tensa os músculos dos dois ombros.
  • Exercício de respiração profunda – respire fundo no nariz, prenda a respiração por alguns segundos e depois expire lentamente pela boca.
  • Exercício de alongamento do pescoço – sent e-se com os dedos na parte de trás da cabeça. Levante a cabeça e segur e-a nesta posição por alguns segundos e depois abaixe lentamente no peito.
  • Ajoelha r-se do exercício de suporte – sent e-se de joelhos e mãos com os ombros. Tense os músculos do braço e do pescoço para manter seu peso em uma posição mais alta.
  • Exercício de alongamento da mandíbula – prenda uma caneta entre os dentes e tente segur á-lo nessa posição por alguns segundos. Este exercício esticará os músculos do pescoço e da mandíbula.

Ao incorporar esses exercícios simples em sua rotina diária, você pode aumentar a mobilidade do pescoço e se livrar da dor nessa área.

Alongamento do pescoço

O alongamento do pescoço é um dos exercícios mais eficazes para a doença degenerativa do disco cervical. Ajuda a melhorar a circulação sanguínea, reduzir a tensão muscular e melhorar a amplitude de movimento no pescoço.

Existem várias variações de alongamento do pescoço. Uma é inclinar lentamente a cabeça para a direita e a esquerda, mantend o-a nesta posição por alguns segundos. Outra opção é inclinar a cabeça para a frente e inspir á-la, mantend o-a nesta posição por alguns segundos e depois abaixar lentamente a cabeça para a ladeira traseira.

Outra opção para esticar o pescoço é virar a cabeça para a direita e esquerda, mantend o-a nesta posição por alguns segundos. Mas não se esqueça que esticar o pescoço deve ser macio e suave, sem movimentos repentinos.

  1. Fique confortavelmente e relaxe.
  2. Inclua suavemente a cabeça para um lado, segurando essa pose por alguns segundos.
  3. Repita o exercício para o outro lado
  4. Repita o exercício várias vezes para cada lado.

O alongamento do pescoço é melhor feito todos os dias, especialmente se você estiver sofrendo de doença degenerativa do disco cervical. Pode ajudar a reduzir a dor e a rigidez no pescoço, além de melhorar sua flexibilidade e bem-estar gerais.